marca_final-01

Lucas 17 Estudo: A Questão do Perdão

Em Lucas 17 vemos que a nós cristãos é imposta a necessidade de liberar perdão e que para viver isso, é preciso se submeter aos mandamentos do Reino.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Jesus deixa claro que na Igreja haverá escândalos graves. Atitudes de pessoas que levarão outros a cair, abandonar a fé (Lucas 17.1,2).

Contudo, o Senhor declara que “Ai” daquele por quem o escândalo vem. Haverá graves consequências para este.

Os nossos erros não apanham ao Senhor de surpresa, inclusive porque Ele conhece o nosso fim desde o início.

Enquanto cristãos devemos manter os nossos olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé.

É nele que a nossa fé começa e é nele que deve terminar.

Quantas vezes devemos perdoar a nosso irmão?

O Senhor Jesus ensina a seus discípulos sobre a necessidade de perdoar.

Ele diz que não importa quantas vezes – mesmo que sejam 7 vezes, número de plenitude – alguém vier nos pedir perdão, devemos liberá-lo (Lucas 17.3 – 6).

Ao ouvir isso os discípulos pedem que o Senhor lhes aumente a fé. Eles reconhecem que não creem o suficiente para praticar tal atitude, no entanto eles querem crer.

Jesus diz que eles não precisam de uma grande fé, mas sim disposição. Se houver essa fé inicial ela florescerá e coisas impossíveis se tornarão possíveis (Assim como o grão de mostarda).

Jesus nos ensina que a obediência é nossa obrigação.

Não devemos nos gloriar por fazer “isso ou aquilo” que agrada a Deus. O Senhor diz que embora façamos “tudo” ao final devemos nos considerar inúteis (Lucas 17.7 – 10).

A cura de dez leprosos

Dez leprosos foram até Jesus com a intenção de serem curados.

Antes de qualquer coisa o Senhor ordenou que eles fossem oferecer a oferta (de cura) ao sacerdote.

Enquanto estavam no caminho, foram curados (Lucas 17.11 – 19).

Um deles, sendo samaritano, ou seja, estrangeiro, interrompeu a viagem e voltou até Jesus Cristo para agradecer.

A atitude dele surpreendeu ao Senhor, que respondeu: “Não se achou nenhum que voltasse e desse louvor a Deus, a não ser este estrangeiro? Então ele lhe disse: “Levante-se e vá; a sua fé o salvou”.

Devemos ser gratos a Deus.

Na verdade, a gratidão deve ser uma disposição natural em nossas vidas. Como disse Paulo: “Em tudo daí graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco”. (1 Tessalonicenses 5:18)

A vinda do Reino de Deus

Os fariseus interrogaram a Jesus sobre a manifestação do Reino de Deus. O Senhor discorre sobre como isso irá ocorrer de forma precisa.

A intenção dele é que não sejamos enganados ou sejamos pegos de surpresa (Lucas 17.20 – 37).

Em suas palavras Jesus nos adverte a ter cuidado com os falsos alarmes sobre sua vinda e nos advertiu sobre o comportamento das pessoas nestes últimos dias.

Citando por exemplo o que aconteceu com Sodoma e Gomorra e a mulher de Ló. Eles viviam alheios a vontade de Deus e quando o Senhor julgou a cidade ela olhou para trás em sentimento de lamentação, por isso foi feita estátua de sal.

Sendo assim, a vinda do Reino do Céu pode ser a qualquer momento, disse Jesus, por isso devemos vigiar.

3 COMMENTS

  1. Meu comentário do versículo 34 do capítulo 17, que diz que estando duas numa cama, uma será tirada e a outra será deixada, por o texto se tratar de qdo Jesus virá buscar sua igreja, o significado é: a alma será tirada e corpo material será deixado, ou seja, estava dois na cama, o Sr, Jesus levou a alma E deixou o corpo que veio da Terra e para a terra voltará.

  2. Interessante observar que JESUS foi preciso em notar a ausência de 09 um numero muito citado na Biblia qual será o significado disso?

  3. Prezado Sérgio, sou católico e digo que suas reflexões sobre as passagens da Bíblia são de extema precisão. Leio a bíblia diariamente e sempre procuro suas explicações para embasar a minha leitura. Continue assim meu amigo. Que Deus lhe abençoe sempre, que Nosso Senhor Jesus lhe encha de Espírito Santo. Um forte abraço!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.