Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Lucas 20 Estudo: O Plano de Matar Jesus

Lucas 20.1 – 8: Não é de hoje que a humanidade questiona a autoridade de Jesus Cristo. Os religiosos dos dias do Filho de Deus o fizeram de forma enérgica.

O que deve chamar a nossa atenção neste texto é o fato de que, o Mestre dos Mestres sempre tem a resposta precisa.

Ela sabe exatamente o que dizer, por mais que imaginemos que não há saída, ele as têm porque é a verdade.

Lucas 20.9 – 18: Após a entrada triunfal em Jerusalém e os anúncios proféticos de suas dores, Jesus Cristo conta a parábola dos lavradores maus.

A intenção é ilustrar o cuidado de Deus com Israel, sua vinha. Para isso, ele enviou diversos profetas (os servos) para receber os frutos da vinha. Eles porém, acabavam mortos e espancados.

Por fim, o filho do proprietário é enviado. Mas a ideia dos lavradores é de mata-lo, e o fazem. O filho portanto, representa Jesus.

Ele veio para salvá-los, mas acabou sendo morto por eles.

Lucas 20.19,20: Ao ouvir o exemplo de Jesus Cristo na parábola da vinha, os líderes religiosos de Israel começaram a planejar uma forma de tirar-lhe a vida.  Daí em diante eles intensificaram suas tramas contra o Senhor Jesus.

Lucas 20.21 – 26: Os líderes religiosos sabiam que se Jesus Cristo se mostrasse contrário ao pagamento dos impostos ao Império, ele estaria cometendo grave crime contra Roma. Crime este passível de morte.

Sendo assim, eles perguntaram ao Senhor se era correto pagar impostos. A resposta de Jesus ecoa até hoje no mundo: ““Mostrem-me um denário. De quem é a imagem e a inscrição que há nele?”

“De César”, responderam eles. Ele lhes disse: “Portanto, dêem a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”. Ou seja, devemos ser bons cidadãos dos céus e da Terra.

Lucas 20.27 – 40: Dando continuidade ao plano de fazer Jesus pecar, os saduceus lhe fizeram perguntas acerca da ressurreição. Mais uma vez a sabedoria divina é manifestada na resposta de Jesus.

Ele mostra aos saduceus que um plano muito maior para a vida e para a morte. Muito mais amplo do que sua visão limitada pode perceber.

Lucas 20.41 – 47: Jesus Cristo termina nos advertindo contra o perigo de termos o mesmo caráter dos hipócritas religiosos de seus dias.

Pessoas cujo comportamento não nos inspira a amar e seguir a Deus. Ao contrário, eles nos distanciam e transformam a nossa intimidade com Deus em algo amargo e doloroso.

Sendo assim, devemos estar atentos a esse tipo de pessoa. Não podemos permitir que eles nos contaminem. Envenenem. (Ver Lucas 19 Estudo)

 

Esboço de Lucas 20:

20.1 – 8: Religiosos questionam a autoridade de Jesus

20.9 – 18: Parábola dos lavradores maus

20.19,20: Religiosos planejam matar a Jesus

20.21 – 26: “A Deus o que é de Deus”

20.27 – 40: A cerca da ressurreição

20.41 – 47: Advertências sobre os mestres da lei

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});

O jesuseabiblia.com tem uma nova Política de Privacidade e Cookies Saiba mais.