Bíblia de Estudo Online

Lucas 3 Estudo: A Pregação de João Batista

Lucas 3.1 – 6: João Batista começou o seu ministério no deserto próximo ao Jordão. Ele era um profeta diferenciado, pois sua missão era preparar o coração do povo para o ministério de Jesus Cristo.

Lucas 3.7 – 14: A pregação de João Batista confrontava o povo ao arrependimento. A mudança de atitude. Algo que acontecia de fato, eles sentindo o constrangimento da Palavra de Deus perguntavam a João Batista o que deviam fazer.

João Batista os instruía no caminho de santidade e os exortava a que dessem frutos dignos de arrependimento.

Lucas 3.15 – 20: O testemunho de João Batista era tão forte e carregado pelo poder de Deus, que as pessoas começaram a pensar que ele era o Cristo.

Isto me surpreende muito, pois João Batista não fez nenhum milagre. Contudo, ele era o milagre. Ele era a voz profética.

João Batista diz que o Messias seria muito maior do que ele. Enquanto eu “Eu os batizo com água… Ele os batizará com o Espírito Santo e com fogo”, dizia João.

Lucas 3.21,22: Certo dia enquanto João Batista, batizava no Jordão, Jesus Cristo chegou para ser batizado por ele.

No entanto, quando ele foi batizado por João Batista, enquanto ainda orava o Espírito Santo desceu sobre ele e a voz de Deus Pai foi ouvida por todos dizendo: “Tu és o meu Filho amado; em ti me agrado”.

Lucas 3.23 – 38: Lucas teria dado a genealogia de Maria, enquanto que Mateus fornece a de José. Essa explicação foi pela primeira vez proposta por Ánio de Viterbo, no ano de 1490, um erudito católico-romano.

Essa explicação foi aceita por Lutero, e também por muitos protestantes desde então; porém, não é de modo geral favorecida nem pelos eruditos católicos-romanos e nem pelos eruditos protestantes atualmente. Quanto muito, não passa de uma conjectura, que pode ser verdadeira ou não. (CHAMPLIN, Russel pg 46, Comentário v.v Novo Testamento). (Ver Lucas 2 Estudo)

Lucas 3.1 – 6: O ministério de João Batista

1 No décimo quinto ano do reinado de Tibério César, quando Pôncio Pilatos era governador da Judéia; Herodes, tetrarca da Galiléia; seu irmão Filipe, tetrarca da Ituréia e Traconites; e Lisânias, tetrarca de Abilene;

2 Anás e Caifás exerciam o sumo sacerdócio. Foi nesse ano que veio a palavra do Senhor a João, filho de Zacarias, no deserto.

3 Ele percorreu toda a região próxima ao Jordão, pregando um batismo de arrependimento para o perdão dos pecados.

4 Como está escrito no livro das palavras de Isaías, o profeta: Voz do que clama no deserto: “Preparem o caminho para o Senhor, façam veredas retas para ele.

5 Todo vale será aterrado e todas as montanhas e colinas, niveladas. As estradas tortuosas serão endireitadas e os caminhos acidentados, aplanados.

6 E toda a humanidade verá a salvação de Deus”.

Lucas 3.7 – 14: A pregação de João Batista

7 dizia às multidões que saíam para serem batizadas por ele: Raça de víboras! Quem lhes deu a idéia de fugir da ira que se aproxima?

8 Dêem frutos que mostrem o arrependimento. E não comecem a dizer a si mesmos: “Abraão é nosso pai”. Pois eu lhes digo que destas pedras Deus pode fazer surgir filhos a Abraão.

9 O machado já está posto à raiz das árvores, e toda árvore que não der bom fruto será cortada e lançada ao fogo.

10 “O que devemos fazer então?”, perguntavam as multidões.

11 respondia: “Quem tem duas túnicas dê uma a quem não tem nenhuma; e quem tem comida faça o mesmo”.

12 Alguns publicanos também vieram para serem batizados. Eles perguntaram: “Mestre, o que devemos fazer?”

13 Ele respondeu: “Não cobrem nada além do que lhes foi estipulado”.

14 Então alguns soldados lhe perguntaram: “E nós, o que devemos fazer?” Ele respondeu: “Não pratiquem extorsão nem acusem ninguém falsamente; contentem-se com o seu salário”.

Lucas 3.15 – 20: João Batista anuncia não ser o Cristo

15 O povo estava em grande expectativa, questionando em seu coração se acaso João não seria o Cristo.

16 respondeu a todos: Eu os batizo com água. Mas virá alguém mais poderoso do que eu, tanto que não sou digno nem de desamarrar as correias das suas sandálias. Ele os batizará com o Espírito Santo e com fogo.

17 Ele traz a pá em sua mão, a fim de limpar sua eira e juntar o trigo em seu celeiro; mas queimará a palha com fogo que nunca se apaga.

18 E com muitas outras palavras João exortava o povo e lhe pregava as boas novas.

19 Todavia, quando João repreendeu Herodes, o tetrarca, por causa de Herodias, mulher do próprio irmão de Herodes, e por todas as outras coisas más que ele tinha feito,

20 Herodes acrescentou a todas elas a de colocar João na prisão.

Lucas 3.21,22: O Batismo de Jesus Cristo

21 Quando todo o povo estava sendo batizado, também Jesus o foi. E, enquanto ele estava orando, o céu se abriu

22 e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como pomba. Então veio do céu uma voz: “Tu és o meu Filho amado; em ti me agrado”.

Lucas 3.23 – 38: A genealogia de Jesus Cristo

23 Jesus tinha cerca de trinta anos de idade quando começou seu ministério. Ele era considerado filho de José, filho de Eli,

24 filho de Matate, filho de Levi, filho de Melqui, filho de Janai, filho de José,

25 filho de Matatias, filho de Amós, filho de Naum, filho de Esli, filho de Nagai,

26 filho de Máate, filho de Matatias, filho de Semei, filho de Joseque, filho de Jodá,

27 filho de Joanã, filho de Ressa, filho de Zorobabel, filho de Salatiel, filho de Neri,

28 filho de Melqui, filho de Adi, filho de Cosã, filho de Elmadã, filho de Er,

29 filho de Josué, filho de Eliézer, filho de Jorim, filho de Matate, filho de Levi,

30 filho de Simeão, filho de Judá, filho de José, filho de Jonã, filho de Eliaquim,

31 filho de Meleá, filho de Mená, filho de Matatá, filho de Natã, filho de Davi,

32 filho de Jessé, filho de Obede, filho de Boaz, filho de Salmom[16], filho de Naassom,

33 filho de Aminadabe, filho de Ram[17], filho de Esrom, filho de Perez, filho de Judá,

34 filho de Jacó, filho de Isaque, filho de Abraão, filho de Terá, filho de Naor,

35 filho de Serugue, filho de Ragaú, filho de Faleque, filho de Éber, filho de Salá,

36 filho de Cainã, filho de Arfaxade, filho de Sem, filho de Noé, filho de Lameque,

37 filho de Matusalém, filho de Enoque, filho de Jarede, filho de Maalaleel, filho de Cainã,

38 filho de Enos, filho de Sete, filho de Adão, filho de Deus.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.