Mateus - Bíblia de Estudo Online

Em Mateus 1 o evangelho segundo Mateus, começa apresentando a genealogia de Jesus Cristo, a partir de Abraão passando pelo rei Davi e finalizando em José, o pai terreno de Jesus.

Como todos os seres humanos, o Senhor Jesus teve muita gente em sua árvore genealógica que não era das melhores. Foram quarenta e duas gerações desde Abraão, ou seja é muita história e bastante “ovelha negra”. 

Isso apenas reforça a humanidade dele. Jesus é gente como a gente. Teve que enfrentar os conflitos familiares, tal como nós.

De fato sua vida é uma inspiração, também neste sentido. Jesus não pediu ao pai que excluísse da lista pessoas de reputação duvidosa, ou aqueles que cometeram erros.

Pessoas como Raabe, Roboão e Manassés certamente não deveriam ser mencionada aqui, mas ele não as excluí. Ou seja, servimos a um Deus que não se envergonha de nós. Não se envergonha de nos chamar de irmãos.

O ponto mais intrigante desta história é com certeza o nascimento de JesusCertamente até este ponto o Espírito Santo já havia feito muita coisa, mas virgem ficar grávida por sua atuação, não! Esta era com certeza uma grande novidade.

Chocante também foi a atitude de Maria, ela se colocou à disposição dele para que fosse feito conforme ele achasse melhor. FANTÁSTICO!

Que haja em nós essa mesma disposição e fé. Deus é extremamente criativo e está a procura de pessoas dispostas e com coragem para vivenciar seus planos e projetos mais diversos.

A minha oração é para que o Espírito Santo encontre em nós, a mesma disposição que ele encontrou em Maria, a de deixar ele a vontade para trabalhar.

Esboço de Mateus 1:

1.1 – 17: A genealogia de Jesus Cristo 

1.18 – 25: O Nascimento de Jesus

 

Mateus 1.1 – 17: A genealogia de Jesus Cristo

1 Registro da genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão:

2 Abraão gerou Isaque; Isaque gerou Jacó; Jacó gerou Judá e seus irmãos;

3 Judá gerou Perez e Zerá, cuja mãe foi Tamar; Perez gerou Esrom; Esrom gerou Arão;

4 Arão gerou Aminadabe; Aminadabe gerou Naassom; Naassom gerou Salmom;

5 Salmom gerou Boaz, cuja mãe foi Raabe; Boaz gerou Obede, cuja mãe foi Rute; Obede gerou Jessé;

6 e Jessé gerou o rei Davi. Davi gerou Salomão, cuja mãe tinha sidomulher de Urias;

7 Salomão gerou Roboão; Roboão gerou Abias; Abias gerou Asa;

8 Asa gerou Josafá; Josafá gerou Jorão; Jorão gerou Uzias;

9 Uzias gerou Jotão; Jotão gerou Acaz; Acaz gerou Ezequias;

10 Ezequias gerou Manassés; Manassés gerou Amom; Amom gerou Josias;

11 e Josias gerou Jeconias e seus irmãos, no tempo do exíliona Babilônia.

12 Depois do exílio na Babilônia: Jeconias gerou Salatiel; Salatiel gerou Zorobabel;

13 Zorobabel gerou Abiúde; Abiúde gerou Eliaquim; Eliaquim gerou Azor;

14 Azor gerou Sadoque; Sadoque gerou Aquim; Aquim gerou Eliúde;

15 Eliúde gerou Eleazar; Eleazar gerou Matã; Matã gerou Jacó;

16 e Jacó gerou José, marido de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado Cristo.

17 Assim, ao todo houve catorze gerações de Abraão a Davi, catorze de Davi até o exílio na Babilônia, e catorze do exílio até o Cristo.

Mateus 1.18 – 25: O Nascimento de Jesus

18 Foi assim o nascimento de Jesus Cristo: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, mas, antes que se unissem, achou-se grávida pelo Espírito Santo.

19 Por ser José, seu marido, um homem justo, e não querendo expô-la à desonra pública, pretendia anular o casamento secretamente.

20 Mas, depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um anjo do Senhor em sonho e disse: José, filho de Davi, não tema receber Maria como sua esposa, pois o que nela foi gerado procede do Espírito Santo.

21 Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.

22 Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que o Senhor dissera pelo profeta:

23 “A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamarão Emanuel”, que significa “Deus conosco”.

24 Ao acordar, José fez o que o anjo do Senhor lhe tinha ordenado e recebeu Maria como sua esposa.

25 Mas não teve relações com ela enquanto ela não deu à luz um filho. E ele lhe pôs o nome de Jesus.

8 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde, corrijam a introdução. Não foram 14 gerações de Abraão até Jesus. Foram 42 na verdade. 14 de Abraão até o rei Davi, 14 de Davi até a Babilônia e 14 da babilônia até Jesus. Mt 1:17

    • Sim Maria, existia. Naqueles dias a tradição judaica considerava o noivado uma cerimônia tão importante quanto o casamento. Ele só poderia ser desfeito caso um dos noivos pecasse. Nesse caso, o que pecou teria que ressarcir aquele que foi prejudicado. E dependendo do pecado poderia ser condenado a morte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here