Mateus - Bíblia de Estudo Online

Jesus inicia o capítulo ministrando uma de suas parábolas mais conhecidas: a parábola do semeador (Mateus 13.1–9). A figura de um agricultor que semeia a mesma semente em solos diferentes obtendo resultados diversos, é utilizada por Jesus Cristo para mostrar como as pessoas recebem a Palavra de Deus.

Os discípulos ficam intrigados com o fato do Mestre ensiná-los por meio de parábolas. Jesus mostra que é para que seja revelado aqueles que amam a Deus sinceramente. Quem não ama a Deus sinceramente não procura conhecer o sentido de suas palavras, quem ama ao contrário quer conhecer até mesmo os detalhes (v.v.10 – 17).

Após isso, o Mestre explica o sentido da parábola aos discípulos. Ele compara cada um dos solos e os resultados de cada semente a maneira como as pessoas ouvem a Palavra de Deus e o que fazem com esse conhecimento (v.v.18 – 23).

Em seguida, ele conta a parábola do joio e do trigo, onde mostra que o cristão fruto da conversão sincera é saudável e alimenta as multidões com o seu testemunho, ao contrário do joio.

Embora o joio possua a mesma aparência na fase inicial a distinção é evidente no período da colheita. Além disso, a farinha produzida pela pelo joio é venenosa, ou seja não serve para alimentar a ninguém é estéril (v.v 13.24 – 30)

Mais uma figura é utilizada,a do grão de mostarda. Considera na época a menor semente cultivada pelos agricultores da Palestina nos dias de Jesus.

Mesmo sendo inicialmente uma semente minúscula o seu desenvolvimento é extraordinário, sendo capaz de gerar árvores com até três metros de altura.

Jesus Cristo utiliza esse exemplo para mostrar que embora o Reino de Deus, tenha um começo humilde na Terra ele se tornaria amplo e muitas pessoas de todo o mundo se abrigariam nele (v.v 13.31,32).

Mais uma analogia a expansão do Reino de Deus é usada, dessa vez ele é comparado ao fermento. Normalmente o fermento é utilizado na Bíblia para exemplificar algo ruim, mas na parábola do fermento é diferente.

Jesus utiliza este elemento para mostrar que o bom fermento se alastra pela massa, da mesma maneira que o Reino de Deus se alastra na vida da pessoa que recebe o Espírito Santo e molda o seu caráter à semelhança do caráter de Cristo (v.v 13.33).

Em seguida, Jesus revela aos seus discípulos qual o significado de cada um dos elementos da parábola do joio e do trigo (v.v 13.34 – 43).

Os ensinamentos de Jesus em sua maioria são por meio de figuras do dia a dia do povo simples da Palestina de seus dias. Para isso, o Mestre utiliza as parábolas uma ilustração que revele uma aplicação prática e profunda para os seus ouvintes (v.v 13.44 – 53).

Ao ouvir o ensino e as parábolas de Jesus as multidões ficavam maravilhadas. Elas queriam saber qual era a fonte de tanto poder e sabedoria.

As pessoas que o viram crescer na pequena Nazaré eram as mais espantadas. O fato delas conhecerem a Jesus, maria sua mãe e seus irmãos e irmãs criava uma espécie de bloqueio à majestade de do Filho de Deus.

Esboço de Mateus 13:

13.3: A parábola do semeador

13.11: Os mistérios do reino dos céus

13.18: A explicação da parábola do semeador

13.26: A parábola do joio e do trigo

13.32: A parábola do grão de mostarda

13.33: A parábola do fermento

13.41: Explicação da parábola do joio e do trigo

13.53: Jesus ensina por parábolas

13.54: O ensino de Jesus impressiona a todos

 

A Parábola do Semeador

A Palavra de Deus tem sido semeada todos os dias, por meio dos mais diversos meios de comunicação ou pelo testemunho pessoal e diário de muitos cristãos.

Essa semeadura é uma bênção. Pois o Evangelho de Jesus Cristo promove paz, restauração e vida.

Certamente o Diabo tentará de toda forma arruinar esse projeto, seja influenciando a mente das pessoas ou inspirando incredulidade nelas.

De qualquer maneira, o Evangelho está sendo pregado, Jesus garante, o semeador saiu a semear e continua fazendo isso.

Os Mistérios do Reino dos Céus

Compreender a mensagem do Evangelho é realmente uma bênção. Conhecer os mistérios de Deus, entender e crer neles. OS discípulos receberam esta dádiva, assim como todos os que receberam a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas.

A Explicação da Parábola do Semeador

Jesus está comprometido em que todos ouçam o Evangelho e o compreendam. Sua intenção não é apenas falar conosco, é nos fazer entender a mensagem.

Isso é fundamental. Somente quando entendemos o que o Senhor Deus nos fala é que somos abençoados e experimentamos crescimento.

A Parábola do Joio e do Trigo

Deus criou a humanidade com um projeto lindo, perfeito. Ele nos fez para viver de maneira plena, com alegria e paz. Todavia, o Diabo procurou estragar tudo, atraindo a atenção de Adão e Eva, no Éden. E conseguiu, o joio foi plantado.

O mesmo prossegue acontecendo no decorrer da história. Deus planta o bem na Terra, o Diabo semeia o mal. Ambos prosseguem crescendo, até que no fim. A vontade de Deus prevaleça.

A Parábola do Grão de Mostarda

O Reino de Deus tem começos muitos humildes. Um grupo de doze homens, começaram seguindo Jesus.

Testemunharam sua morte e ressurreição. Pregaram o Evangelho sem a menor infraestrutura moderna e mesmo assim, a mensagem tem se espalhado ao longo dos anos.

Já são dois milênios, bilhões de seguidores e algo que começou como uma semente, se transformou em uma grande árvore e abriga inúmeras aves.

A Parábola do Fermento

Por mais que o Diabo e o pecado tentem frustrar o crescimento do Reino de Deus, mais ele cresce. É inevitável, ele vai crescer.

Assim como a massa fermentada a mensagem do Evangelho vai se espalhar por toda a humanidade, até que toda a Terra seja cheia do conhecimento de Deus.

Explicação da Parábola do Joio e do Trigo

No final, quando o Reino de Deus se manifestar completamente o pecado e o Diabo serão definitivamente derrotados. A plenitude da humanidade será restaurada e todos os que pecaram, sem arrependimento serão lançados no inferno.

Jesus Ensina por Parábolas

Jesus procura falar conosco de maneira compreensível. Ele utiliza figuras, exemplos, realidades e sinais que possamos entender.

Durante sua jornada na Terra, seus ensinamentos procuravam ser o mais próximo daquilo que seus ouvintes entenderiam.

Isso nos mostra que o desejo de Deus é estabelecer conosco uma comunicação eficiente e constante. Com isso, ele nos dirigirá e guardará.

O Ensino de Jesus Impressiona a Todos

Quando as pessoas que conheciam começaram a ouvir o ensino de Jesus e ver os seus milagres extraordinários, elas não conseguiam assimilar o fato de que ele era Deus.

Devemos pensar nisso, porque as familiaridades podem ser um impedimento. Quando nos familiarizamos demais com a Palavra de Deus, a Igreja e o Reino, podemos achar que tudo está sob o nosso controle.

Não podemos cair neste tipo de tentação. Nosso objetivo deve ser sempre, o de desejar mais e mais de Deus.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here