marca_final-01

Mateus 24 Estudo: Os Sinais do Fim

Em Mateus 24 vemos o quinto e último sermão do Senhor Jesus apresentado por Mateus, deixando clara sua superioridade como o profeta prometido desde o Antigo Testamento (Deuteronômio 18.18–19). Esse sermão é sobre a manifestação do Reino, onde encontramos o ensino escatológico. O objetivo é mostrar um paralelo entre Moisés, autor dos cinco primeiros livros do Antigo Testamento, e o Senhor Jesus, apontado como o enviado de Deus, o Messias prometido e Filho de Davi, o Rei dos judeus.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Os discípulos de Jesus perguntam ao Senhor quando será o fim dos tempos. A partir disso o Senhor começa a mostrar quais sinais antecederão tais fatos (Mateus 24.1 – 14).

Antes que venha o fim o Senhor Jesus anuncia que grandes tribulações atingirão Jerusalém e toda a Terra de uma maneira geral.

Nos últimos dias aparecerão falsos Cristos. É imprescindível que o nosso discernimento espiritual esteja maduro. Precisamos diferenciar as muitas vozes dos últimos dias para sabermos seguir a direção de Deus.

Jesus utiliza o exemplo de recursos naturais para mostrar que devemos estar alertas. Ele mostra que assim como é possível perceber quando a figueira está prestes a dar frutos, é possível perceber o final dos tempos.

Jesus Cristo fala mais uma vez sobre como será a sua volta. Dessa vez ele fala que será um evento mundial. Algo que será registrado ao mesmo tempo em todo o mundo.

As informações que nos são dadas neste capítulo devem nortear a nossa vida e as nossas decisões. Quero dizer que são eventos que não podemos perder de vista. É muito importante que sejamos fiéis a mensagem do Evangelho e tementes a Deus.

Mateus 24 e o Sermão Profético

A pregação do Senhor Jesus era sempre muito prática, mas em Mateus 24, temos um sermão profético, uma revelação de coisas futuras.

Apesar disso, ele mantém a praticidade da Palavra de Deus, e o seu objetivo não era resolver a curiosidade dos seus discípulos, mas orientar sua fé e estilo de vida, e por isso o sermão é encerrado com uma aplicação prática.

A igreja sempre contou com as profecias, além de promessas que alcançam todo o corpo de Cristo em todas as épocas, tanto para orientação quanto para o encorajamento dos cristãos.

Mas podemos observar que Jesus pregou esse sermão profético no final do seu ministério, assim como o Apocalipse é o último livro do Novo Testamento, e os livros proféticos do Antigo Testamento também estão no final da profecia, para nos dar mostrar que é necessário estar bem alicerçados na verdade e prática do Evangelho.

É importante que isso seja compreendido antes que possamos nos aprofundar nas revelações feitas em Mateus 24.

Muitos se confundem, começando a leitura de sua Bíblia nestas profecias, e isso pode se tornar um problema se elas não forem bem compreendidas.

Em Mateus 24.1-3 vemos o enredo que motivou a ministração deste sermão.

Depois o Senhor Jesus começa a falar profeticamente falando sobre uma série de acontecimentos que incluem a destruição de Jerusalém, e o sofrimento da Igreja e dos judeus.

Embora não fossem iminentes, e eles se cumpriram cerca de quarenta anos depois. Jesus dá detalhes de como tudo aconteceria e depois nos leva para a sua volta, no final dos tempos, e a consumação de todas as coisas. (Mateus 24.4-31).

Diante de tamanha revelação, os discípulos deveriam estar atentos, para que se preparassem para essas coisas grandiosas e terríveis que aconteceriam, e nós também devemos estar (Mateus 24.32-51)

11 COMMENTS

  1. O Texto chama a atenção a missão da igreja!
    Jesus nas parabúlas dar enfás ao comportamento da IGREJA Militante no mundo,suas ações,relacionamento com deus,vigilãncia observação do seu ensino,reconhecimento da mordomia cristã e adminitração de dons,habilidades,recurssos financeirose relacionamento no aproveitamento de oportunidades na evangelização.
    O JUGAMENTO:É APENAS UMA QUESTÃO DE LOGICAS;
    A PORTA ESTA ABERTA A TODOS!
    QUEM crêr em jesus esta livre da condenação
    QUÉM não crêr ja esta condenado João3:16-18

  2. Creio numa possibilidade de entrelaçamentos nas respostas. Os discípulos não pedem sinais pra destruição de Jerusalém por exemplo, eles pedem sinais para sua volta e para o fim dos tempos. Deste modo poderíamos colocar todos os sinais como resposta a essas duas questões sem grandes problemas com o texto, pois foi essa a pergunta e poderia bem ser esta a resposta. Também possível a existência nesse texto de profecias de duplo cumprimento, um cumprimento “típico” apontando para o cumprimento final, isso é bem característico no ver. 15 onde o abominável da desolação pode muito bem ser identificado anteriormente como Antíoco IV, e agora novamente poderá ser identificado como Tito e o poderá futuramente ser identificado no próprio anticristo, que seria o cumprimento último da profecia, para onde os “tipos” apontavam.

  3. Creio que Mateus 24 do vs 1 ao 35 falam sobre o povo de Israel; destruição de Jerusalém no ano 70 d.C por Tito; a fuga dos judeus para os montes, a terrível fome que sobreveio sobre o povo judeu, os grandes terremotos sobre a Siria e Ásia; seria uma tribulação anunciada ao povo judeu (fujam para os montes) vs 16. E do vs 36 em diante Ele fala sobre o fim dos tempos, a vinda do filho do homem, um evento repentino, sem avisos (comiam e bebiam, davam-se em casamento, e não perceberam quando veio o dilúvio) vs 38 e 39. Portanto vigiemos porque não sabeis em que dia vem o Senhor. Paz seja convosco
    ,

    • não está nada explicado, o texto por si só ele explica .não é a vinda de jesus que o texto está dizendo ,o diálogo a qui de mateus 24 é explicação do tempo do fim do templo de jerusalé nos dias de jesus, ele falou que não ficaria perda sobre pedra ,os discipulos dele pedro, joão, tiago ,e andré ,ficam curioso de saber a questão anterior. isso não é para o século 21 não isso a conteceu ou ia acontecer na geração dele no qual ele vivia,marcos 13;30, mateus 24;3.então jesus explica o que vai acontecer com o templo,falsos mestres prisoes entregues a autoridades persegudos ,virá o assolador tito e vai desruir o templo e vai se comprir o que falei ,não vai ficar pedra sobre pedra ,isso aconteceu em jerusalém e na judeia , não no brasil ,espanha outos país,marcos 13;14.lucas 21;20-21 ] lucas 21;24 jerusalém será pisada pelos gentios a guerra de tito do ano 70 d.c

      • bom dia!!!! caro amigo, li seu comentario obrigada pelo esclarecimento mas por favor relate nos o que entende sobre o Grande Julgamento pois o a humanidade esta terrivelmente ilicita diante de nosso Deus.E agora? como será. Busquemos a santificação em nosso caminho e pessoal.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.