Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Mateus Estudo: O Evangelho Segundo Mateus

Mateus escreveu este Evangelho para informar seus leitores sobre um relato da vida de Jesus Cristo por uma testemunha ocular. Sua intenção é assegurar que Jesus é o Filho de Deus e o Messias esperado desde a antiguidade predita pelos profetas do Antigo Testamento.Ele deseja mostrar que o Reino de Deus se manifestou em Cristo de maneira incomparável. 

Mateus deixa claro para seus leitores que Israel, na sua maioria, rejeitou a Jesus e ao seu reino e se recusou a crer nele por ter ele vindo como um Messias espiritual, e não político. Somente no final da presente era, é que Jesus Cristo virá em glória, como Rei dos reis para julgar e governar as nações.

Mateus: Visão Geral

Mateus apresenta Jesus Cristo como o cumprimento da esperança profética de Israel. Ele cumpre as profecias do Antigo Testamento.

Isso é revelado no modo como Jesus nasceu, o lugar do seu nascimento, o seu regresso do Egito, sua residência em Nazaré, o território principal do seu ministério público, o seu ministério de cura, a sua missão como servo de Deus, os ensinamentos por parábolas, a sua entrada triunfal em Jerusalém, a sua prisão.

Mateus Capítulos

Capítulo 1: Genealogia e Nascimento de Jesus

Capítulo 2: A Matança das Crianças

Capítulo 3: O Ministério de João Batista

Capítulo 4: Jesus é Tentado pelo Diabo

Capítulo 5: O Sermão da Montanha

Capítulo 6: Sermão da Montanha – Parte 2

Capítulo 7: Sermão da Montanha – Parte 3

Capítulo 8: A Fé do Centurião

Capítulo 9: Jesus Cura e Perdoa Pecados

Capítulo 10: Jesus Envia os Discípulos

Capítulo 11: A Prisão de João Batista

Capítulo 12: O Reino Dividido

Capítulo 13: Jesus Ensina Por Parábolas

Capítulo 14: A Morte de João Batista

Capítulo 15: O Que Nos Torna Impuros?

Capítulo 16: A Confissão de Pedro

Capítulo 17: Transfiguração de Jesus

Capítulo 18: O Maior No Reino Dos Céus

Capítulo 19: Jesus e o Jovem Rico

Capítulo 20: O Dever de Servir

Capítulo 21: A Importância da Fé e Oração

Capítulo 22: O Maior Mandamento

Capítulo 23: Maior é o Que Serve

Capítulo 24: Os Sinais do Fim

Capítulo 25: A Parábola das Dez Virgens

Capítulo 26: Pedro Nega a Jesus

Capítulo 27: A Crucificação de Jesus

Capítulo 28: A Ressurreição de Jesus

O Novo Testamento

Temos agora diante de nós o Novo Testamento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Esta segunda parte da Bíblia Sagrada é assim intitulada: A Nova Aliança-, assim deve ser traduzido.

A palavra significa ambos. Mas, quando ela é (como aqui) mencionada como ato e ação de Cristo, ela é traduzida mais corretamente como Testamento, porque Ele é o testador, e este Testamento ganha força pela sua morte (Hebreus 9.16,17).

Aqui não há, como em alianças, um tratado anterior entre as partes, mas o que é concedido, embora como uma propriedade condicionada, se deve ao testamento, ao livre-arbítrio, à boa vontade, do Testador.

Toda a graça contida neste livro é devida a Jesus Cristo como o nosso Senhor e Salvador; e, a menos que consintamos que ele seja o nosso Senhor, não podemos aceitar qualquer benefício dele como o nosso Salvador.

Isto é chamado de um novo testamento, para distingui-lo daquele que foi dado a Moisés, mostrando que ele não é antiquado; e para significar que ele deveria ser sempre novo, e nunca deveria envelhecer e ficar ultrapassado.

Descoberta da Graça

Estes livros contêm não só uma descoberta completa dessa graça que apareceu a todos os homens, trazendo salvação, mas um instrumento legal pelo qual ela é transmitida, e estabelecida, a todos os crentes.

Com que cuidado preservamos, e com que atenção e prazer lemos a última vontade e o testamento de um amigo, que a esse respeito nos deixou uma boa propriedade, e, com ela, altas expressões de seu amor por nós!

Quão precioso, então, deve ser este testamento do nosso bendito Salvador a nós, que nos assegura todas as suas riquezas insondáveis!

E o seu testamento, embora, como é usual, tenha sido escrito por outros (não temos nada registrado que tenha sido escrito pelo próprio Cristo). Contudo, Ele o ditou. E na noite anterior à sua morte, na instituição de sua ceia, Ele o assinou, selou e publicou na presença das doze testemunhas. (Henry, Matthew, Comentário dos Evangelhos)

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.