Números - Bíblia de Estudo Online

Desta vez Balaque mudou o local de adivinhação para outro local, para o topo de Pisga (v. 14; cf. 21:20). Ali erigiram mais sete altares e ofereceram mais sete touros e mais sete carneiros. Novamente Balaão foi a um lugar solitário para comungar com o Senhor e novamente ele retornou a Balaque com uma mensagem (Números 23:15-17).

O oráculo consiste em uma declaração introdutória (v. 18-20) na qual Balaque foi informado diretamente de que o imutável Deus de Israel havia prometido abençoar Seu povo de Israel e não mudaria de ideia.

Balaão, além disso, acabara de receber uma ordem para abençoar e diante do compromisso inquebrantável de Deus com Israel, Balaão não tinha poder para fazer o contrário.

Balaão então disse que por causa do Êxodo fora do Egito (cf. 24:8), Israel tinha prosperidade sobrenatural (sem infelicidade ou miséria, 23: 21a), a presença do Senhor (v. 21b) e poder sobrenatural (v. 22b ).

O grito do rei deve ser entendido como uma ameaça militarista, implicando que o Senhor é um guerreiro que conduz suas hostes à vitória (cf. Josué 6:5,20; Sl 47:5; Jr 4:19; 49:2). Esse poder torna a feitiçaria e a adivinhação inofensivas.

Tudo o que resta é que as nações olhem para Israel e se maravilhem com a graça protetora de Deus (Nm 23:23). “Feitiço” (naḥaš) refere-se ao uso de presságios. No antigo Oriente Próximo, estes eram determinados pela observação de entranhas de animais, fumaça, padrões de óleo na água, defeitos congênitos, fenômenos incomuns do clima ou dos céus e uma infinidade de outras coisas.

Os adivinhos, estudando esses materiais ou movimentos, tentaram relacioná-los à história e, por extrapolação, ao futuro. “Adivinhação” (qesem) talvez tenha um pouco mais de ênfase em lançar sorte do que em feitiçaria (Ezequiel 21:21).

Em vez de ser vencido, Israel como um leão se levantaria e destruiria totalmente seus inimigos (cf. Nm 24: 9).

Desolado, Balaque pediu a Balaão que não falasse maldições nem bênçãos, mas Balaão lembrou-lhe que ele era impotente na mão do Senhor – ele só podia fazer o que lhe fora dito. (1)

Esboço de Números 23:

23.1 – 12: Balaão é impelido a abençoar Israel

23.13 – 30: Balaão abençoa Israel novamente 

 

Números 23.1 – 12: Balaão é impelido a abençoar Israel

1 Balaão disse a Balaque: “Construa para mim aqui sete altares e prepare-me sete novilhos e sete carneiros”.

2 Balaque fez o que Balaão pediu, e os dois ofereceram um novilho e um carneiro em cada altar.

3 E Balaão disse a Balaque: “Fique aqui junto ao seu holocausto, enquanto eu me retiro. Talvez o Senhor venha ao meu encontro. O que ele me revelar eu lhe contarei”. E foi para um monte.

4 Deus o encontrou, e Balaão disse: “Preparei sete altares, e em cada altar ofereci um novilho e um carneiro”.

5 O Senhor pôs uma mensagem na boca de Balaão e disse: “Volte a Balaque e dê-lhe essa mensagem”.

6 Ele voltou a Balaque e o encontrou ao lado de seu holocausto, e com ele todos os líderes de Moabe.

7 Então Balaão pronunciou este oráculo: Balaque trouxe-me de Arã, o rei de Moabe buscou-me nas montanhas do oriente. “Venha, amaldiçoe a Jacó para mim”, disse ele, “venha, pronuncie ameaças contra Israel!”

8 Como posso amaldiçoara quem Deus não amaldiçoou? Como posso pronunciar ameaças contra quem o Senhor não quis ameaçar?

9 Dos cumes rochosos eu os vejo, dos montes eu os avisto. Vejo um povo que vive separado e não se considera como qualquer nação.

10 Quem pode contar o pó de Jacó ou o número da quarta parte de Israel? Morra eu a morte dos justos, e seja o meu fim como o deles!

11 Então Balaque disse a Balaão: “Que foi que você me fez? Eu o chamei para amaldiçoar meus inimigos, mas você nada fez senão abençoá-los!”

12 E ele respondeu: “Será que não devo dizer o que o Senhor põe em minha boca?”

Números 23.13 – 30: Balaão abençoa Israel novamente

13 Balaque lhe disse: “Venha comigo a outro lugar de onde você poderá vê-los; você verá só uma parte, mas não todos eles. E dali amaldiçoe este povo para mim”.

14 Então ele o levou para o campo de Zofim, no topo do Pisga, e ali construiu sete altares e ofereceu um novilho e um carneiro em cada altar.

15 Balaão disse a Balaque: “Fique aqui ao lado de seu holocausto enquanto vou me encontrar com ele ali adiante”.

16 Encontrando-se o Senhor com Balaão, pôs uma mensagem em sua boca e disse: “Volte a Balaque e dê-lhe essa mensagem”.

17 Ele voltou e o encontrou ao lado de seu holocausto, e com ele os líderes de Moabe. Balaque perguntou-lhe: “O que o Senhor disse?”

18 Então ele pronunciou este oráculo: Levante-se, Balaque, e ouça-me; escute-me, filho de Zipor.

19 Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir?

20 Recebi uma ordem para abençoar; ele abençoou, e não o posso mudar.

21 Nenhuma desgraça se vê em Jacó, nenhum sofrimento em Israel. O Senhor, o seu Deus, está com eles; o brado de aclamação do Rei está no meio deles.

22 Deus os está trazendo do Egito; eles têm a força do boi selvagem.

23 Não há magia que possa contra Jacó, nem encantamento contra Israel. Agora se dirá de Jacó e de Israel: “Vejam o que Deus tem feito!”

24 O povo se levanta como leoa; levanta-se como o leão, que não se deita até que devore a sua presa e beba o sangue das suas vítimas.

25 Balaque disse então a Balaão: “Não os amaldiçoe nem os abençoe!”

26 Balaão respondeu: “Não lhe disse que devo fazer tudo o que o Senhor disser?”

27 Balaque disse a Balaão: “Venha, deixe-me levá-lo a outro lugar. Talvez Deus se agrade que dali você os amaldiçoe para mim”.

28 E Balaque levou Balaão para o topo do Peor, de onde se vê o deserto de Jesimom.

29 Balaão disse a Balaque: “Edifique-me aqui sete altares e prepare-me sete novilhos e sete carneiros”.

30 Balaque fez o que Balaão disse, e ofereceu um novilho e um carneiro em cada altar.

 

Referências:

Merrill, E. H. (1985). Numbers. In J. F. Walvoord & R. B. Zuck (Orgs.), The Bible Knowledge Commentary: An Exposition of the Scriptures (Vol. 1, p. 243). Wheaton, IL: Victor Books.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here