Em Números 25, Israel, tendo escapado da maldição de Balaão, aqui suporta muitos danos e reprovações pelo conselho de Balaão que, aparentemente, antes de deixar Balaque, o colocou em um caminho mais efetivo do que este imaginava, para separar os israelitas do seu Deus.

O Senhor não será convencido, pelos encantamentos de Balaão, a destruí-los. Então, que eles não sejam convencidos pelos encantos das filhas de Moabe a se destruírem, com as próprias mãos.

Ninguém é mais fatalmente enfeitiçado do que aqueles que são enfeitiçados pelas suas próprias concupiscências. Aqui temos o pecado de Israel. Eles foram seduzidos pelas filhas de Moabe, tanto à prostituição quando à idolatria, v.v. 1-3.

A punição deste pecado pelas mãos dos magistrados (v.v. 4,5) e pela mão direta de Deus, v. 9. O zelo piedoso de Finéias em matar a Zinri e Cosbi, dois pecadores insolentes, v.v. 6,8,14,15.

O elogio de Deus pelo zelo de Finéias, v.v. 10-13. A inimizade entre os israelitas e os midianitas, que os tentavam, como no início, entre a mulher e a serpente, v. 16ss. (Henry, Matthew, Comentário do Pentateuco)

Esboço de Números 25:

Números 25.1 – 5: O pecado de Israel

Números 25.6 – 15: O zelo de Finéias

Números 25.16 – 18: Punição aos midianitas 

 

Números 25.1 – 5: O pecado de Israel

1 Enquanto Israel estava em Sitim, o povo começou a entregar-se à imoralidade sexual com mulheres moabitas,

2 que os convidavam aos sacrifícios de seus deuses. O povo comia e se prostrava perante esses deuses.

3 Assim Israel se juntou à adoração a Baal-Peor. E a ira do Senhor acendeu-se contra Israel.

4 E o Senhor disse a Moisés: “Prenda todos os chefes desse povo, enforque-os diante do Senhor, à luz do sol, para que o fogo da ira do Senhor se afaste de Israel”.

5 Então Moisés disse aos juízes de Israel: “Cada um de vocês terá que matar aqueles que dentre os seus homens se juntaram à adoração a Baal-Peor”.

Números 25.6 – 15: O zelo de Finéias

6 Um israelita trouxe para casa uma mulher midianita, na presença de Moisés e de toda a comunidade de Israel, que choravam à entrada da Tenda do Encontro.

7 Quando Finéias, filho de Eleazar, neto do sacerdote Arão, viu isso, apanhou uma lança,

8 seguiu o israelita até o interior da tenda e atravessou os dois com a lança; atravessou o corpo do israelita e o da mulher. Então cessou a praga contra os israelitas.

9 Mas os que morreram por causa da praga foram vinte e quatro mil.

10 E o Senhor disse a Moisés:

11 Finéias, filho de Eleazar, neto do sacerdote Arão, desviou a minha ira de sobre os israelitas, pois foi zeloso, com o mesmo zelo que tenho por eles, para que em meu zelo eu não os consumisse.

12 Diga-lhe, pois, que estabeleço com ele a minha aliança de paz.

13 Dele e dos seus descendentes será a aliança do sacerdócio perpétuo, porque ele foi zeloso pelo seu Deus e fez propiciação pelos israelitas.

14 O nome do israelita que foi morto com a midianita era Zinri, filho de Salu, líder de uma família simeonita.

15 E o nome da mulher midianita que morreu era Cosbi, filha de Zur, chefe de um clã midianita.

Números 25.16 – 18: Punição aos midianitas

16 O Senhor disse a Moisés:

17 Tratem os midianitas como inimigos e matem-nos,

18 porque trataram vocês como inimigos quando os enganaram no caso de Peor e de Cosbi, filha de um líder midianita, mulher do povo deles que foi morta pela praga que enviei por causa de Peor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here