Os títulos dos cinco livros de Moisés, registrados em nossas Bíblias, são obtidos da tradução grega dos Setenta, a mais antiga versão do Antigo Testamento que conhecemos. Porém, somente o título do livro de Números é convertido em idioma atual.

Todos os outros conservam a palavra própria em grego. Apesar disto, não encontro justificativa para que os tradutores latinos de modo geral tenham feito o mesmo.

Este livro poderia muito bem ter sido denominado Arithmoi, seu título grego; assim como o primeiro, Gênesis, e o segundo, Êxodos. Ou estes poderiam também ter sido traduzidos e chamados: o primeiro, a Geração, ou Origem, o segundo, a Salda, ou Escape, tanto quanto este se chama Números.

Ele foi assim intitulado por causa da quantidade dos filhos de Israel tão frequentemente mencionada nele, e tão bem adequada para dar-lhe um título, porque ele encerra o notável cumprimento da promessa de Deus a Abraão de que sua semente seria em multidão como as estrelas do céu.

Ele também relata as duas contagens deles. Uma no monte Sinai (capítulo 1); a outra na planície de Moabe, trinta e nove anos depois, capítulo 26. Incluindo, na última contagem, os mesmos três homens que estiveram na primeira.

O livro é quase uniformemente dividido entre histórias e leis, misturadas.

Características do Livro de Números

Temos aqui as histórias da contagem e disposição das tribos (capsítulos 1-4), a dedicação dos Levitas e do Altar (capítulos 7 e 8), sua marcha (capítulos 9 e 10), sua murmuração e descrença, pelo que foram sentenciados a peregrinar quarenta anos no deserto (capítulos 11-14).

A rebelião de Corá (capítulos 16 e 17), a história do 40.° ano (capítulos 20-26), a conquista de Midiã, e o assentamento das duas tribos (capítulos 31 e 32), com um balanço de sua jornada, cap.

Diversas leis sobre o nazireado etc. (capítulos 5 e 6); e outra vez sobre o ofício dos sacerdotes (capítulos 18 e 19), as festas (capítulos 28 e 29), os votos (capítulo 30), e a respeito de seu assentamento em Canaã, capítulos 27 e 34-36.

Um resumo de boa parte deste livro nós temos em poucas palavras no Salmo 95.10: “Quarenta anos estive desgostado com esta geração”; e uma aplicação disto para nós mesmos está em Hebreus 4.1: “Temamos, pois, que, porventura, deixada a promessa de entrar no seu repouso, pareça que algum de vós fique para trás”.

Muitas nações existiram então, que residiam em torres e cidades fortificadas, das quais não se tem notícia, nem estão registradas na história sagrada.

Entretanto, muitos registros minuciosos são mantidos, de episódios de uma tarefa difícil, de pessoas que viveram em tendas, e vaguearam estranhamente em um deserto, porque eram os filhos da promessa. “Porque a porção do Senhor é o seu povo; Jacó é a parte de sua herança.” (Henry, Matthew, Comentário de Josué a Ester)

Capítulos de Números:

Capítulo 1: Contagem dos Israelitas

Capítulo 2: As Posições das Tribos

Capítulo 3: Separação dos Levitas

Capítulo 4: O Trabalho dos Levitas

Capítulo 5: Imundos Devem Ser Removidos

Capítulo 6: A Bênção de Moisés

Capítulo 7: Consagração dos Altares

Capítulo 8: A Consagração dos Levitas

Capítulo 9: A Coluna de Nuvem e Fogo

Capítulo 10: A Saída do Povo do Sinai

Capítulo 11: A Queixa dos Israelitas

Capítulo 12: As Reclamações de Miriã e Arão

Capítulo 13: A Missão dos Doze Espias

Capítulo 14: A Fé de Josué e Calebe

Capítulo 15: A Condenação dos Insolentes

Capítulo 16: Corá, Datã e Abirão – os Rebelados

Capítulo 17: A Vara de Arão Floresce

Capítulo 18: O Serviço dos Sacerdotes e Levitas

Capítulo 19: As Cinzas da Purificação

Capítulo 20: A Morte de Mirã e Arão

Capítulo 21: A Partida do Arraial

Capítulo 22: Balaque e Balaão

Capítulo 23: Balaão Abençoa Israel

Capítulo 24: A Profecia de Balaão

Capítulo 25: O Pecado de Israel

Capítulo 26: A Contagem do Povo

Capítulo 27: Moisés é Avisado de Sua Morte

Capítulo 28: A Festividade dos Sábados

Capítulo 29: Solenidades do Sétimo Mês

Capítulo 30: A Respeito dos Votos

Capítulo 31: A Matança dos Midianitas

Capítulo 32: O Pedido dos Rubenitas

Capítulo 33: Os Acampamentos dos Israelitas

Capítulo 34: Os Limites de Canaã

Capítulo 35: Cidades dos Levitas

Capítulo 36: A Lei da Herança de Israel

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here