Provérbios - Bíblia de Estudo Online

Em Provérbios 12 vemos conselhos diversos da sabedoria e quero destacar alguns. Como por exemplo, a atitude de alguém com relação a disciplina.

Há pessoas que não suportam a correção, obviamente que a maneira como somos corrigidos influência muito em como nos sentiremos, mas alguns de nós, de nenhuma maneira quer ser corrigido.

Em vários círculos sociais, estão aqueles que acham que sabem de tudo, e não querem ser ensinadas. Esse é um grande erro.

Todos nós precisamos aprender e isso exige humildade.

Outro ponto importante, é que o ímpio não permanecerá prevalecendo em sua impiedade. Quando a justiça de Deus recair sobre Sua vida, ele será destruído e ninguém lembrará dele.

Uma vida construída sobre os fundamentos do erro, injustiça e do pecado, vai fracassar é só uma questão de tempo. A ruína começa por dentro. Na amargura, tristeza, insatisfação, até que tudo desmorone.

Sendo assim, a Sabedoria nos convida a construir nossa casa sobre os fundamentos que ela preparou. Assim, teremos uma construção sólida e um projeto bem estabelecido.

Esboço de Provérbios 12:

12.1 – 12: O homem bom e o ímpio

12.13 – 19: Verdade e falsidade

12.20 – 28: Paralelo entre o bem e o mal

 

Provérbios 12.1 – 12: O homem bom e o ímpio

1 Todo o que ama a disciplina ama o conhecimento, mas aquele que odeia a repreensão é tolo.

2 O homem bom obtém o favor do Senhor, mas o que planeja maldades o Senhor condena.

3 Ninguém consegue se firmar mediante a impiedade, e não se pode desarraigar o justo.

4 A mulher exemplar é a coroa do seu marido, mas a de comportamento vergonhoso é como câncer em seus ossos.

5 Os planos dos justos são retos, mas o conselho dos ímpios é enganoso.

6 As palavras dos ímpios são emboscadas mortais, mas quando os justos falam há livramento.

7 Os ímpios são derrubados e desaparecem, mas a casa dos justos permanece firme.

8 O homem é louvado segundo a sua sabedoria, mas o que tem o coração perverso é desprezado.

9 Melhor é não ser ninguém e, ainda assim, ter quem o sirva, do que fingir ser alguém e não ter comida.

10 O justo cuida bem dos seus rebanhos, mas até os atos mais bondosos dos ímpios são cruéis.

11 Quem trabalha a sua terra terá fartura de alimento, mas quem vai atrás de fantasias não tem juízo.

12 Os ímpios cobiçam o despojo tomado pelos maus, mas a raiz do justo floresce.

Provérbios 12.13 – 19: Verdade e falsidade

13 O mau se enreda em seu falar pecaminoso, mas o justo não cai nessas dificuldades.

14 Do fruto de sua boca o homem se beneficia, e o trabalho de suas mãos será recompensado.

15 O caminho do insensato parece-lhe justo, mas o sábio ouve os conselhos.

16 O insensato revela de imediato o seu aborrecimento, mas o homem prudente ignora o insulto.

17 A testemunha fiel dá testemunho honesto, mas a testemunha falsa conta mentiras.

18 Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz a cura.

19 Os lábios que dizem a verdade permanecem para sempre, mas a língua mentirosa dura apenas um instante.

Provérbios 12.20 – 28: Paralelo entre o bem e o mal

20 O engano está no coração dos que maquinam o mal, mas a alegria está entre os que promovem a paz.

21 Nenhum mal atingirá o justo, mas os ímpios estão cobertos de problemas.

22 O Senhor odeia os lábios mentirosos, mas se deleita com os que falam a verdade.

23 O homem prudente não alardeia o seu conhecimento, mas o coração dos tolos derrama insensatez.

24 As mãos diligentes governarão, mas os preguiçosos acabarão escravos.

25 O coração ansioso deprime o homem, mas uma palavra bondosa o anima.

26 O homem honesto é cauteloso em suas amizades, mas o caminho dos ímpios os leva a perder-se.

27 O preguiçoso não aproveita a sua caça, mas o diligente dá valor a seus bens.

28 No caminho da justiça está a vida; essa é a vereda que nos preserva da morte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here