Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Salmos 107 Estudo: O Deus Que Transforma

No Salmos 107, o Salmista continua exaltando a bondade de Deus, em contraste com a maldade do homem. Este é um dos meus Salmos favoritos, na minha adolescência meditei muito sobre ele, na maneira como Deus é poderoso para agir na vida do ser humano.

A minha família é de origem muito humilde no interior da Paraíba. Meu futuro era muito obscuro, não havia a menor perspectiva de sucesso. Mas sempre que eu lia o Salmos 107, eu tinha esperança. Principalmente quando o salmista diz:

“Perambularam pelo deserto e por terras áridas sem encontrar cidade habitada. Estavam famintos e sedentos; sua vida ia se esvaindo. Na sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os livrou da tribulação em que se encontravam e os conduziu por caminho seguro a uma cidade habitada. Que eles deem graças ao Senhor por seu amor leal e por suas maravilhas em favor dos homens, porque ele sacia o sedento e satisfaz plenamente o faminto”.

Eu sabia que se clamasse ao Senhor, seria ouvido e ele mudaria minha sorte, de fato, Ele mudou.

Hoje, quando leio o Salmos 107 –  inclusive agora, enquanto o estou comentando – reflito, tudo o que está escrito nele é verdade (não apenas nele, obviamente, mas em toda a Escritura), quero dizer, a mensagem deste Salmo é profundamente real. Aconteceu comigo!

Pelas severas e inúmeras tribulações que enfrentei na vida, até hoje, sempre que clamo ao Senhor, Ele me livra de toda a tribulação.

Por isso, eu dou graças ao Senhor, ao meu Deus!

Esboço de Salmos 107:

Salmos 107.1 – 9: Perambulavam no deserto

Salmos 107.10 – 16: Trevas e sombras

Salmos 107.17 – 22: Caminhos rebeldes

Salmos 107.23 – 32: Tontos como bêbados

Salmos 107.33 – 43: O Deus que transforma

 

Salmos 107.1 – 9: Perambulavam no deserto

1 Dêem graças ao Senhor porque ele é bom; o seu amor dura para sempre.

2 Assim o digam os que o Senhor resgatou, os que livrou das mãos do adversário,

3 e reuniu de outras terras, do oriente e do ocidente, do norte e do sul.

4 Perambularam pelo deserto e por terras áridas sem encontrar cidade habitada.

5 Estavam famintos e sedentos; sua vida ia se esvaindo.

6 Na sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os livrou da tribulação em que se encontravam

7 e os conduziu por caminho seguro a uma cidade habitada.

8 Que eles dêem graças ao Senhor por seu amor leal e por suas maravilhas em favor dos homens,

9 porque ele sacia o sedento e satisfaz plenamente o faminto.

Salmos 107.10 – 16: Trevas e sombras

10 Assentaram-se nas trevas e na sombra mortal, aflitos, acorrentados,

11 pois se rebelaram contra as palavras de Deus e desprezaram os desígnios do Altíssimo.

12 Por isso ele os sujeitou a trabalhos pesados; eles tropeçaram, e não houve quem os ajudasse.

13 Na sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os salvou da tribulação em que se encontravam.

14 Ele os tirou das trevas e da sombra mortal, e quebrou as correntes que os prendiam.

15 Que eles dêem graças ao Senhor, por seu amor leal e por suas maravilhas em favor dos homens,

16 porque despedaçou as portas de bronze e rompeu as trancas de ferro.

Salmos 107.17 – 22: Caminhos rebeldes

17 Tornaram-se tolos por causa dos seus caminhos rebeldes, e sofreram por causa das suas maldades.

18 Sentiram repugnância por toda comida e chegaram perto das portas da morte.

19 Na sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os salvou da tribulação em que se encontravam.

20 Ele enviou a sua palavra e os curou, e os livrou da morte.

21 Que eles dêem graças ao Senhor, por seu amor leal e por suas maravilha sem favor dos homens.

22 Que eles ofereçam sacrifícios de ação de graças e anunciem as suas obras com cânticos de alegria.

Salmos 107.23 – 32: Tontos como bêbados

23 Fizeram-se ao mar em navios, para negócios na imensidão das águas,

24 e viram as obras do Senhor, as suas maravilhas nas profundezas.

25 Deus falou e provocou um vendaval que levantava as ondas.

26 Subiam aos céus e desciam aos abismos; diante de tal perigo, perderam a coragem.

27 Cambaleavam, tontos como bêbados, e toda a sua habilidade foi inútil.

28 Na sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os tirou da tribulação em que se encontravam.

29 Reduziu a tempestade a uma brisa e serenou as ondas.

30 As ondas sossegaram, eles se alegraram, e Deus os guiou ao porto almejado.

31 Que eles dêem graças ao Senhor por seu amor leal e por suas maravilhas em favor dos homens.

32 Que o exaltem na assembleia do povo e o louvem na reunião dos líderes.

Salmos 107.33 – 43: O Deus que transforma

33 Ele transforma os rios em deserto e as fontes em terra seca,

34 faz da terra fértil um solo estéril, por causa da maldade dos seus moradores.

35 Transforma o deserto em açudes e a terra ressecada, em fontes.

36 Ali ele assenta os famintos, para fundarem uma cidade habitável,

37 semearem lavouras, plantarem vinhas e colherem uma grande safra.

38 Ele os abençoa, e eles se multiplicam; e não deixa que os seus rebanhos diminuam.

39 Quando, porém, reduzidos, são humilhados com opressão, desgraça e tristeza.

40 Deus derrama desprezo sobre os nobres e os faz vagar num deserto sem caminhos.

41 Mas tira os pobres da miséria e aumenta as suas famílias como rebanhos.

42 Os justos veem tudo isso e se alegram, mas todos os perversos se calam.

43 Reflitam nisso os sábios e considerem a bondade do Senhor.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.