Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Salmos 12 Estudo: Infidelidade Nos Lábios

Salmos 12 Estudo: Infidelidade Nos Lábios

Nos Salmos 12 vemos três pessoas falando: os ímpios, o Salmista e Deus. Cada uma delas possui características bem distintas.

Os ímpios acreditam que com suas palavras maldizentes, soberbas e mentirosas, triunfarão sobre a terra, sem que ninguém os impeça de coisa alguma.

Não há temor de Deus em suas vidas, por isso, acham que todos os seus desígnios humanos prevalecerão.

Por outro lado, há o clamor do justo, que diz: “Salva-nos, Senhor”. É o oposto do que faz o ímpio. O justo tem em Deus a sua segurança e espera nEle o socorro para as aflições da vida, que não são poucas.

Assustado pela perversidade e infidelidade dos ímpios aos pactos e alianças, o Salmista chega a declarar que eles estão por toda parte, mas Deus em Sua Soberania, está sempre conservando fieis sobre a Terra.

Por fim, o Salmos 12 nos apresenta a atuação de Deus. O escritor nos diz que por causa do clamor do pobre, isto é, daquele que é dependente dEle, o Senhor se levantará de Seu trono e os salvará.

Há livramento de Deus para todos aqueles que esperam por sua ajuda e misericórdia. Por mais que muitas vezes essa ajuda pareça demorada, no tempo de Deus, ela se manifestará.

Quando o Senhor é nosso aliado não há batalha perdida, quando Deus é nosso inimigo, jamais haverá vitória permanente.

Esboço de Salmos 12:

12.1 – 4: Infidelidade nos lábios

Faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

12.5: A opressão do necessitado

12.6 – 8: Palavras puras

 

Salmos 12.1 – 4: Infidelidade nos lábios

1 Salva-nos, Senhor! Já não há quem seja fiel; já não se confia em ninguém entre os homens.

2 Cada um mente ao seu próximo; seus lábios bajuladores falam com segundas intenções.

3 Que o Senhor corte todos os lábios bajuladores e a língua arrogante

4 dos que dizem: “Venceremos graças à nossa língua; somos donos dos nossos lábios! Quem é senhor sobre nós?”

Salmos 12.5: A opressão do necessitado

5 “Por causa da opressão do necessitado e do gemido do pobre, agora me levantarei”, diz o Senhor. “Eu lhes darei a segurança que tanto anseiam.”

Salmos 12.6 – 8: Palavras puras

6 As palavras do Senhor são puras, são como prata purificada num forno, sete vezes refinada.

7 Senhor, tu nos guardarás seguros, e dessa gente nos protegerás para sempre.

8 Os ímpios andam altivos por toda parte, quando a corrupção é exaltada entre os ho­mens.

Sobre o autor | Website

ME SIGA NO INSTAGRAM: @diegonascimento316 INSCREVA-SE em meu Canal do YouTube: https://www.youtube.com/jesuseabibliaoficial

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

3 Comentários

  1. abdenego disse:

    boa noite , muito obrigado pastor pelos estudos ,sempre que posso eu leio , e uso como base nas ministrações,Deus abençoe o senhor …

  2. Mario Gomes disse:

    No sexto parágrafo escreveu “E por fim, o Salmo 15…” Salmo 15 ou salmo 12 em estudo?
    Eu estou fazendo reflexões em salmos e tenho lido os teus textos também. Deus lhe abençoe.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});