No Salmos 125, o Salmista compõe um dos belos e famosos salmos da Bíblia Sagrada. O Salmos 125 é conhecido e recitado por cristãos de todo o mundo em todas as línguas e épocas, e não é sem causa.

Nele há uma clara diferenciação entre a maneira que o Senhor Deus trata o justo e o ímpio, por exemplo: “O cetro dos ímpios não prevalecerá sobre a terra dada aos justos”.

Isto é, o poder, a autoridade, a sabedoria, planos ou influência dos ímpios não prevalecerão contra a igreja de Deus e aqueles que fazem parte dela.

O Senhor Jesus Cristo ratificou este pensamento, ao dizer: “edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não poderão vencê-la”. (Mateus 16:18)

Aquele que são Igreja genuína, isto é, os que confiam no Senhor, “são como o monte Sião, que não se pode abalar, mas permanece para sempre”.

De uma maneira completamente diferente, o Senhor Deus trata o ímpio, isto é aquele que não o teme: “Mas aos que se desviam por caminhos tortuosos, o Senhor infligirá o castigo dado aos malfeitores”.

Portanto, não desanime de temer ao Senhor. À sombra de suas asas você estará bem seguro e sua alma permanecerá firme.

Esboço de Salmos 125:

125.1,2: Os que confiam no Senhor

125.3: O cetro dos ímpios

125.4,5: O castigo dos malfeitores

 

Salmos 125.1,2: Os que confiam no Senhor

1 Os que confiam no Senhor são como o monte Sião, que não se pode abalar, mas permanece para sempre.

2 Como os montes cercam Jerusalém, assim o Senhor protege o seu povo, desde agora e para sempre.

Salmos 125.3: O cetro dos ímpios

3 O cetro dos ímpios não prevalecerá sobre a terra dada aos justos; se assim fosse, até os justos praticariam a injustiça.

Salmos 125.4,5: O castigo dos malfeitores

4 Senhor, trata com bondade os que fazem o bem, os que têm coração íntegro.

5 Mas aos que se desviam por caminhos tortuosos, o Senhor infligirá o castigo dado aos malfeitores. Haja paz em Israel!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here