No Salmos 126, o Salmista faz uma descrição da grande alegria sentida pelos cativos quando, provavelmente, saíram da Babilônia. É possível que tenha sido escrito na época daqueles que vieram do exílio com Esdras, o escriba.

Quando comparamos a leitura do Salmos 126, com o cumprimento das profecias de Isaías, Jeremias e Lamentações de Jeremias, temos um vislumbre de o quanto Deus é grande.

Pois na época, ninguém acreditava – com exceção dos profetas – que houvesse restauração para Israel. Não era humanamente possível imaginar que a alegria retornasse aos muros de Jerusalém, novamente.

Este é com certeza, um salmo emocionante. Não é em vão que o Salmista começa dizendo: “Quando o Senhor trouxe os cativos de volta a Sião, foi como um sonho”.

De fato, servimos ao Deus único e real, que opera coisas grandes e maravilhosas sobre a Terra. Ele tornou o impossível, possível. Colocou sorriso nos lábios de seu povo sofrido e angustiado.

As nações que outrora diziam: “foi-se a glória de Israel”, agora estavam maravilhadas dizendo: “O Senhor fez coisas grandiosas por este povo”.

Em diversos momentos da vida, vamos apenas chorar. Mas não se engane, lágrimas são sementes. A promessa de Deus é“Aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão. Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes”.

O nosso Deus é aquele que restaura nossa sorte. Não importa o quão difícil, impossível ou incessível esteja o seu milagre, Ele é poderoso para fazer.

Esboço de Salmos 126:

Salmos 126.1 – 3: Os cativos estão de volta

Salmos 126.4 – 6: Semeando lágrimas

 

Salmos 126.1 – 3: Os cativos estão de volta

1 Quando o Senhor trouxe os cativos de volta a Sião, foi como um sonho.

2 Então a nossa boca encheu-se de riso, e a nossa língua de cantos de alegria. Até nas outras nações se dizia: “O Senhor fez coisas grandiosas por este povo”.

3 Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres.

Salmos 126.4 – 6: Semeando lágrimas

4 Senhor, restaura-nos, assim como enches o leito dos ribeiros no deserto.

5 Aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão.

6 Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here