No Salmos 142, o Salmista Davi revela grande dor e angústia de alma. A causa desse sofrimento é a implacável perseguição de seus inimigos.

Contudo, a esperança inabalável que é característica dele, sempre aparece, por isso diz: “Quando o meu espírito desanima, és tu quem conhece o caminho que devo seguir”. Mesmo em situação adversa e confusa, ele confia que o Senhor Deus o livrará de todo mal e angústia.

Esboço de Salmos 142:

142.1 – 3: Em alta voz clamo

142.4 – 7: Dá atenção ao meu clamor

 

Salmos 142.1 – 3: Em alta voz clamo

1 Em alta voz clamo ao Senhor; elevo a minha voz ao Senhor, suplicando misericórdia.

2 Derramo diante dele o meu lamento; a ele apresento a minha angústia.

3 Quando o meu espírito desanima, és tu quem conhece o caminho que devo seguir. Na vereda por onde ando esconderam uma armadilha contra mim.

Salmos 142.4 – 7: Dá atenção ao meu clamor

4 Olha para a minha direita e vê; ninguém se preocupa comigo. Não tenho abrigo seguro; ninguém se importa com a minha vida.

5 Clamo a ti, Senhor, e digo: Tu és o meu refúgio; és tudo o que tenho na terra dos viventes.

6 Dá atenção ao meu clamor, pois estou muito abatido; livra-me dos que me perseguem, pois são mais fortes do que eu.

7 Liberta-me da prisão, e renderei graças ao teu nome. Então os justos se reunirão à minha volta por causa da tua bondade para comigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here