marca_final-01

Salmos 42 Estudo: Onde está o seu Deus?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

No Salmos 42, o Salmista Davi nos revela o seu profundo anseio pela presença de Deus. “Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus”.

Ao longo dos séculos milhares de homens e mulheres de Deus, repetiram o Salmos 42 em oração, tornando-o um dos mais conhecidos da Bíblia Sagrada.

O Salmista tem um profundo diálogo com sua própria alma. Ela está perturbada e abatida, daí ele a questiona: “Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus”.

A fé consola a razão. Ele não vê razão na dor de sua própria alma. Ele a estimula a confiar em Deus, porque a sua intimidade com Deus lhe garante que o Senhor Deus agirá.

Quando estamos passando por momentos difíceis, não é incomum que aqueles que nos observam perguntem: “Onde está o seu Deus?”. Eles nos afrontam, porque para eles a nossa fé parece ser, sem fundamento.

Contudo, o Salmista não cede a provocação. Ele clama ao Senhor Deus que lhe conceda graça e continua esforçando sua alma: “Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus”.

Ou seja, a esperança dele é, que quando tudo acabar, haverá louvores a Deus em seus lábios.

Esboço de Salmos 42:

42.1 – 4: Como a corça

42.5 – 7: A alma perturbada

42.8 – 11: “Onde está o seu Deus?”

 

Salmos 42.1 – 4: Como a corça

1 Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus.

2 A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando poderei entrar para apresentar-me a Deus?

3 Minhas lágrimas têm sido o meu alimento de dia e de noite, pois me perguntam o tempo todo: “Onde está o seu Deus?”

4 Quando me lembro destas coisas choro angustiado. Pois eu costumava ir com a multidão, conduzindo a procissão à casa de Deus, com cantos de alegria e de ação de graças entre a multidão que festejava.

Salmos 42.5 – 7: A alma perturbada

5 Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e

6 o meu Deus. A minha alma está profundamente triste; por isso de ti me lembro desde a terra do Jordão, das alturas do Hermom, desde o monte Mizar.

7 Abismo chama abismo ao rugir das tuas cachoeiras; todas as tuas ondas e vagalhões se abateram sobre mim.

Salmos 42.8 – 11: “Onde está o seu Deus?”

8 Conceda-me o Senhor o seu fiel amor de dia; de noite esteja comigo a sua canção. É a minha oração ao Deus que me dá vida.

9 Direi a Deus, minha Rocha: Por que te esqueceste de mim? Por que devo sair vagueando e pranteando, oprimido pelo inimigo?

10 Até os meus ossos sofrem agonia mortal quando os meus adversários zombam de mim, perguntando-me o tempo todo: “Onde está o seu Deus?”

11 Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus.

7 COMENTÁRIOS

  1. A intimidade de Davi com Deus é facilmente observada em todos os relatos sobre ele.
    No início do Salmo ele fala de um animal que certamente Davi conhecia muito bem, porque vivia livre na natureza pastoreando os animais de seu pai. Esse é meu entendimento.

  2. Boa noite irmãos! Estudo abençoado e edificante… o autor é o rei Davi… o verso 4 o identifica… os filhos de Corá eram músicos, provavelmente fizeram a melodia para que o salmo fosse cantado no templo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.

});