Bíblia de Estudo Online Diego Nascimento

Salmos 73 Estudo: Inveja da Vida dos Ímpios

No Salmos 73, o Salmista Asafe conta seu testemunho de como quase caiu na tentação de seguir o estilo de vida do ímpio. Ele começa exaltando a Deus, exatamente por tê-lo livrado disso.

O motivo da tentação se deu, quando na percepção de Asafe, a vida do ímpio é perfeita. Ele prospera, não adoece, maquina o mal e não é punido e sofre muito pouco.

Certamente ele estava observando a vida de algum ímpio, com boas condições financeiras. Pois a realidade de um ímpio, pobre, não parece com a que ´´e descrita no Salmos 73.

Após essa observação, Asafe concluí: “Certamente foi-me inútil manter puro o coração e lavar as mãos na inocência, pois o dia inteiro sou afligido, e todas as manhãs sou castigado”.

Como sacerdote no Templo do Senhor Deus, ele certamente não tinha uma vida fácil. Todos os dias acordava de madrugada, matava um cordeiro e o preparava para o sacrifício matutino, que em seguida oferecia a Deus, com suas orações.

Ao final da tarde mais um sacrifício era feito e isso com certeza demandava tempo e energia.

Aparentemente, ele cansou desse estilo de vida por não perceber nenhuma recompensa, aqui na terra. A perspectiva de Asafe está ferida, ele não consegue perceber sentido naquilo que está fazendo. Por isso, diz:

“Certamente foi-me inútil manter puro o coração e lavar as mãos na inocência,  pois o dia inteiro sou afligido, e todas as manhãs sou castigado”.

Porém, toda essa percepção mudou. Quando certo dia, com o coração e alma feridos, ele entrou no Templo do Senhor.

O Espírito Santo ministrou ao seu coração e mostrou aquilo que ele não conseguia perceber, em relação ao ímpio.

“Certamente os pões em terreno escorregadio e os fazes cair na ruína. Como são destruídos de repente, completamente tomados de pavor! São como um sonho que se vai quando acordamos; quando te levantares, Senhor, tu os farás desaparecer”.

Após isso, a atitude dele mudou e suas palavras também. Ele percebeu que o fim do ímpio é terrível. A alma deles não possui segurança e eles estão em confusão constante.

Asafe passa por uma conversão, e declara ao Senhor o quanto o ama e deseja estar com Ele:

“A quem tenho nos céus senão a ti? E na terra, nada mais desejo além de estar junto a ti. O meu corpo e o meu coração poderão fraquejar, mas Deus é a força do meu coração e a minha herança para sempre”.

O Salmos 73 é belíssimo!

Ele reflete o conflito da carne e do Espírito que há dentro de nós. Sobretudo a fragilidade da nossa humanidade e a limitação do nosso entendimento. Não é algo isolado, qualquer um de nós pode enfrentar esses sentimentos.

Contudo, o que mais me encanta é a importância do Templo, a Casa de Deus em nossas vidas e a atuação do Espírito Santo.

Muitos desprezam a Casa de Deus, mas é ali que na maioria das vezes ouvimos a sua voz, somos agraciados com a presença do Senhor e com milagres.

É na Casa de Deus que recebemos instrução, participamos da Santa Ceia do Senhor, apresentamos nossos filhos, entregamos dízimos e ofertas.

É ali que servimos aos irmãos e temos comunhão uns com os outros. Foi ali que Deus falou com Asafe e o livrou da queda.

Eu amo muito este Salmo, e não poucas vezes medito no seu conteúdo. A minha oração é que o Senhor Deus nos ensine e ajude, assim como fez com seu servo.

Esboço de Salmos 73:

Salmos 73.1 – 3: Inveja dos ímpios

Salmos 73.4 – 12: A prosperidade do ímpio

Salmos 73.13 – 16: É inútil manter puro o coração?

Salmos 73.17 – 22: Revelação no templo

Salmos 73.23 – 28: Bom é estar perto de Deus

 

Salmos 73.1 – 3: Inveja dos ímpios

1 Certamente Deus é bom para Israel, para os puros de coração.

2 Quanto a mim, os meus pés quase tropeçaram; por pouco não escorreguei.

3 Pois tive inveja dos arrogantes quando vi a prosperidade desses ímpios.

Salmos 73.4 – 12: A prosperidade do ímpio

4 Eles não passam por sofrimento e têm o corpo saudável e forte.

5 Estão livres dos fardos de todos; não são atingidos por doenças como os outros homens.

6 Por isso o orgulho lhes serve de colar, e eles se vestem de violência.

7 Do seu íntimo brota a maldade; da sua mente transbordam maquinações.

8 Eles zombam e falam com más intenções; em sua arrogância ameaçam com opressão.

9 Com a boca arrogam a si os céus, e com a língua se apossam da terra.

10 Por isso o seu povo se volta para eles e bebe suas palavras até saciar-se.

11 Eles dizem: “Como saberá Deus? Terá conhecimento o Altíssimo?”

12 Assim são os ímpios; sempre despreocupados, aumentam suas riquezas.

Salmos 73.13 – 16: É inútil manter puro o coração?

13 Certamente foi-me inútil manter puro o coração e lavar as mãos na inocência,

14 pois o dia inteiro sou afligido, e todas as manhãs sou castigado.

15 Se eu tivesse dito: Falarei como eles, teria traído os teus filhos.

16 Quando tentei entender tudo isso, achei muito difícil para mim,

Salmos 73.17 – 22: Revelação no templo

17 até que entrei no santuário de Deus, e então compreendi o destino dos ímpios.

18 Certamente os pões em terreno escorregadio e os fazes cair na ruína.

19 Como são destruídos de repente, completamente tomados de pavor!

20 São como um sonho que se vai quando acordamos; quando te levantares, Senhor, tu os farás desaparecer.

21 Quando o meu coração estava amargurado e no íntimo eu sentia inveja,

22 agi como insensato e ignorante; minha atitude para contigo era a de um animal irracional.

Salmos 73.23 – 28: Bom é estar perto de Deus

23 Contudo, sempre estou contigo; tomas a minha mão direita e me susténs.

24 Tu me diriges com o teu conselho, e depois me receberás com honras.

25 A quem tenho nos céus senão a ti? E na terra, nada mais desejo além de estar junto a ti.

26 O meu corpo e o meu coração poderão fraquejar, mas Deus é a força do meu coração e a minha herança para sempre.

27 Os que te abandonam sem dúvida perecerão; tu destróis todos os infiéis.

28 Mas, para mim, bom é estar perto de Deus; fiz do Soberano Senhor o meu refúgio; proclamarei todos os teus feitos.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Cícero A.F disse:

    Muito obrigado pela explicação deste Salmo 73 que também pra mim é em particular um dos Salmos mais esclarecedores sobre o que acontece na Vida !
    Para quem só espera em Cristo somente nesta Vida este Salmo nos ensina que há um sentindo e recompensa mais valiosa além do que nossos olhos podem ver…
    Só peço à Deus que eu também venha sempre ouvir as orientações do Espírito Santo de Deus !

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});

O jesuseabiblia.com tem uma nova Política de Privacidade e Cookies Saiba mais.