No Salmos 84, o Salmista expressa seu profundo amor pela Casa de Deus. Este salmo, foi escrito provavelmente por Davi, na ocasião em que fugia de Absalão. A linguagem e forma poética e devota são muito características. 

Nele, Davi faz questão de dizer a Deus que não consegue viver longe de sua casa, do seu povo: “A minha alma anela, e até desfalece, pelos átrios do Senhor; o meu coração e o meu corpo cantam de alegria ao Deus vivo”.

Ele nos mostra que a Casa de Deus é tão agradável que até mesmo, pássaros moram nela. É provável que Davi tenha percebido um ninho de aves, entre as vigas do Templo e isso o remeteu a agradável presença de Deus.

Para ele, mesmo sendo rei e com tantas regalias e possibilidades era melhor estar “um dia nos teus átrios do que mil noutro lugar; prefiro ficar à porta da casa do meu Deus habitar nas tendas dos ímpios”. 

O Salmos 84 é lindo por diversos motivos, mas principalmente pelo prazer que um mero mortal tem em estar na Casa de Deus, perto de seu povo. Que as palavras e a vida de Davi nos inspirem a seguir pelo mesmo caminho.  

Esboço de Salmos 84:

Salmos 84.1 – 4: Prazer da Casa de Deus

Salmos 84.5 – 8: Encontrando força em Deus

Salmos 84.9 – 12: Um dia nos teus átrios

 

Salmos 84.1 – 4: Prazer da Casa de Deus

1 Como é agradável o lugar da tua habitação, Senhor dos Exércitos!

2 A minha alma anela, e até desfalece, pelos átrios do Senhor; o meu coração e o meu corpo cantam de alegria ao Deus vivo.

3 Até o pardal achou um lar, e a andorinha um ninho para si, para abrigar os seus filhotes, um lugar perto do teu altar, ó Senhor dos Exércitos, meu Rei e meu Deus.

4 Como são felizes os que habitam em tua casa; louvam-te sem cessar! Pausa

Salmos 84.5 – 8: Encontrando força em Deus

5 Como são felizes os que em ti encontram sua força, e os que são peregrinos de coração!

6 Ao passarem pelo vale de Baca, fazem dele um lugar de fontes; as chuvas de outono também o enchem de cisternas.

7 Prosseguem o caminho de força em força, até que cada um se apresente a Deus em Sião.

8 Ouve a minha oração, ó Senhor Deus dos Exércitos; escuta-me, ó Deus de Jacó. Pausa

Salmos 84.9 – 12: Um dia nos teus átrios

9 Olha, ó Deus, que és nosso escudo; trata com bondade o teu ungido.

10 Melhor é um dia nos teus átrios do que mil noutro lugar; prefiro ficar à porta da casa do meu Deusa habitar nas tendas dos ímpios.

11 O Senhor Deus é sol e escudo; o Senhor concede favor e honra; não recusa nenhum bem aos que vivem com integridade.

12 Ó Senhor dos Exércitos, como é feliz aquele que em ti confia!

5 COMENTÁRIOS

  1. “um dia nos teus átrios do que mil noutro lugar; prefiro ficar à porta da casa do meu Deusa habitar nas tendas dos ímpios” essa parte tá escrito errrado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here