No Salmos 95, o Salmista nos convida a louvar a Deus, a cantar com alegria ao Seu Nome. Isto porque foi o Senhor que fez todas as coisas, todo o domínio e poder pertencem a Ele.

A partir disso, ele nos leva a uma reflexão: “Hoje, se vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração, como em Meribá, como aquele dia em Massá, no deserto…”

Em outras palavras, é inconcebível que ignoremos o convite para adorar e servir a Deus. Muitas pessoas, quando convidadas a receber Jesus como Senhor e Salvador, dizem:

“Meu dia não chegou”, ou “estou aguardando o tempo de Deus”. Mas a Escritura garante que ouvir a Bíblia é ouvir a Deus, portanto HOJE, refere-se ao presente momento em que a pregação é ouvida.

O Salmos 95 encerra com mais uma denúncia: “Eles são um povo de coração ingrato; não reconheceram os meus caminhos”.

Precisamos estar vigilantes para que em nós não seja gerado um coração ingrato, isto é, um coração que apenas reclama, cobra, acusa. Um coração incrédulo e mal, cheio de raiz de amargura.

Esboço de Salmos 95:

95.1 – 5: Cantemos ao Senhor com alegria!

95.6 – 9: Não endureçam o coração

95.10,11: Cuidado com o coração ingrato

 

Salmos 95.1 – 5: Cantemos ao Senhor com alegria!

1 Venham! Cantemos ao Senhor com alegria! Aclamemos a Rocha da nossa salvação.

2 Vamos à presença dele com ações de graças; vamos aclamá-lo com cânticos de louvor.

3 Pois o Senhor é o grande Deus, o grande Rei acima de todos os deuses.

4 Nas suas mãos estão as profundezas da terra, os cumes dos montes lhe pertencem.

5 Dele também é o mar, pois ele o fez; as suas mãos formaram a terra seca.

Salmos 95.6 – 9: Não endureçam o coração

6 Venham! Adoremos prostrados e ajoelhemos diante do Senhor, o nosso Criador;

7 pois ele é o nosso Deus, e nós somos o povo do seu pastoreio, o rebanho que ele conduz. Hoje, se vocês ouvirem a sua voz,

8 não endureçam o coração, como em Meribá, como aquele dia em Massá, no deserto,

9 onde os seus antepassados me tentaram, pondo-me à prova, apesar de terem visto o que eu fiz.

Salmos 95.10,11: Coração ingrato

10 Durante quarenta anos fiquei irado contra aquela geração e disse: Eles são um povo de coração ingrato; não reconheceram os meus caminhos.

11 Por isso jurei na minha ira: Jamais entrarão no meu descanso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here