marca_final-01

A CRISE Entre a Igreja e a Cultura – Igreja Centrada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

É inegável a importância de termos uma compreensão do nosso papel na cultura dos nossos dias. Com base nisso, neste artigo vamos estudar sobre a crise entre a igreja e a cultura. 

Nas sessões 4 e 5 o pastor Timothy Keller vai analisar o relacionamento entre a igreja e a cultura e como o distanciamento da igreja para com a cultura gerou o esse mundo é um devasso que nós estamos vivendo.

Então, vamos lá!

Em Coríntios Capítulo 10 Versículo 31 está escrito o seguinte assim quer vocês comam bebam ou façam qualquer outra coisa passam tudo para a glória de Deus

De acordo com o autor apenas a presença de cristãos não muda o contexto ou o ambiente, se realmente nos importamos em influenciar a sociedade o evangelismo só não é suficiente.

E preciso, para se ter um resultado satisfatório e alcançar mais vidas para o evangelho, se engajar na cultura. Sendo assim, como igreja não devemos nos isolar nos templos ou nas nossas casas.

A igreja Primitiva, nosso exemplo, não era assim.

Pelo contrário eles estavam profundamente envolvidos no dia a dia dos seus dos seus tempos, viviam um estilo de vida muito parecido com o Senhor Jesus. 

Por isso, enquanto igreja fomos chamados pelos não-cristãos de cristãos.

No entanto, hoje nosso isolamento social provocou na cultura secular um distanciamento enorme dos fundamentos cristãos. De forma que o que antes estava diretamente ligada aos conceitos cristãos hoje se perdeu.

Por exemplo, se você assistir uma série hoje verá que o conceito de família já não é mais Cristão. Porque as pessoas que escrevem os filmes (roteiristas) e muitos dos atores não conhecem Jesus. 

Porque nós (a igreja) nos isolamos desses centros. Ou seja, existe essa crise entre a igreja e a cultura. 

Que muitas vezes, se dá porque enquanto cristãos demonizamos tudo o que a cultura apresenta.

Porém, vemos em I Coríntios 10:31 o apóstolo Paulo diz algo que é muito interessante, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa façam tudo para a glória de Deus. 

Sendo assim, precisamos encontrar um ponto de equilíbrio. 

Não podemos perder de vista que devemos ser sal e luz e em momentos de crise, como igreja, devemos aparecer, nos posicionar.E, é nesse momento que os nossos recursos devem aparecer. 

De forma que a nossa opinião, a nossa voz e o nosso posicionamento precisa ser coerente com a nossa pregação! Fazendo isso, certamente a crise entre a igreja e a cultura será bem menor. 

Como igreja, não precisamos de muito dinheiro. Mas os nossos bens e os nossos recursos devem estar à disposição das pessoas, como nos manda fazer o Senhor Jesus. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.