marca_final-01

A Viúva de Sarepta – Mulher de Muitas Provações

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A viúva de Sarepta fi escolhida por Deus para ser canal de bênção na vida do Profeta Elias. Ao contrário do que segue a lógica, ela não era uma mullher de muitos recursos.

Pelo contrário, quando Elias a encontrou, ela estava prestes a fazer sua última refeição e esperar a morte. Aqueles eram dias de fome e escassez em todo o Israel.

Sendo assim, quais características podemos observar na viúva de Sarepta, que a tenham levado a obedecer a Deus, mesmo em um contexto tão desfavorável.

É sobre isso que quero conversar com você neste estudo, então leia até o final e assista ao vídeo, para conferir, ok?

Então “VAMO!”

Características da VIÚVA DE SAREPTA

1. Foi escolhida pela soberania de Deus – 1 Reis 17:7-9

E sucedeu que, passados dias, o ribeiro se secou, porque não tinha havido chuva na terra. Então veio a ele a palavra do Senhor, dizendo: Levanta-te, e vai para Sarepta, que é de Sidom, e habita ali; eis que eu ordenei ali a uma mulher viúva que te sustente.

2. Não tinha esperança de passar pela fome – v.v 12

Porém ela disse: Vive o Senhor teu Deus, que nem um bolo tenho, senão somente um punhado de farinha numa panela, e um pouco de azeite numa botija; e vês aqui apanhei dois cavacos, e vou prepará-lo para mim e para o meu filho, para que o comamos, e morramos.

3. Era crente – v.v 13-15

E Elias lhe disse: Não temas; vai, faze conforme à tua palavra; porém faze dele primeiro para mim um bolo pequeno, e traze-mo aqui; depois farás para ti e para teu filho.

Porque assim diz o Senhor Deus de Israel: A farinha da panela não se acabará, e o azeite da botija não faltará até ao dia em que o Senhor dê chuva sobre a terra.

E ela foi e fez conforme a palavra de Elias; e assim comeu ela, e ele, e a sua casa muitos dias.

4. Uma mulher de muitas provações – v.v 17-20ª,22

E depois destas coisas sucedeu que adoeceu o filho desta mulher, dona da casa; e a sua doença se agravou muito, até que nele nenhum fôlego ficou.

Então ela disse a Elias: Que tenho eu contigo, homem de Deus? vieste tu a mim para trazeres à memória a minha iniqüidade, e matares a meu filho?

E ele disse: Dá-me o teu filho. E ele o tomou do seu regaço, e o levou para cima, ao quarto, onde ele mesmo habitava, e o deitou em sua cama,

E clamou ao Senhor… E o Senhor ouviu a voz de Elias; e a alma do menino tornou a entrar nele, e reviveu.

Conclusão

Com a viúva de Sarepta aprendemos que o caminho da direção de Deus nem sempre segue o óbvio, o mais seguro. Na verdade, o texto sagrado nos diz que:

Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante ele. (1 Coríntios 1:27-29)

Sendo assim, devemos ter uma atitude de servo, com um coração sensível a direção do Espírito Santo. Ele nos guiará pelos caminhos da vontade de Deus. O Espírito nos fará viver coisas extraórdinarias, se nos submetermos a Sua vontade.

Leia Também:

A Mulher Virtuosa e suas qualidades

A importância da Palavra de Deus 

O Profeta Elias e o poder de Deus

O maravilhoso tempo de Deus

O que vemos na vida da viúva de Sarepta é exatamente isso. Uma mulher de Deus, com poucos recursos, mas que era sensível à Sua direção.

SONY DSC

Sobre o Autor

Instagram:@diegonascimento316

YouTube: Canal do Jesus e a Bíblia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.

});