Há tantas coisas ruins acontecendo ao nosso redor que muitas vezes questionamos a justiça de Deus, se Ele é de fato justo como a Bíblia diz, ou como as pessoas falam.

Neste estudo quero analisar com você cinco aspectos da justiça de Deus que devem estar presentes na nossa mente, na nossa fé e no nosso dia a dia.

Lhe convido a ler o estudo até o final e conferir. Então aperte os cintos e “VEM!”

1. A justiça de Deus e a obediência – Deuteronômio 6:25

A primeira coisa que precisamos saber sobre a justiça de Deus é que ela se revela na obediência, como mostra Deuteronômio 6:25.

A justiça de Deus se revela na obediência daqueles que creem, em nosso comportamento. Se revela em nós, através de nós e para nós também. 

A justiça de Deus é correta, bondosa, pacífica. O nosso pai Abraão a herdou, pela fé e não por causa do seu próprio mérito. 

Então é muito importante que a nossa fé, nosso relacionamento com o Senhor seja sincero. Quando se fala que a justiça de Deus se revela na obediência não significa que temos que ser perfeitos para vê-la.

Significa que precisamos primeiramente crer como creu Abraão. Segundo guardar os seus mandamentos e quando errarmos precisamos nos arrepender.

O arrependimento é também uma forma de obediência. Porque quem peca deliberadamente contra o Senhor e não enxerga mal algum nisso, não O ama e não O teme.

Só se arrepende, só se importa em agradar a Deus quem O ama sinceramente e a estes a justiça de Deus se manifesta.

2. Está presente no Seu governo – 2 Samuel 23:3

A segunda coisa que precisamos saber sobre a justiça de Deus é que está presente no Seu governo, conforme está escrito 2 Samuel 23:3.

Essa é uma das afirmações mais questionadas! 

“Porque se Deus é tão justo e bom, tem tanta gente morrendo de fome na África? Ou no sertão do Brasil?”

“Se Deus é bom e justo porque é que o assassino vem e mata uma mãe de família,  deixando seus filhos órfãos?”

“Porque existe tanta maldade sobre a terra?”

Precisamos analisar primeiro que não é Deus quem faz todas essas coisas e sim nós!

A fome na África não é culpa de Deus, pois Ele mandou recursos mais que suficientes para a terra inclusive para a África.

E por que que falta recurso?

Por causa de uma minoria que promove a desigualdade social. A mesma coisa acontece aqui no Brasil. 

A criminalidade, a falta de recursos para muitas crianças, pais e mães, não é por falta de recursos, não é porque Deus deixou de fazer. É por causa da maldade do ser humano. 

A maldade do ser humano não pode anular a justiça de Deus!

O apóstolo Paulo falando sobre isso em romanos, afirma que a infidelidade de Israel não pode anular a justiça de Deus.

Deus continua fiel!

A nossa infidelidade e incredulidade não pode ser usada como desculpa contra Ele, por causa da falta de resultados, dos resultados ruins que nos cercam.

Então isso é muito importante ser dito. Porque muitas vezes, na nossa própria vida, estamos atribuindo a Deus faltas que não é dEle. Estamos atribuindo a Deus responsabilidades que não pertencem a Ele.

Muitas vezes, as pessoas se queixam porque estão enfermas e não são curadas. Mas, eu conheço várias pessoas que têm problemas de enfermidade, que são crentes, mas não se cuidam.

Então, querem que Deus lhes cure, mas a parte deles que é tomar o medicamento, e manter uma dieta saudável, elas simplesmente não fazem.

Fica muito difícil desse jeito!

Então, antes de cobrar a Deus tenha certeza de que você está fazendo sua parte. 

3. Se revela aos que esperam nEle – Isaías 30:18

O terceiro aspecto da justiça de Deus é que ela se revela aos que esperam nEle, como lemos em Isaías 30:18.

Deus é lindo!

Ele espera o momento de ser bondoso com você e comigo. Deus espera o momento de ser justo com você e comigo. 

Você está sofrendo injustiça?

Tenho certeza que “Deus mal pode esperar”, usando uma linguagem humana, pelo momento de ser bondoso e justo com você. Há portas prestes a serem abertas diante de você. Há situações prestes a serem criadas para você. 

Deus está prestes a fazer coisas maravilhosas na sua e na minha vida, porque Ele também aguarda pelo momento de ser bondoso conosco.

Ele vai se levantar para mostrar compaixão porque o Senhor é Deus de justiça e como são Felizes os que nEle esperam. 

Eu já sirvo a Jesus há quase 20 anos e posso dizer a você com certeza que tudo que eu tenho vivido hoje é fruto dessa espera nEle. Não existe mão humana em tudo que eu tenho vivido. Nem mesmo as minhas.

Tudo que eu tenho vivido, tudo que eu tenho, tudo que eu falo a você é fruto desse relacionamento. Eu posso dizer com certeza que tudo que eu tenho e tudo que sou, tudo vem do Senhor e da espera nEle.

Então, eu exorto e encorajo você a esperar no Senhor! 

Lançar sobre Ele toda sua ansiedade, tudo que vem ao seu coração, todos os seus anseios, tudo aquilo que você gostaria de viver e ter.

Converse com Ele sobre isso, espere nEle porque Ele é bom para com aqueles que nEle esperam. 

4. A justiça de Deus no Evangelho – Romanos 1:17

O quarto aspecto da justiça de Deus é que ela se revela no evangelho, conforme mostra Romanos 1:17, dizendo que somos justificados pela fé.

Fomos agraciados pelo amor de Deus em Jesus Cristo e isso por meio da fé!

A justiça de Deus se revela plenamente no evangelho, na revelação de Jesus Cristo. Jesus é a manifestação, a personificação da justiça de Deus.

Você vê a bondade de Jesus? O amor de Jesus? A compaixão de Jesus? A misericórdia de Jesus sendo revelada na mulher adúltera? A indignação de Jesus com os os fariseus religiosos?

São comportamentos que revelam a justiça de Deus e Jesus é Deus. E a justiça de Deus se revela por meio de suas palavras, de seu comportamento e de seu amor.

Então, a justiça de Deus não é contrária nós, no sentido de que Deus não quer nos devorar. Deus quer nos ajudar. Deus é nosso amigo, companheiro e aliado.

Ele está ao nosso lado!

Condenado nós já estávamos. Nós já estávamos maus, mas Ele veio para nos restaurar, para nos dar vida e vida com abundância. 

Então aproxime-se de Jesus Cristo, leia as escrituras e conheça o máximo que você puder dos Evangelhos porque ali está a justiça de Deus.

5. Recebemos pela fé em Jesus – Romanos 3:22

O quinto e último aspecto da justiça de Deus é que nós a recebemos pela fé em Jesus, como está escrito em romanos 3:22.

Devemos nos aproximar mais de Deus crendo!

Nada que nós façamos nos dará direito ou merecimento de termos relacionamento vivo com Deus. Nada que o Senhor Deus nos dê é por mérito.

É tudo pela fé!

E como é esse crer?

Entender que Deus é bondoso.

Se você for pai ou mãe, vai me entender muito bem o que quero dizer.

Você é generoso com seu filho por amor. Ele ou ela, não precisa fazer nada para que mereça, para que você lhe dê algo ou cuidemos dele.

Ele só precisa existir,  porque nós o amamos sinceramente!

Assim é Deus!

A única coisa que Ele espera de nós é que olhemos para ele com amor de filho. Se você se comportar com Deus, como um filho querido, tenha certeza que está se aproximando dEle pela fé. 

Faça isso, e você vai viver cercado e guardado pela justiça de Deus!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here