Barrabás era um homem condenado a morte. Acredito que ele já estava, inclusive, conformado com o fato de que não passaria daquela sexta-feira, dia em que seria executado.

Mas miraculosamente tudo mudou!

Os líderes religiosos dos judeus levaram até Pilatos, um homem chamado Jesus Cristo e sua acusação era se autoproclamar: “Rei do judeus”.

Barrabás percebeu, por instinto, que aquele homem não era criminoso, nem que muito menos seria condenado à morte, até porque se percebia em Pilatos boa vontade para soltá-lo.

Mas até isso mudou!

Quando foi apresentada a multidão, a opção de soltar a Jesus Cristo ou a Barrabás, a multidão escolheu, ele: Barrabás!

Eles gritaram repetidamente: “Solte Barrabás…Crucifique Jesus!”

A multidão escolheu o condenado culpado e mandou condenar a morte o inocente. Mas tudo isso foi muito mais que um julgamento injusto. Muito mais que um erro jurídico na história.

Se tratava da redenção de toda a humanidade!

É sobre isso que quero conversar com você neste estudo, por isso, lhe convido a lê-lo até o final e assistir também ao vídeo, pois juntos eles lhe darão compreensão total do assunto.

4 VERDADES Sobre Barrabás

1. Provavelmente um zelote assassino – Marcos 15:7

E havia um chamado Barrabás, que, preso com outros amotinadores, tinha num motim cometido uma morte.

2. Foi a escolha dos religiosos – Mateus 27:20

Mas os príncipes dos sacerdotes e os anciãos persuadiram à multidão que pedisse Barrabás e matasse Jesus.

3. A escolha da multidão – Marcos 15:9-13

E Pilatos lhes respondeu, dizendo: Quereis que vos solte o Rei dos Judeus?

Porque ele bem sabia que por inveja os principais dos sacerdotes o tinham entregado.

Mas os principais dos sacerdotes incitaram a multidão para que fosse solto antes Barrabás.

E Pilatos, respondendo, lhes disse outra vez: Que quereis, pois, que faça daquele a quem chamais Rei dos Judeus?

E eles tornaram a clamar: Crucifica-o.

4. Foi em nosso lugar – Marcos 15:14

Mas Pilatos lhes disse: Mas que mal fez? E eles cada vez clamavam mais: Crucifica-o.

Conclusão

Barrabás representa cada um de nós. Ele é um símbolo dos pecadores perdidos que já estavam com a sentença de morte pronta para ser justamente executada.

Mas repentinamente, alguém se ofereceu voluntariamente para trocar de lugar conosco. Trocar sua liberdade por nossa prisão. Trocar seu bem-estar por nossas dores. Trocar sua vida pela nossa.

Foi extamente isso que Jesus Cristo fez!

Ele voluntariamente se apresentou para trocar de lugar conosco.

É isso que Ele faz todos os dias, quando convida os pecadores ao arrependimento. A nossa condenação era justa e inevitável, mas Ele nos ofereceu uma saída a única possível.

A vida dele pela nossa!

É incrível como muitos não querem. Preferem viver na perdição. Em prazeres momentâneos que vão acabar lhe matando, destruindo e roubando suas vidas.

Mas alguns poucos qurem!

Leia Também:

O que é livre-arbítrio?

Por que Jesus morreu na cruz?

A soberania de Deus na Filha de Jairo

Bartimeu, o cego de Jericó

Esses, assim como Barrabás são agraciados com liberdade, segurança e perdão. A minha oração é que você já tenha feito a escolha certa, e receba Jesus como Senhor e Salvador de sua vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here