marca_final-01

Casados a Qualquer Custo?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Neste artigo vamos estudar sobre o seguinte tema: Devemos ficar casados a qualquer custo? Ou será que existem algumas situações em que realemente cabe o divórcio? 

Através de alguns casos e alguns textos bíblicos vamos tentar entender o que acontece no contexto brasileiro. Apesar de ser impossível tratar todos os aspectos tenho certeza que o texto irá esclarecer muitas dúvidas. 

Então, vamos lá!

Em João 8: 7 -11, Jesus é confrotado pelos fariseus com uma mulher que era culpada de adultério. Eles levaram a mulher até Jesus, a fim de saber o parecer dele a cerca da situação, visto eu apresentava o Reino dos Céus de maneira graciosa. 

Os fariseus queriam saber qual seria a atitude de Jesus, como ele se comportaria e se Jesus poderia livrar da condenação alguém que era ocupado. 

Então, o Senhor Jesus os leva a refletir sobre os próprios pecados. E aí movidos pela consciência, eles jogaram suas pedras no chão e se retiraram. 

Quando ficou só Jesus e a mulher Ele liberou perdão sobre a vida dela e a aconselhou a abandonar o pecado. 

O que acontece na nossa sociedade é que muitas vezes o que nós que estamos fazendo com pessoas que passam pelo divórcio é exatamente o que fariseus fizeram com a mulher adúltera. 

Rapidamente queremos atirar pedras, queremos matá-la, mesmo sem conhecer o contexto que levou aquilo a acontecer. Deixando-as muitas vezes marginalizadas.

Será que existe algumas situações em que o divórcio é a solução? Na minha opinião, SIM!

Por exemplo, o contexto brasileiro é marcado por muita violência doméstica. Somente este ano e durante a pandemiados casos de feminicídio (parceiros homens contra as suas mulheres). 

Diante desse dado, vamos pensar: Será que o Senhor Jesus quer que uma mulher mantenha um relacionamento no qual ela corre risco de vida?

Se você considerar o texto acima citado, onde Jesus preservou a vida de uma mulher adúltera, vai chegar à conclusão de que não.

Dessa forma, se há risco a integridade física e a vida, não se deve permanecer casados a qualquer custo.

Há outros casos como o caso de violência sexual contra criança, onde um dos cônjuges  ciência de que seus filhos sofrem abuso sexual por parte do outro cônjuge, e mesmo assim permanecem esse relacionamento.

Não faça isso! Pois, o fazendo está comentendo crime contra frágeis e um grave pecado diante de Deus que é permitir que a criança inocente passe por esse tipo de trauma.

Mateus 19:19, é um texto muito citado nesse tema. Onde alguns fariseus novamente se aproximam de Jesus para testá-lo, perguntando se é permitido ao homem divorciar-se de sua mulher por qualquer motivo.

E a resposta é NÃO, nunca foi. O desejo de Deus é que o casamento só termine pela morte.

Por isso, nós devemos investir no nosso casamento, o nosso melhor para continuar casados.

Um outro caso é os dois casam descrentes e de repente um dos dois converte e o outro não quer que vá a igreja. Paulo em 1Coríntios 7:12-15, fala que se isso acontecer, se o cônjuge proíbe de servir a Jesus, vocês não devem permanecer casados a qualquer custo.

Sendo assim, se você tiver que escolher entre qualquer coisa e Jesus vai ser sempre Jesus. Pois, é o primeiro e grande mandamento: Amar a Deus sobre todas as coisas.

Não abra mão Dele! Pois, além de você abrir mão das boas promessas de Deus para sua vida, estará abrindo mão da eternidade com Ele.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.