marca_final-01

Desatenção Espiritual – Cartas XXVI e XXVII

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Algumas das coisas que tem destruído muitos relacionamentos nos nossos dias é a falta de diálogo e a desatenção espiritual.

Na carta 26, Maldanado vai instruir Vermelhinho a explorar isso para fazer com que o relacionamento do paciente se torne um verdadeiro caos.

Dessa forma, precisamos estar atentos aos princípios apresentados para proteger os nossos próprios relacionamentos. 

Então, vamos lá!

Maldanado não está satisfeito, pois o relacionamento do paciente com sua namorada está fazendo com que o paciente se torne um cristão autêntico, que ama a Deus e sua palavra. 

Vendo isso, Maldanado aconselha Vermelhinho a semear sementes da discórdia ainda enquanto eles estão namorando.

Porque, embora o casal ignore agora, elas vão florescer no casamento. 

E, aí quando se derem conta vai ser tarde demais!

Eles vão utilizar essas sementes de discórdia para fazer com que o relacionamento se torne um ambiente completamente hostil.

Fazendo com que eles não consigam viver a boa vontade de Deus para suas vidas. 

Outra coisa que ele vai explorar é abnegação por parte de cada um.

Ou seja, o homem  abre mão de certas coisas para agradar sua esposa ou sua namorada e ela simplesmente não percebe.  

Da mesma forma a mulher abre mão de coisas para fazer feliz seu esposo ou namorado e ele não percebe ou não se importa. 

O diabo utiliza a isso para gerar no coração deles raiz de amargura. 

Outra ferramenta ensinada por Maldanado a Vermelhinho é estimular a falta do diálogo.

O objetivo dele é que a partir do silêncio, da falta de diálogo problemas simples deixem de ser resolvidos e gerem raiz de amargura.

Em Hebreus 12:15, diz que precisamos ter cuidado para que a raiz de amargura não brote e não contamine o nosso coração e não crie nenhuma raiz de amargura. É nosso dever!

Na carta 27, Maldanado vai instruir vermelhinho a explorar a desatenção espiritual. E, a arma dele para isso é não permitir ou fazer o possível para que o paciente não ore.

Promovo a desatenção espirutual. Faça com que na sua rotina no seu dia a dia exista uma série de coisas que o impeçam de orar. 

Outra ferramenta é encorajar a falta de espiritualidade. Vermelhinho precisa trabalhar para que o paciente se distancie cada vez mais da vontade do inimigo. 

O seu trabalho inclui manter o paciente na ignorância, isto é distante do conhecimento.

Incluindo as histórias do passado, o diabo não quer permitir que uma geração tenha conhecimento da outra, porque fazendo isso a geração enfraquece.

Sendo assim, vamos conhecer mais a vida de homens e mulheres de Deus que marcaram sua geração para que sejam um uma inspiração para nossa geração. 

O conselho do apóstolo Paulo para nós em primeira Tessalonicenses 5:17 é: orai sem cessar. 

Por isso, eu e você precisamos estar atentos espiritualmente e não ser dominados pela desatenção espiritual.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.