Estudo Bíblico Sobre o Diabo ou Satanás

O Diabo ou Satanás como é popularmente conhecido há milênios, tem posição de destaque negativo na história da humanidade. Ele é o principal adversário do ser humano e odeia a criação. Tudo o que estiver ao alcance dos seus recursos, inteligência e poder militar é utilizado para promover grande destruição na raça humana.

Personagem de destaque em séries de TV, superproduções de Hollywood, best-sellers e canções marcantes, o Diabo é seguido de perto pelas pessoas, mesmo que a maioria delas não saiba ou admita isso.

Neste estudo, minha intenção é apresentar tudo o que você precisa saber sobre o seu maior inimigo. De acordo com Sun Tzu, o mestre nas guerras:

“Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas…”

Portanto, para se defender bem, nada melhor do que conhecê-lo.

A Origem do Diabo

É sabido que o Senhor Deus criou todas as coisas e que a história não começou no Éden, antes de Adão e Eva na eternidade, o Eterno Deus já existia com seus anjos.

Não é possível para nós, seres humanos – limitados ao tempo e ao espaço – compreender este grande e complexo assunto.

De qualquer forma, o anjo que se rebelou contra o governo de Deus, chamado hoje de Diabo ou Satanás, foi criado em algum momento antes da Criação.

O texto de Ezequiel 28:12-15, embora não seja senso comum entre os estudiosos, descreve um pouco da glória na qual ele estava revestido. Onde o rei de Tiro é uma figura de Satanás e a descrição de riqueza, sabedoria e formosura é um resumo daquilo que ele era.

Satanás Era Ministro de Louvor?

Se você seguir a linha de interpretação que considera o rei de Tiro uma figura do Diabo, é possível entender a afirmação de que ele era um ministro de louvor. A explicação está em Ezequiel 28:13.

A palavra engastes em hebraico é toph, que significa: pandeiro, tamborim (Concordância de Strong). Já Russel Champlin diz o seguinte sobre o assunto:

Podemos entender, da palavra hebraica por trás desta tradução, instrumentos musicais de sopro, que, quando tocados, dariam uma atmosfera agradável ao Éden do deus-rei. A presença de instrumentos musicais talvez aluda ao dia da ascensão do deus-rei ao trono, ocasião celebrada com música, dança e vinho. (CHAMPLIN, Russel, Comentário AT volume 5, pág. 3285)

Pois bem, a afirmação de que o Diabo era ministro de louvor, nada mais é que uma mera suposição. Não há, na verdade clareza nas Escrituras para fazer essa afirmação de maneira contundente.

A Queda do Diabo

O texto de Ezequiel 28:16-18, é uma suposta alusão ao momento em que Satanás foi expulso da presença de Deus, no entanto há algumas partes que se tornam obscuras nesta interpretação.

Por exemplo, o texto afirma que o Diabo foi expulso por motivo de orgulho e soberba, causado pela multiplicação dos seus comércios.

Os estudiosos que se opõem a interpretação literal, questionam em que momento o Diabo – enquanto estava na presença de Deus – se envolveu em comércios.

Observe o que Russel Champlin diz sobre isso:

Este versículo se opõe a qualquer interpretação que sugere que o texto fala de Satanás. Quando é que Satanás se envolveu no comércio para enriquecer?

Isto descreve o falso deus-rei Ito-baal, de Tiro, que construiu um império poderoso, adorando o deus dinheiro. O comércio se aliou à violência, porque onde o dinheiro flui, os criminosos entram em ação.

O falso deu fora lançado do seu trono alto (Tiro); tornou-se totalmente profano e corrupto. Era como o anjo da guarda do paraíso, mas Deus fechou os portões daquele lugar e apagou a sua glória. As pedras fogosas pararam de glorificar o deus-homem. A luz do paraíso se apagou.

O anjo foi lançado na rua, e seu paraíso foi fechado. É ridículo ver aqui as pedras de fogo representando as estrelas, e estas significando seres angelicais que caíram com a Estrela, Satanás (ver Apocalipse 12.4). (CHAMPLIN, Russel, Comentário do AT, pág. 3286)

Por outro lado, aqueles que acreditam que o rei de Tiro é o Diabo, argumentam que o texto refere-se ao princípio de sua corrupção. Motivo de sua beleza, sabedoria, esplendor e influência.

Neste caso, a multiplicação dos comércios seria a persuasão de Satanás sobre os anjos, que se tornaram demônios e o seguiram na rebelião.

A Visão de Isaías

O texto de Isaías 14.12-17, é aquele que a tradição judaica aplica e concorda com a figura de Satanás ou Diabo e sua consequente expulsão do céu. O desejo de ser como Deus, o Eterno, e tomar o seu trono foi o real motivo de sua queda.

De acordo com estes versículos e sua aplicação de que é realmente uma referência ao adversário dos santos, depois da queda o Diabo ou Satanás perdeu toda beleza e esplendor.

Aqueles que antes o admiravam por sua beleza, isto é, os anjos, agora ficam abismados com sua ruína.

Um ponto no texto de Isaías que gera certa controvérsia, é a afirmação de que ele foi levado as profundezas do Sheol, pois como sabemos e veremos mais adiante, que o Diabo está sobre a Terra, nas regiões celestiais, ao nosso redor, esperando oportunidade para atacar.

Por quê é Chamado de Lúcifer?

Muitas pessoas se perguntam porque o Diabo ou Satanás é, em alguns momentos chamado de Lúcifer, pois bem, segue a explicação.

A expressão “estrela da manhã” que aparece em Isaías 14.12, significa heylel, e um de seus significados é Lúcifer (Concordância de Strong). Ou seja, Lúcifer é uma abreviação da expressão “estrela da manhã”.

Como muitos estudiosos concordam que este texto refere-se ao anjo caído, Lúcifer ou “estrela da manhã” era o seu título antes do conflito com Deus.

Por Que é Chamado de Diabo ou Satanás?

De acordo com a concordância de Strong, a palavra diabo em grego é diabolôs, e significa: dado a calúnia, difamador, que acusa com falsidade, que faz acusações, que faz comentários maliciosos.

Ou seja, ele é assim chamado por causa do seu caráter enganador, falso, difamador e sua inclinação para a acusação.

Um outro nome pelo qual ele é popularmente conhecido é Satanás. De acordo com a concordância de Strong, em grego é Satanas, e significa:

  1. Adversário (alguém que se opõe a outro em propósito ou ação), nome dado ao príncipe dos espíritos maus, o adversário inveterado de Deus e Cristo que incita à apostasia de Deus e ao pecado;
  2. Engana homens pela astúcia. Diz-se que os adoradores de ídolos estão sob seu controle. Pelos seus demônios, é capaz de possuir pessoas e afligi-las com enfermidades.

Ou seja, ele é chamado de Satanás por causa de sua forte oposição a Deus, seu Reino e aos santos. Como vimos no texto de Apocalipse 20.2 e ao longo do Novo Testamento, Jesus e os outros autores concordam com estes dois títulos.

Já em seus dias referiam-se a ele dessa maneira.

A Primeira Aparição

A primeira aparição de Satanás no relato bíblico é no Éden, com o objetivo de fazer Adão e Eva pecar contra Deus (Gênesis 3:1).

Como Diabo, ele argumentou com Eva e a convenceu a contrariar a ordem do Criador e como Satanás ele foi o principal articulador no projeto de introduzir o pecado no mundo.

A Origem do Pecado

Embora o Senhor Deus tenha sido autor da criação, o pecado não tem nele a sua origem. O marco zero, isto é o começo do pecado foi no Diabo.

Foi nele que começou a cobiça, a inveja, a mentira, o homicídio e tudo o que se configura pecado.

O apóstolo João, em sua primeira carta confirma isso: “o diabo vem pecando desde o princípio” (1 João 3:8). O que muitas pessoas questionam é o fato de Deus tê-lo feito bom e perfeito, e mesmo assim ele pecar em um ambiente sem pecado.

É uma outra questão complexa da Teologia. Há muitas “aventuras” e especulações. Neste caso, eu prefiro me ater ao que a Bíblia revela, crendo que a Soberania e Justiça de Deus são infalíveis.

No entanto, uma possível explicação para tal episódio é a liberdade que o Senhor Deus, deu aos anjos, assim como aos seres humanos. O pecado teve origem em Satanás, porque nele se achou o primeiro traço de rebelião contra o Criador.

Pai da Mentira

A Bíblia Sagrada atribui ao Diabo ou Satanás, a criação da mentira. De fato, sua primeira mentira é registrada no diálogo com Eva, dizendo: “Certamente não morrerão!”. (Gênesis 3:4)

A palavra do Diabo foi exatamente o contrário daquilo que o Senhor Deus havia dito a Adão (Gênesis 2:16,17).

Toda a mentira e engano presente no mundo, são com certeza fruto do Diabo (João 8:44). Ele está envolvido em todas as áreas da sociedade. Sejam os negócios, relacionamentos, redes sociais, enfim, sempre que tem a oportunidade ele dissemina a mentira.

Seu grande objetivo é escravizar as pessoas nessa prática e convencê-las de que não são capazes de viver sem mentir. Mas essa é outra mentira.

Deus nos chamou para a luz, para a verdade. Podemos sim, viver bem e de acordo com a verdade, pois o Espírito Santo nos conduz por ela se deixarmos e confiarmos no seu amor.

Se você quer saber mais sobre a mentira, eu aconselho a leitura do Estudo Bíblico Sobre a Mentira. Acredito que vai aprofundar o assunto.

Cega os Incrédulos

Um dos grandes objetivos de Satanás, o adversário de Deus é impedir a realização do maior propósito da Criação: O bom relacionamento entre Deus e o ser humano.

Com isso, ele se utiliza de sua temporária autoridade sobre a Terra para promover o engando e o pecado. Isto por meio de ensinos, filosofias, mídia, artistas, enfim, tudo o que está ao seu alcance ele utiliza.

A principal intenção é impedir que os seres humanos cheguem ao conhecimento de Jesus Cristo, como Senhor e Salvador (2 Coríntios 4:4).

Portanto, quando você desejar que alguém se converta, dedique tempo em oração fervorosa, com a intenção de que o Senhor Deus quebre todo impedimento e barreira no entendimento da pessoa.

De maneira que ela possa ouvir, entender e crer livremente nas boas novas do Evangelho.

Causa Enfermidades

Como agente do pecado, o Diabo ou Satanás tem autoridade para impor enfermidades sobre aqueles que estão escravizados por ele, isto é, aqueles que amam a prática do pecado e vivem longe de Deus.

O texto de Lucas 13.16 nos mostra isso claramente. O Senhor Jesus ao curar a mulher, afirma que a enfermidade dela era obra do Diabo.

Como identificar este tipo de situação?

Todo cristão tem a obrigação de ter uma vida de oração ativa. No entanto, muitos cristãos nominais não sabem o que isso significa e muitas famílias sofrem nas mãos do Diabo.

É muito importante que haja em nossos lares, pessoas com sensibilidade espiritual diferenciada, com dons espirituais como o discernimento de espíritos, por exemplo.

Pessoas sensíveis a voz de Deus, receberão dele o discernimento para perceber quando a enfermidade é obra natural ou sobrenatural.

Eu aconselho que você leia o Estudo Bíblico Sobre a Oração, onde o assunto é mais aprofundado.

Tem o Poder da Morte

A Bíblia Sagrada nos mostra que “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6.23) e o agente desse salário ou pagamento é o Diabo (Hebreus 2:14,15).

No capítulo 1, do livro de Jó, percebemos que Deus concede a Satanás, permissão para destruir a riqueza, a influência e a família do Servo de Deus, tirando a vida de seus filhos.

Ali fica muito claro que por concessão divina, o Diabo tem poder de morte. Esse poder pode ser tanto a morte física como a morte espiritual.

A missão de Jesus Cristo, na cruz do Calvário foi exatamente derrotar o agente da morte e o seu poder. De que maneira?

Desde a morte de Jesus, quem crê nele e confessá-lo como Senhor e Salvador tem a vida eterna.

Satanás é um verdadeiro serial killer, a cerca disso, o Senhor Jesus diz que o seu grande objetivo é matar, roubar e destruir (João 10:10). Ou seja, o principal propósito do Diabo é destruir a vida e a alma dos seres humanos.

Isso ele faz por meio das drogas, adultério, formas ilícitas do sexo, assassinatos, mentira, violência, atentados, etc.

Onde Ele Está?

O Diabo habita nas regiões celestiais, isto é, no mundo dos seres espirituais, onde anjos e demônios existem. Isto significa que um mundo invisível nos rodeia, nele estão os seres espirituais (Efésios 6.11,12).

O Diabo tem o governo temporário das regiões celestiais da Terra, isto porque ele é o agente do pecado. Esse entendimento fica mais claro quando lemos o trecho da tentação de Jesus, onde ele oferece ao Senhor os reinos da Terra (Lucas 4:5-7).

Observe que ele oferece a Jesus, poder e autoridade sobre os governos do mundo, tudo isso em troca de adoração. Ou seja, se Jesus-Homem se submetesse a toda a forma de pecado, idolatria e iniquidade, conforme Satanás propôs, ele seria bem-sucedido na Terra, na visão natural que governa o mundo.

Isto não significa que todas as pessoas bem-sucedidas da Terra fizeram aliança com o Diabo para alcançar a prosperidade, no entanto, sabemos que esse é um caminho.

Inimigos dos Filhos de Deus

Como servos de Deus precisamos estar vigilantes em oração, pois Satanás está a todo momento buscando uma oportunidade para nos causar dano e iniciar grande destruição em nossas vidas (1 Pedro 5:8).

O termo grego para “sóbrios”, utilizado em 1 Pedro 5:8, é nepho, e indica sobriedade física, como uma menta sã, limpa, sem a influência de drogas ou bebidas alcoólicas.

Sendo assim, precisamos evitar todo o entorpecimento do pecado e prazer da carne, de forma que a nossa sensibilidade espiritual não seja afetada e possamos compreender o que agrada e o que não agrada a Deus.

Inimigo do Povo de Deus

O Diabo é ferrenho adversário de Deus e do seu povo. Tudo o que promover oposição a santidade do Senhor é orquestrado por ele (Mateus 13:38,39).

Não é sábio dizer que o Diabo é um “grande adversário”, prefiro concordar com o sábio Martinho Lutero: “Satanás é um cachorro na coleira de Deus”.

Tenho esta convicção porque ele não pode ir além daquilo que o Senhor Deus lhe permite, vemos isso claramente na vida de Jó (Jó 1:12).

Observe que mesmo tendo promovido grande destruição na vida de Jó, ele não pode ultrapassar os limites impostos pelo Soberano de toda a Terra.

Deus Jeová é o Senhor de todas as coisas e Onipotente sobre tudo. Nem mesmo Satanás e os seus demônios fogem a esse controle. Além disso, podemos conferir nas Escrituras que o Senhor não precisa de muito para detê-lo. 

Apenas um anjo de Deus o aprisionou, não foi necessário um exército, força tarefa celestial, ou mesmo um plano bem articulado. APENAS UM ANJO DE DEUS, foi capaz de detê-lo (Apocalipse 20:1,2).

Sendo assim, não precisamos ter medo de Satanás, apenas estar atento às suas obras e movimentos. Devemos fazer como aconselhou o apóstolo Paulo, não devemos ignorá-lo (2 Coríntios 2:11).

Ou seja, mesmo não tendo medo do Diabo, não podemos ignorar sua maldade e corrupção. Tratá-lo como se ele não existisse é um grande erro. Pois baixamos a guarda e não vigiamos em oração constante.

Para derrotá-lo é preciso leitura regular da Bíblia, oração diária, cultos domésticos, congregar em uma Igreja sadia, e desenvolver boa intimidade com Deus.

Será Atormentado Eternamente

Por fim, o Diabo ou Satanás, será derrotado definitivamente após a segunda volta de Jesus Cristo. Junto com ele, o pecado, seus agentes e toda forma de maldade. Ele será lançado no lago de fogo e enxofre e sofrerá eternamente a punição dos seus pecados (Apocalipse 20:9,10).

Com a derrota de Satanás, a nova era celestial da humanidade não sofrerá mais a influência do pecado, pois a tentação será derrotada para sempre.

O episódio do Éden não se repetirá, pois a revelação do fruto do conhecimento do bem e do mal, já foi feita e as consequências vividas por todos nós.

Tudo o que se referia a pecado e maldade foi conhecido, a morte e ressurreição de Jesus Cristo refez o plano original e com isso, a nova era será perfeita para sempre.

Conclusão

O Diabo ou Satanás ou Lúcifer, é o agente do pecado e promotor da maldade e do caos. Inimigo de Deus, seu grande objetivo é cegar o entendimento dos seres humanos com mentiras, enganos, entretenimentos, enfim.

O cuidado que precisamos ter é o de não superestimá-lo ou subestimá-lo. No primeiro caso, damos a ele valor e autoridade que não possui, temendo-o ou receosos com relação a sua participação em nossa vida.

No segundo caso, não estamos “nem aí” para seus movimentos. Com isso, não dedicamos tempo a leitura da bíblia, oração e santificação. Permitindo ativação de suas obras e influência em nossa vida e nossas famílias.

Por fim, se estivermos firmados em Cristo Jesus não precisamos ter medo do Diabo. O Sangue de Jesus e o Espírito Santo nos guardam de todo o ódio e frustram os planos que ele tem intentando contra nossas vidas.

Para encerrar eu gostaria de conhecer a sua o seu pensamento sobre o assunto. Deixe seu comentário, diga-me o que achou deste estudo bíblico.

Além disso, compartilhe-o com o maior número possível de pessoas. Conhecer bem o nosso adversário é o melhor caminho pra derrotá-lo.

Deus abençoe!

27 COMENTÁRIOS

  1. ANTES DE MAIS NADA, PARABÉNS, ESTUDO EDIFICANTE.
    ENTRETANTO , QUANDO POSSÍVEL SUA RESPOSTA, GOSTARIA DE SABER SUA VISÃO ACERCA DE NÃO PODER “O ADVERSÁRIO” TOCAR NA VIDA DE JÓ, MAS SIM DE SEUS FILHOS QUE DE FATO MORRERAM! NO ESTUDO ACIMA PUDE PERCEBER A ALUSÃO A ESSE PODER DO INIMIGO.
    PERDOE-ME A FALTA DE CONHECIMENTO SUFICIENTE, OU ESFORÇO NECESSÁRIO PARA COMPREENDER ESSA ACEPÇÃO: “ESSE PODE MORRER, ESSE OUTRO NÃO”; AFINAL, ERAM ALMAS! ATÉ MESMO ABRAÃO FORA IMPEDIDO DE SACRIFICAR O SEU ÚNICO FILHO, NO ÚLTIMO MOMENTO, PROVANDO ASSIM A SUA FÉ NO CRIADOR; PORQUÊ ENTÃO PERMITIRIA O PODER DA MORTE NAS MÃOS DO MALIGNO PARA QUE ASSIM FOSSE PROVADA A FÉ DE JÓ? SÃO MUITOS OS QUE PREFEREM DIZER: “MISTÉRIO DE DEUS”, QUE PARA MIM SOA ASSIM: “CONFUSÃO, DÚVIDA”, SENDO QUE O ETERNO NÃO É DE CONFUSÃO, NEM DEIXA OS SEUS CONFUNDIDOS, E QUE NELE NÃO HÁ SOMBRA DE VARIAÇÃO.
    SE POSSÍVEL, CLAREIE MEU ENTENDIMENTO.

    QUE O NOME SOBRE TODOS OS NOMES SEJA EXALTADO EM SUA VIDA!!!

    • Entendo Alexandre!

      Há alguns detalhes importantes no caso de Jó. Lembre-se que a alma dos filhos dele, eram almas salvas, ou seja, mesmo morrendo eles estavam com Deus. Isso fica claro, quando a Escritura nos diz que Jó oferecia sacrifícios e intercessão contínua por seus filhos.

      Segundo, todos iremos morrer. A morte não deve nos espantar, ela faz parte da vida. Na nova aliança, principalmente, pois Cristo a derrotou na Cruz.

      Terceiro, realmente devemos lembrar da Soberania de Deus. Ele é Deus, e faz o que quer. A mente do Senhor não funciona como a nossa, a perspectiva dele sobre a morte é diferente. Sobre isso, o Senhor Jesus disse: “Ele não é Deus de mortos, mas de vivos, pois para ele todos vivem”. (Lucas 20:38)

      Quando nos olha, Ele não diferencia “vivo e morto”, apenas nós fazemos isso. Mas como Deus é espírito, o que Ele enxerga é diferença de estados: Condenado ou Salvo.

      Espero que tenha podido lhe ajudar a esclarecer, de qualquer forma, eu oro para que o Senhor lhe responda esta questão. Pois de fato, Ele não é de confusão.

  2. QUE MARAVILHOSO ESTE ESTUDO ABRIU A MINHA MENTE ACERCA QUE SATANAZ NAO ERA O MONISTRO DE LOUVOR E SIM GUARDA DOS PORTOES CELESTIAIS-OH GLORIA DEPOIS DE 20 ANOS DE CAMINHADA FOI REVELADO ATRAVEZ DO SERVO DE DEUS ESTE ESTUDO PROFUNDO E MUITO PODEROSO PARA OS DIAS ATUAIS-SECULO XXI-QUE DEUS VOS ABENÇOE E PREPARE MAIS ESTUDOS EDIFICANTES E ESPIRITUAIS PARA PARA O CRESCIMENTO DA IGREJA DE JEUS CRISTO-ATENÇIOSAMENTE-PASTOR EMERSON FRANÇA-MOSSORO-RN-BRASIL- DEUS E FIEL-

  3. Obrigada pela sua dedicação em preparar esses estudos.É muito bom conhecer mais da palavra do Senhor,pois assim nos armaremos contra as ciladas do inimigo e passamos a discernir o que agrada ou desagrada a Deus. Deus continue lhe abençoando e dando sabedoria.

  4. BASTANTE ESCLARECEDOR E REFORÇA ALGUMAS CONVICÇÕES JÁ EXISTENTES, FICO GRATO E O ETERNO DE ISRAEL O PROSPERE NESTA CAMINHADA, ABRINDO ASSIM A SUA MENTE, COM O FIM DE TAMBÉM AJUDAR AS DEMAIS PESSOAS.
    DEUS O ABENÇOE

  5. Com esses estudos estou aprendendo muito da palavra, sou grato a Deus pela sua vida e continue nos ensinando a ser cada vez mais um seguidor de Jesus cristo que Deus lhe abençoe por toda sua vida. Amém

  6. A paz do Senhor boa noite irmão,

    Gostei muito dos estudos escritos nesse site, Deus abençoe sua vida que continue prosperando seu ministério de Mestre

  7. Se sua intenção é buscar o maior número de pessoas possíveis, eu posso dizer com toda certeza que o senhor através de seus estudos conseguiu a minha atenção. Está sendo importante pra mim sua clareza. Deus abençoe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here