Estudos Bíblicos Diego Nascimento

Estudo Bíblico Sobre a Armadura de Deus e Seus 7 Significados

A armadura de Deus é composta por elementos espirituais fundamentais para uma caminhada cristã saudável e frutífera. Não é à toa que Paulo recomendou a Igreja de Eféso, que em meio as suas lutas e dores eles deviam estar preparados.

Assim como eles, precisamos nos revestir de toda a graça de Deus e de todo conselho espiritual. Os dias são maus e não são poucas as lutas e dificuldades que enfrentamos para manter a nossa fé.

Por isso, neste estudo bíblico sobre a armadura de Deus, eu quero ver com você de maneira detalhada, tudo o que precisamos fazer para ser vencedores nas diversas batalhas espirituais da vida.

Portanto, leia até o final e divirta-se!

A Armadura de Deus e a Batalha Espiritual

Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder. Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo, pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. (Efésios 6:10-12)

A armadura de Deus tem papel fundamental na batalha espiritual. Com ela, estamos protegidos dos mais diversos tipos de ataques do Diabo e de seus agentes.

Depois de aconselhar os Efésios sobre diversos assuntos, o apóstolo Paulo utiliza uma expressão que não podemos deixar passar: “Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder”.

Por último, Paulo quer que eles não percam de vista alguns aspectos fundamentais da batalha espiritual que cerca o cristão.

Por isso ele diz, “fortaleçam-se”. Esta palavra no original grego é endunamoo e significa: ser forte, revestir-se com força, fortalecer, receber força, ser fortalecido, crescer em força. (Concordância de Strong)

Ou seja, devemos nos REVESTIR COM FORÇA do poder de Deus. Devemos estar abertos a direção do Espírito Santo para que as habilidades, ou os dons espirituais se manifestem em nossas vidas de maneira contundente.

O Verdadeiro Inimigo

De acordo com Paulo, só poderemos permanecer firmes diante dos ataques do Diabo, se estivermos revestidos da armadura de Deus. “Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo”.

Além disso, há aqui uma poderosa revelação para a carreira cristã: “pois a nossa luta não é contra pessoas…”

A história da Igreja nos mostra que desde o início e pelo decorrer dos séculos, os cristãos sinceros são severamente perseguidos e maltratados das mais diversas maneiras.

Contudo, diante de tamanhas dificuldades não encontramos estas pessoas com rancor, ódio, ressentimento. Algo completamente atípico a realidade mundana e humana.

O grande segredo é revelado aqui por Paulo. A nossa luta não é contra as pessoas, mas contra Satanás e seus demônios.

Daí, ao ser maltratado, perseguido ou falsamente acusado por alguém, o cristão sincero sabe que todo aquele mal tem uma origem espiritual e não humana. Por isso, o Senhor Jesus nos exortou a amar ao próximo, mesmo diante de afrontas e maus-tratos.

Como Vestir a Armadura de Deus?

Por isso, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau e permanecer inabaláveis, depois de terem feito tudo. (Efésios 6:13)

A armadura de Deus nos ajuda a resistir as aflições do dia mau. “Mau” aqui é poneros no grego, e significa: cheio de labores, aborrecimentos, fadigas, pressionado e atormentado pelos labores, que traz trabalho árduo, aborrecimentos perigos. (Concordância de Strong)

Ou seja, quando estivermos vivendo dias ou estações em que tudo está sinalizando contrariedade, aborrecimento e dor, precisamos estar revestidos da armadura de Deus para suportar tudo em fidelidade ao Senhor.

O “dia mau” é uma realidade na vida de qualquer ser humano, seja ele cristão ou não, é um resquício do pecado. Na vida de cada um de nós ele se manifesta de maneira diferente em intensidade e forma, mas é certo que teremos de enfrentá-lo.

Por isso Paulo diz: “vistam toda a armadura de Deus”. Isso mesmo!

Não apenas as partes fáceis, ou as que mais gostamos. Mas toda a armadura de Deus!

No dia do desemprego, da escassez, da enfermidade, das dores, da contrariedade, da angústia, solidão, enfim. Somente se estivermos revestidos é que conseguiremos vencer.

Continue lendo, pois vamos ver cada um dos aspectos e partes da armadura de Deus.

A Armadura de Deus e o Cinto da Verdade

“Assim, mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade…” (Efésios 6:14)

A primeira parte da armadura de Deus é a verdade. Isto porque a verdade é um aspecto fundamental do caráter do nosso Deus. Como está escrito:

E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará. (João 8:32)

Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. (João 17:17)

Pois nada podemos contra a verdade, mas somente em favor da verdade. (2 Coríntios 13:8)

A tua justiça é eterna, e a tua lei é a verdade. (Salmos 119:142)

Nas tuas mãos entrego o meu espírito; resgata-me, Senhor, Deus da verdade. (Salmos 31:5)

Não lhes escrevo porque não conhecem a verdade, mas porque vocês a conhecem e porque nenhuma mentira procede da verdade. (1 João 2:21)

Na cruz, Jesus se entrega ao Deus da verdade. A Igreja está fundamentada na verdade e este é um fundamento eterno, por isso devemos nos cingir, com o cinto da verdade.

O termo grego que Paulo utiliza para verdade é aletheia e significa: verdade em qualquer assunto ou consideração, que é verdade em coisas relativas a Deus e aos deveres do ser humano, verdade moral e religiosa, a verdade tal como ensinada na religião cristã, com respeito a Deus e a execução de seus propósitos através de Cristo e com respeito aos deveres do homem, opondo-se igualmente as superstições dos gentios e às intervenções dos judeus, e às opiniões e preceitos dos falsos mestres até mesmo entre os cristãos. (Concordância de Strong)

Noutras palavras, a verdade deve estar presente em nossa fé, palavras, atitudes e culto. O nosso proceder deve inspirar nas pessoas a verdade, a ponto de que ao olhar para nós elas enxerguem uma referência nesta área.

No “dia mau” não caia na tentação do engano ou da mentira, mas fale, viva e seja um reflexo da verdade.

A Armadura de Deus e a Couraça da Justiça

“Vestindo a couraça da justiça…” (Efésios 6:14)

A couraça é a parte da armadura que protege o peitoral e as costas, desde o pescoço até o final das costelas. É parte importantíssima da armadura de Deus, visto que um ataque nesta parte do corpo tem muitas chances de ser letal, pois há muitos órgãos importantes nesta região.

Para justiça, Paulo utiliza o termo grego dikaiosune e significa: estado daquele que é como deve ser, justiça, condição aceitável para Deus, integridade, virtude, pureza de vida, pensamento, sentimento e ação corretos.

De acordo com a revelação do Espirito Santo através de Paulo, somente resistiremos firmes no dia mau, se a integridade, pureza e santificação forem presentes em nossa vida.

O cristão sincero não pratica a corrupção. Ele é sincero em seu procedimento e justo em seus negócios. Um bom exemplo disso era Jó: “Era homem íntegro e justo; temia a Deus e evitava o mal”. (Jó 1:1)

Mesmo diante das mais severas adversidades do dia mau, Jó defendeu sua integridade. Ele tinha convicção de que vivia na presença de Deus de maneira obediente e que sua tribulação não era motivo de injustiça de sua parte.

A Armadura de Deus e os Calçados da Paz

“E tendo os pés calçados com a prontidão do evangelho da paz…” (Efésios 6:15)

No dia mau, o cristão sincero deve ser guiado, conduzido, segundo as preciosas instruções do evangelho da paz.

Paz aqui, de acordo com Strong é eirene e significa: ausência da devastação e destruição da guerra, paz entre os indivíduos, concórdia, segurança, prosperidade, felicidade, paz do Messias, o caminho que leva à paz.

Mesmo no dia mau, o cristão sincero não perde sua paz interior, pois ela é fruto de seu relacionamento com Deus. É a paz conquistada por Jesus Cristo no Calvário.

O Senhor Jesus ministrou paz em meio a tribulação de seus apóstolos: Ao cair da tarde daquele primeiro dia da semana, estando os discípulos reunidos a portas trancadas, por medo dos judeus, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “Paz seja com vocês! ” (João 20:19)

O apostolo Paulo fez a seguinte oração pelos Tessalonicenses: O próprio Senhor da paz lhes dê a paz em todo o tempo e de todas as formas. O Senhor seja com todos vocês. (2 Tessalonicenses 3:16)

Servimos ao Deus da paz. Ele é a nossa paz. Quando somos conduzidos por sua Palavra, temos paz mesmo em meio ao caos.

A Armadura de Deus e o Escudo da Fé

Além disso, usem o escudo da fé, com o qual vocês poderão apagar todas as setas inflamadas do Maligno. (Efésios 6:16)

O estabelecimento de uma boa defesa é uma das estratégias de batalha mais antigas da história. Temos um registro disso no livro de Sun Tzu (A Arte da Guerra), um especialista na guerra: A invencibilidade está na defesa (Sun Tzu).

O escudo ao qual o apóstolo Paulo se refere, era o escudo romano. Grande e quadrado, ele cobria praticamente todo o corpo do soldado, dificultando ainda mais a vida do adversário.

Pois, bem é dessa forma que o cristão deve se defender com a fé. A palavra utilizada por Paulo para se referir a ‘fé’ é pistis e significa: a convicção de que Deus existe e é o criador e governador de todas as coisas, o provedor e doador da salvação eterna em Cristo, convicção ou fé forte e benvinda de que Jesus é o Messias, através do qual nós obtemos a salvação eterna no reino de Deus.

No dia mau a fé, ou convicção de que Deus é o governador de todas as coisas e que Jesus é o Messias prometido, nos protegerão de toda confusão maligna e de todas as tentações do mundo temporário em que vivemos.

A fé a qual Paulo se refere, não é a “fé humana”, o pensamento positivo ou a sugestão positiva. Ele se refere a fé salvífica, onde a Soberania de Deus jamais será perturbada em nossas vidas, não importa o quão difíceis as coisas estejam.

A Armadura de Deus e o Capacete da Salvação

Usem o capacete da salvação… (Efésios 6:17)

Uma das partes mais vulneráveis do nosso corpo é a cabeça. Responsável pelo raciocínio, orientação e equilíbrio a cabeça sempre foi, em todos os tempos o primeiro alvo do inimigo em uma batalha.

O Diabo não age de maneira diferente. Ele tenta nos confundir e perturbar com suas astúcias e projetos maliciosos. Um dos campos de batalha mais difíceis de manter a firmeza, em toda a batalha espiritual.

Por isso, Paulo nos aconselha a usar o capacete da salvação. A palavra que ele utiliza no grego para referir-se a salvação é soterion e significa: aquele que salva, que traz salvação, que expressa esta salvação, esperança futura da salvação. (Concordância de Strong)

O pensamento que deve orquestrar a nossa mente é o da salvação em Cristo. Quando toda a confusão e tribulação do Diabo intentarem contra a nossa mente e convicções, ela deve estar protegida com o capacete da salvação.

A Armadura de Deus e a Espada do Espírito

…a espada do Espírito, que é a palavra de Deus. (Efésios 6:17)

O último elemento da armadura de Deus é a espada do Espírito. Ou seja, o instrumento de ataque contra as forças de Satanás é a Palavra de Deus.

Quando ele tentou Jesus no deserto, o Senhor utilizou as Sagradas Escrituras como espada do Espírito para atacá-lo.

Devemos conhecê-la, amá-la e estudá-la diariamente. Fazendo isso, nossos pensamentos estarão cheios dos conselhos santos e nossa vida será dirigida pelas palavras que saem da boca de Deus.

A Armadura de Deus e a Oração

Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos. (Efésios 6:18)

Depois que estivermos completamente revestidos da armadura de Deus, não podemos esquecer de manter e desenvolver o nosso relacionamento com o Senhor. Isso nós fazemos por meio da oração.

E quando devemos orar?

De acordo com o apóstolo Paulo, em todas as ocasiões. A oração nos mantém conectados com o nosso Deus, e podemos nos comunicar com Ele em qualquer lugar.

Conclusão

Revestidos da armadura de Deus e mantendo uma vida de oração sincera e constante, permaneceremos firmes no dia mau, quando somos tentados e provados das mais diversas maneiras.

É possível perceber nas palavras de Paulo, que para nos revestirmos da armadura de Deus devemos ter uma atitude ativa. Ou seja, ela não estará em nós de maneira inusitada.

Precisamos decidir, querer e nos esforçar, para que na hora da batalha estejamos revestidos como um bom soldado de Cristo.

E você, o que achou deste estudo bíblico? Deixe seu comentário. Tem alguma dúvida ou algo a acrescentar? Compartilhe!

Por fim, não esqueça de compartilhar este estudo bíblico com seus parentes e amigos, e não esqueça de INSCREVER-SE NO Canal do Jesus e a Bíblia.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e estudante de Teologia. Seu amor por Jesus e pela Bíblia o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

15 Comentários

  1. SILVIA ALVES disse:

    AMEI O ESTUDO RICO EM CONHECIMENTO.DEUS É FIEL

  2. ZENIR VASCONCELOS disse:

    A PAZ DO SENHOR JESUS
    ESSE ESTUDO É UMA BÊNÇÃO.AMEI E ESTOU EVANGELIZANDO
    muito obrigada pelos estudos da palavra de Deus
    Abraços Fraternos

  3. Vânia disse:

    Foi maravilhoso o estudo de hoje era que eu precisava ouvir

  4. Cleidimar disse:

    Amei o estudo e a importância de saber mais a palavra de Deus.

  5. simao jaco costa disse:

    os estudos foi muito ultil e ricos para meus conhecimentos muito obrigado pelos esdudos que deus abençoe ricamente amem

  6. Cristiano Queiroz da costa disse:

    Muito bom Deus continue abençoando vocês

  7. ISRAEL ROCHA disse:

    MUITO BOM DEUS ABENÇOA

  8. ISRAEL ROCHA disse:

    A PAZ DO SENHOR ESTE ESTUDO FOI MUITO BOM ,E CADA VEZ MAIS NOIS APREDEMOS,GOSTEI MUITO DEUS ABENÇOA

  9. Obrigado que Deus os abençoe grandemente me ajudou muito!

  10. Francilina da Silva Mourão disse:

    Este estudo. Me traze muitos conhecimentos estou cada dia mais revestida e capacitada para compartilha com minhas irmãs na fé louvando seja Deus. Sou grata a vocês que tem essa preocupação de nós dar esse estudo Bíblico obrigada

  11. Elias disse:

    Maravilhoso estudo,às vezes desanimados, não buscamos a leitura da palavra, mas está ferramenta de estudo possuí uma formatação atrativa ao leitor exporadico, parabéns pelo estudo, gostei muito!

  12. Taynara Filomena Lucio-Joinville-SC disse:

    Eu queria agradecer pelo estudo , e descrever retificar a parte que vc fala da ultima armadura, sem constranger vc, mas la tem uma frase escrita assim: ….Depois que estivermos completamente revestidos da armadura de Deus, podemos esquecer de manter e desenvolver o nosso relacionamento com o Senhor. (NÃO)* , era isso que queria falar e obrigada que Deus te abençoe muito!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});