O espinho na carne mencionado em 2 Coríntios 12.7, pelo apóstolo Paulo é com certeza um dos grandes mistérios do cristianismo. Isso ocorre, pelo fato de não ficar claro sobre qual problema o apóstolo está se referindo.

De qualquer forma, há muitas e importantes lições que podem ser tiradas deste texto. Neste estudo bíblico o meu propósito é lhe apresentar uma análise sucinta do trecho e fazer aplicações preciosas para nossa vida.

Portanto, leia até o final e aproveite a viagem!

O Espinho na Carne

Para impedir que eu me exaltasse por causa da grandeza dessas revelações, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás, para me atormentar. (2 Coríntios 12.7)

Este é um dos relatos mais fortes do testemunho de Paulo. Para impedir que o seu servo caísse em tentação, ou se tornasse soberbo por causa de tudo aquilo que ele lhe falava e fazia através de seu ministério, Deus permitiu que Satanás, tocasse em Paulo, de alguma maneira.

Há muitas suposições sobre o que poderia ser este espinho na carne. Tanto no âmbito natural, físico, como no âmbito mental. Confira a lista.

Tribulações mentais:

1. O desespero

2. O desânimo

3. A dúvida

4. A falta de confiança

5. As tentações

6. Os desejos sensuais

Tribulações físicas:

1. Perseguições

2. Defeitos na aparência pessoal

3. Malária

4. Dores de cabeça tipo enxaqueca

5. A epilepsia

6. Dores de ouvido

7. Inflamação no olho

A maioria dos estudiosos estão inclinados a concordar que este espinho na carne de Paulo, fosse provavelmente de uma inflamação nos olhos ou algo na visão. Isto ocorre devido as declarações do apóstolo aos Gálatas:

“E vós sabeis que primeiro vos anunciei o evangelho estando em fraqueza da carne; E não rejeitastes, nem desprezastes isso que era uma tentação na minha carne, antes me recebestes como um anjo de Deus, como Jesus Cristo mesmo.

Qual é, logo, a vossa bem-aventurança? Porque vos dou testemunho de que, se possível fora, arrancaríeis os vossos olhos, e mos daríeis”. (Gálatas 4.13 – 15)

Observe o que ele diz posteriormente:

“Vede com que grandes letras vos escrevi por minha mão”. (Gálatas 6.11)

A hipótese de que o espinho na carne a qual Paulo se refere, fosse algo psicológico ou espiritual, surgiu após a Reforma Protestante, no entanto é pouco provável que seja de fato o que tenha acontecido.

Isto ocorre, porque o apóstolo ao se referir a “espinho na carne” usa a expressão grega skolops sarx, e ela faz toda a diferença.

  1. Skolops ou espinho, de acordo com a concordância de Strong significa: pedaço pontiagudo de madeira, estaca, estaca afiada, farpa.
  2. Sarx ou carne, de acordo com Strong, significa: carne (substância terna do corpo vivo, que cobre os ossos e é permeada com sangue) tanto de seres humanos como de animais, corpo.

Ou seja, o texto original não faz referência a uma tribulação mental, mas sim a um espinho na carne, literalmente. Isto é, o problema de Paulo era físico.

O Espinho na Carne e o Mensageiro de Satanás

Não se sabe ao certo sobre o que Paulo está falando. Se era uma referência a alguém, ou seja uma pessoa ou ser que o atormentava com espancamento. Ou se era uma referência a algum ser espiritual que o afligia, com acusações e tormentos.

O que devemos ter em mente é o contexto geral do texto e a permissão de Deus para essa atuação diabólica. Porque de fato, o Diabo não tem poder para tocar nos servos fieis de Deus, a não ser que o Senhor permita.

Roguei ao Senhor

Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim. (2 Coríntios 12.8)

Como servos de Deus temos a dificuldade de muitas vezes aceitar o fato de embora tão amoroso e compassivo, o Senhor permitir que na vida, tenhamos experiências tão difíceis e dolorosas.

Paulo relata que orou a Deus três vezes, sobre este assunto. Para alguém como ele – que tinha revelações incomparáveis – era muito. De qualquer forma, o espinho na carne nos leva a clamar ao Senhor. É um meio de aproximação de relacionamento com Deus, embora doloroso, é eficaz.

É preciso estar atento a natureza da tribulação do apóstolo. Não era por motivo de pecado, negligência, irresponsabilidade, ou coisas do tipo. O espinho na carne de Paulo, era motivado pela intervenção divina. Mesmo tendo Satanás como um dos agentes, o plano era de Deus.

Isso explica, porque muitos cristãos fiéis e dedicados sofrem. Assim como Jó, Paulo e tantos outros, eles estão vivendo um momento de particularidade com Deus. De qualquer forma, precisamos permanecer orando. Pedindo ao nosso Deus que nos fortaleça, guarde e console.

A Graça é o Suficiente

Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim.

Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte. (2 Coríntios 12.9,10)

Esse trecho bíblico é formidável. Aqui eu gostaria de destacar as palavras: “o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Vamos analisar o texto grego, original.

De acordo com a concordância de Strong, ‘poder’ aqui é dunamis e significa: poder para realizar milagres, poder moral e excelência de alma.

A palavra ‘aperfeiçoa’ é teleioo e significa: tornar perfeito, completar, executar completamente, efetuar, finalizar, levar até o fim, acrescentar o que ainda está faltando a fim de tornar-se algo completo.

E por fim, ‘fraqueza’ que é astheneia e significa: falta de força, fraqueza, debilidade do corpo, saúde debilitada ou enfermidade da alma.

Noutras palavras, o Senhor Deus está dizendo a Paulo, – “Eu quero melhorar você para que o meu poder de milagres seja mais recorrente, intenso e constante em sua vida. E eu faço isso, enquanto você está debilitado e frágil”.

Fraco e Forte

Essas palavras geraram em Paulo conforto e esperança. O apóstolo entende o propósito e se alegra com a situação de sofrimento. Por isso, suas palavras seguintes são:

“Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte”.

Esse testemunho nos dá esperança e conforto. Sofrer por amor Cristo, é algo nobre e de muito proveito. Muitas pessoas estão sofrendo por causa do pecado, dos vícios e de suas próprias cobiças.

Mas sofrer por Cristo tem um valor eterno e produz glória para Deus. Além disso, muitas pessoas se arrependem e se voltam para o Senhor, por causa do testemunho de servos fiéis.

Conclusão

O espinho na carne de Paulo em termos gerais é uma incógnita. Mas talvez tenha sido algo que o Espírito Santo fez de propósito. Talvez seu objetivo seja o de não criar um padrão. Cada um de nós temos diversas dificuldades, o “espinho na carne” que temos de suportar no dia-a-dia, na vida.

A experiência do apóstolo deve servir de inspiração e força. A nossa fé pode confiar no Senhor, no fato de que ele está atento aos nossos sofrimentos e está nos aperfeiçoando durante o processo.

Eu oro, com o objetivo de que assim como Paulo foi aperfeiçoado na fraqueza nós sejamos igualmente, de forma que o poder seja evidência em nossas vidas.

Por fim, eu gostaria de conhecer a sua opinião. Deixe seu comentário, sua opinião, eu gostaria de saber o que você tem a dizer. Não esqueça de compartilhar este estudo bíblico com o maior número possível de pessoas.

Deus abençoe!

22 COMENTÁRIOS

  1. Glórias ao altíssimo porque a nossa fé pode confiar no Senhor!!!!!! Que através dos sofrimentos pelos quais passamos possamos permitir que Deus nos aperfeiçoe para que A Sua Glória seja vista em nós.

  2. Tenho aprendido muito pelo pouco tempo que me inscrevi neste estudo bíblico já aprendi muita coisa,as vezes passo horas e horas lendo,a minha vontade é ler todos os artigos não dá mas sempre leio alguma coisa, que Deus te abençoe irmão,a paz do senhor Jesus.

  3. Bom dia. Venho aqui neste dia. Escreve minhas sinceras satisfação pelo estudo por vcs gostaria de agradecer pq nus ajuda e mto nos q estamos começando e mto importante te um estudo deve nível tudo bem explicado mto bom mesmo Deus abençoe vcs

  4. A Paz do Senhor,
    Sempre estou lendo a biblia e vemos nas pregações dos pastores como Deus usa seus servos e busca ver em nos como nos portamos diante de determinadas situações, amo ver como somos preservados pela mão poderosa deste DEUS. E como nos ensina no dia a dia, no momento estou sendo afligida pelos meus familiares, mas em momento algum me separo deste DEUS verdadeiro. orem para que nossas experiencias fortaleça a nossa FÉ.
    ABRAÇOS

  5. A paz do senhor , hoje eu compreendi o porque q Deus permitiu q algumas tribulações viesse sobre minha vida , gostei muito do estudo q Deus possa continuar usando vcs pra ajudar mais pessoas .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here