Estudos Bíblicos

Estudo Bíblico Sobre Oração: Oração Forte em 9 Pontos

A oração é o caminho de Deus para falarmos a linguagem do céu. Não preciso ser sábio, eloquente ou ter muitos títulos. Para orar a Deus, sobretudo é preciso ter fé.

Embora a oração não seja carregada de muitas complicações, para ser eficaz, ela precisa ser baseada na Palavra de Deus.

Por isso, neste estudo bíblico sobre a oração, veremos:

Oração Evangélica

“E quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros. Eu lhes asseguro que eles já receberam sua plena recompensa.

Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará.

E quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos.

Não sejam iguais a eles, porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem. (Mateus 6:5-8)

Ninguém melhor para nos ensinar sobre oração do que o Senhor Jesus Cristo. Ele enquanto esteve na Terra, deu grande exemplo de como orar e fazer disso uma prática diária, como está escrito:

“E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava”. (Marcos 1:35)

Embora possuísse uma vida ministerial extremamente agitada, Jesus Cristo não abria mão de orar diariamente.

Em seus ensinamentos Ele também falou sobre o tema. E percebemos rapidamente, que para Jesus a oração não é um momento de exibição, mas de relacionamento com Deus.

Os fariseus tinham o costume de ficar orando nas praças, para que quem passasse os visse. O objetivo era mostrar ao povo comum o quanto eles eram “santos”.

Jesus Cristo reprova esta atitude. Por isso Ele ensina: “Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará”.

Quando estamos orando, temos a oportunidades de conhecer mais a Deus e ser mais sensíveis a Sua maravilhosa voz. Ali também, podemos descarregar os fardos que nos incomodam e afligem nossa alma.

Perceba que Jesus destaca a importância de ser feito em secreto, ou seja, é algo íntimo, vivo, puro e duradouro. É algo real.

Embora a oração seja necessária na vida do cristão, ela não pode se tornar mera religiosidade. O Senhor Jesus diz:

“E quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos”.

Não devemos ser repetitivos. O que quero dizer é, não devemos apresentar orações decoradas, mantras, rezas.

Através dela, nós conversamos com Deus, não tentamos hipnotizá-lo com palavras repetidas. A repetição na oração é uma prática muito antiga.

Mais comum entre os idólatras, ela vem acompanhando as religiões desde o mundo antigo. Tornou-se popular na Igreja Cristã, após a conversão de Constantino e o surgimento da Igreja Católica.

Jesus Cristo é enfático: “Não sejam iguais a eles, porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem”.

Ou seja, a oração não revela a Deus o que pensamos, isto ele já sabe. Nela, confessamos a Deus o quanto Ele é grande e o quanto nós dependemos Dele.

Oração do Pai Nosso      

Vocês, orem assim: ‘Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia.

Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém’. (Mateus 6:9-13)

Um dos maiores exemplos de vãs repetições dos nossos dias é a oração do pai nosso. Ela nasceu do pedido dos discípulos de Jesus: “Senhor, ensina-nos a orar, como João ensinou aos discípulos dele”. (Lucas 11:1)

Ao ouvir isso, Jesus Cristo prontamente lhes ensinou a oração do Pai nosso. Mas será que devemos repeti-la? Qual o seu real sentido? Por que os discípulos não a repetiram em Atos 4.24 – 31?

É muito importante que tenhamos em mente que ela é um modelo. Nela, o Senhor Jesus aborda vários princípios espirituais que devem conter em uma oração eficaz.

Naturalmente nós, humanos, não sabemos orar, como está escrito: “Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis”.

“E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus”. (Romanos 8:26,27)

A oração do Pai nosso é uma referência ministrada pelo próprio Jesus para que tenhamos um vislumbre do que agrada a Deus.

Para saber mais sore este assunto, leia o Estudo Bíblico Sobre a Oração do Pai Nosso. Nele eu abordo o assunto de maneira mais ampla.

Oração do Dia 

Ó Deus, ouve a minha oração, inclina os teus ouvidos às palavras da minha boca. (Salmos 54:2)

A oração do dia pode definir o rumo da nossa rotina. Se teremos um dia-a-dia proveitoso ou não, isto dependerá de quanto tempo dedicamos a orar por ele.

Muitas pessoas odeiam sua rotina. Acham chata, repetitiva, improdutiva, sem perspectiva, ou seja, uma visão pessimista se apodera delas.

No corre-corre da vida, muitos cristãos acordam, ligam a TV, acordam os filhos, tomam café e começam o dia. Não há um momento para orar, nem leitura da Palavra de Deus.

É muito importante que comecemos o dia com um ambiente favorável. Isto não ocorre naturalmente, precisamos criá-lo. Somos os responsáveis por isso.

Se não desenvolvermos a prática da oração do dia, perderemos muito da manifestação do poder e da direção de Deus para nossa vida.

Para saber mais sobre este assunto, leia o Estudo Bíblico Sobre a Oração do Dia. Nele, eu abordo o assunto de uma maneira mais ampla.

Oração da Manhã

Pela manhã ouvirás a minha voz, ó Senhor; pela manhã apresentarei a ti a minha oração, e vigiarei. (Salmos 5:3)

A atitude do salmista no começo do seu dia, deve ser uma inspiração para nós. Ele diz ao Senhor Deus que pela manhã, o Senhor o ouvirá. Ouvirá a sua voz.

Sua atitude na oração da manhã, é contar para Deus toda a sua demanda. Tudo o que ele precisa fazer, desenvolver, enfrentar, enfim. O primeiro compromisso do salmista pela manhã é a oração.

Ao fazer isso, começamos o dia de maneira leve, confiante e com muito mais energia. Ou seja, a possibilidade de um dia mais prazeroso é muito maior.

Oração da Noite

E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus. (Lucas 6:12)

A oração da noite nos ajuda a conversar com Deus sobre o que deu certo e o que aparentemente não deu.

Podemos ser gratos pelas respostas de oração, que ocorreram durante o dia e refletir sobre os nossos erros e acertos.

Além disso, é uma oportunidade de suplicar por uma boa noite de descanso, pedir proteção sobre nossa família e orar pelas nações.

O Senhor Jesus Cristo que orava constantemente, fez muitas orações a noite, sendo a mais conhecida delas a do Getsêmani.

Orações Fortes

E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos. (1 João 5:14,15)

Orações fortes são fruto de uma vida de oração diária, ativa e frutífera. À medida que nos dedicamos, passamos a ter a sensibilidade para perceber aquilo que agrada a Deus. Com isso, nossas orações se tornam cada vez mais eficazes.

O apóstolo João nos mostra que isso é grande motivo de confiança. “Se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve”.

É com certeza um grande privilégio, orar e ser ouvido pelo Deus Todo-Poderoso. João nos mostra que se “sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos”.

Podemos orar com confiança. Não precisamos ter medo, ficar receosos. Deus é o nosso pai bondoso, e tem prazer em cuidar de nós.

Para saber mais sobre este assunto, leia o Estudo Bíblico Sobre Orações Fortes. Nele, eu abordo o assunto de uma maneira mais ampla.

Oração de Cura

E a oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará. E se houver cometido pecados, ele será perdoado. (Tiago 5:15)

A oração de cura, antes de mais nada, deve ser carregada de fé. A dúvida, desconfiança ou qualquer outro sentimento que roube a segurança em Deus, são como uma erva daninha.

Muitos cristãos se frustram neste ponto, assim como os apóstolos que não conseguiram curar o menino que era oprimido pelo Diabo (Mateus 17.16).

O Senhor fica irritado com os discípulos e atribui a ausência do milagre, a incredulidade deles.

Pois bem, o grande princípio da oração de cura é: fé e perseverança. “oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará”.

Sendo assim, quando for orar pelo enfermo, faça isso com confiança. Não há porque temer ou hesitar, o Senhor permanece o mesmo e continua operando milagres (Ver Estudo Bíblico Sobre Milagres de Jesus).

Para saber mais sobre isso leia o Estudo Bíblico Sobre a Oração de Cura. Nele eu abordo o assunto de maneira mais ampla.

Oração do Perdão

Tem misericórdia de mim, ó Deus, por teu amor; por tua grande compaixão apaga as minhas transgressões. Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado.Pois eu mesmo reconheço as minhas transgressões, e o meu pecado sempre me persegue. (Salmos 51:1-3)

A oração do perdão é uma grande oportunidade de recomeço. Como humanos, cometemos muitos erros. Somos extremamente vulneráveis a tentação e o pecado.

Com isso, não é incomum que em nosso relacionamento com Deus tenhamos que pedir perdão ao Senhor, várias vezes.

Com ela temos a oportunidade de confessar nossos pecados, nos humilhar e receber o perdão e a graça de Deus.

É necessário que ela seja feita com sinceridade. Não adianta justificativas ou procurar culpados, como fez Adão. O grande segredo é o quebrantamento e o arrependimento.

Para saber mais sobre isso leia o Estudo Bíblico Sobre a Oração do Perdão. Nele eu abordo o tema de maneira mais ampla.

Oração da Serenidade

Responderá à oração dos desamparados; as suas súplicas não desprezará. (Salmos 102:17)

Devido ao grande número de calamidades e opressões deste mundo, há uma grande quantidade de pessoas afligidas pelo estresse, preocupação e inquietação.

Embora seja essa a nossa realidade, não precisamos viver sem paz. O Salmista testemunha que o Senhor Deus responde a oração dos desamparados. Responde aos seus filhos que se sentem fragilizados pela tormenta e sem paz.

A oração da serenidade nos ajuda a buscar, em Deus, a tranquilidade que precisamos. Orando constantemente é possível suportar as diversas aflições deste mundo sem perder a calma.

Eu encorajo você a não se desesperar. Tenha em mente que oração é uma estrada. Há um caminho a ser trilhado. À medida que você avança, descobertas fantásticas lhe surpreendem.

O Poder da Oração e a Perseverança

Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta. “Qual de vocês, se seu filho pedir pão, lhe dará uma pedra?

Ou se pedir peixe, lhe dará uma cobra?

Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos céus, dará coisas boas aos que lhe pedirem! (Mateus 7:7-11)

O que muitos cristãos não percebem, é que na vida de oração, perseverar é fundamental. A questão da persistência e o fator de participação humana é, por muitas vezes, desprezado.

Jesus Cristo nos ensina que pedir não é suficiente. Ou seja, começamos pedindo, mas não pára por aí. É necessário buscar.

O termo buscar no grego é zeteo e significa: procurar a fim de encontrar, procurar (para descobrir) pelo pensamento, meditação, raciocínio; investigar. Pedir enfaticamente, exigir algo de alguém.

Perceba que é muito mais do que pedir. Há um esforço e uma dedicação humana envolvidas. Há uma reflexão profunda à procura de caminhos para a resposta à oração.

Por fim, Jesus Cristo diz: batam, e a porta lhes será aberta. Na maioria das vezes aquilo que buscamos em oração está fora do nosso alcance.

É preciso chamar a existência coisas que não são reais, ainda. Daí o Senhor dizer que é preciso bater. Enquanto oramos estamos buscando algo que está trancado, indisponível.

Bater aqui, significa insistir persistentemente. Incomodar. É como se alguém estivesse tocando na campainha, insistentemente e só parasse quando você abre a porta.

Jesus garante que quem pede, busca e bate – seguindo este raciocínio e fé – não deixará de receber resposta.

O poder da oração está em nossa capacidade de crer e perseverar, mesmo quando todas as circunstâncias ao redor nos dizem que não há solução.

Se formos capazes de crer o suficiente no nosso Deus, vamos testemunhar constantemente o poder de Deus.

Para saber mais sobre isso, leia o Estudo Bíblico Sobre o Poder da Oração. Nele eu abordo o assunto de maneira mais ampla.

Conclusão

Orar é um maravilhoso caminho aberto para Deus. Quando o fazemos em Nome de Jesus, conversamos abertamente com Ele, sobre qualquer assunto.

Jesus Cristo garante que a oração da fé, feita em seu nome, será ouvida pelo céu e obterá o favor do Senhor.

Posso dizer com certeza, que orar é uma prática extremamente prazerosa e proveitosa. Quando entendemos o quanto ela é eficaz, paramos de andar ansiosos e inquietos.

Ao invés disso, colocamos tudo diante do trono de Deus e confiamos no Senhor que tudo se resolverá.

Pois bem, o que você gostaria de acrescentar ao assunto. Deixe seu comentário, compartilhe seu pensamento com o mundo.

Além disso, compartilhe este estudo bíblico com o maior número possível de pessoas e não esqueça de INSCREVER-SE NO NOSSO CANAL.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Adilson Oliveira disse:

    Bom dia a todos, gostei muito desse estudo, são palavras que nós ja sabemos mais por certo momentos fogem da nossa cabeça quando estamos fragilizado por certas situações. Obrigado, estou começando de novo minha vida em oração, Deus abençoe pelo estudo

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.