Estudos Bíblicos

Estudo Bíblico Sobre Salvação: A Salvação Eterna

A salvação eterna ou a salvação da alma, é um grande presente de Deus para a humanidade. A nossa comunhão original com Deus foi quebrada, no pecado de Adão e Eva.

Desde então conhecemos a morte e necessitamos de redenção e salvação. Ambas nos foram dadas pela vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Neste estudo bíblico sobre salvação veremos:

  • Salvação da Alma
  • Salvação Eterna
  • Salvação Eterna: Como Ser Salvo?
  • Salvação Pela Graça de Deus
  • Salvação é Individual?
  • Salvação e Serviço
  • Salvação Se Perde?

Salvação da Alma

Pois vocês estão alcançando o alvo da sua fé, a salvação das suas almas. (1 Pedro 1:9)

O grande e principal alvo da fé é a salvação da alma. Isto é, primeiro nós devemos receber Jesus Cristo como Senhor e Salvador de nossas vidas para que sejamos livres da condenação eterna.

Muitas pessoas se achegam a Jesus pelos mais diversos motivos: cura da alma, finanças, saúde física, etc.

Não julgo que sejam motivações erradas. Ao longo do ministério de Jesus observamos que muitas pessoas passaram a segui-lo, após serem curadas ou libertas por Ele (Ver Estudo Bíblico Milagres de Jesus).

Contudo, o desenvolvimento da fé nos mostra que o principal objetivo é a salvação da alma, como está escrito em 1 Pedro 1.9.

Antes de qualquer desejo no cristianismo, deve vir a convicção da redenção e do perdão. Enquanto não houver em nós a certeza de que nosso nome está escrito no livro da vida, devemos buscar a Deus e a Sua Palavra de forma que esta convicção será gerada.

 

Salvação Eterna

Mas Israel será salvo pelo Senhor com uma salvação eterna; vocês jamais serão envergonhados ou constrangidos, por toda a eternidade. (Isaías 45:17)

O Senhor Deus não promove uma salvação parcial, mas sim eterna. É uma promessa antiga, já havia sido anunciada através do profeta Isaías, para Israel.

Contudo, nós vivemos os dias em que “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”. (Romanos 10:13)

Pessoas de todas as nações foram enxertadas na videira, isto é, Israel (Romanos 1.16 – 18). Assim, por meio de Jesus Cristo os que creem são herdeiros das promessas de Deus feitas a Israel.

A salvação eterna é uma delas. É um presente que nos foi dado por Deus por intermédio de Jesus Cristo, Ele é o autor de tamanha façanha, como está escrito:

“Tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus”. (Hebreus 12:2)

Jesus na cruz, conquistou para os que creem uma salvação eterna e definitiva, isto é não há mais necessidade de sacrifícios e ofertas. A nossa redenção tem começo e fim, nele.

 

Salvação Eterna: Como Ser Salvo?

Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação.

Como diz a Escritura: “Todo o que nele confia jamais será envergonhado”.

Não há diferença entre judeus e gentios, pois o mesmo Senhor é Senhor de todos e abençoa ricamente todos os que o invocam, porque “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”. (Romanos 10:9-13)

Este texto de Romanos deixa bastante claro o que é preciso fazer para ser salvo:

  1. Confessar com a boca que Jesus é o Senhor da sua vida;
  2. Crê que Ele morreu e ressuscitou dentre os mortos;
  3. Confiar no Senhor

Ou seja, não é complicado. Para a magnitude da decisão, o processo é bastante simples. Além disso, em seus ensinamentos, o Senhor Jesus ordenou aos apóstolos que aqueles que cressem e fossem batizados seriam salvos (Ver Estudo Bíblico Sobre Batismo).

Portanto, se você ainda não se arrependeu, eu lhe convido a neste momento oferecer a Deus uma oração de arrependimento, pedir que Ele seja Senhor e Salvador de sua vida e de hoje em diante confesse publicamente que Jesus Cristo é o Senhor.

 

Salvação Pela Graça de Deus

Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; (Efésios 2:8)

Ao longo da história muitas pessoas questionam se a salvação pode ser alcançada de maneiras “tão simples”.

Sempre está em jogo o procedimento do pecador: bandido, assassino, adúltero, mentiroso, enfim. Os piores seres humanos após um encontro com Jesus Cristo, passam a testemunhar transformação e dizem abertamente: “Estou salvo!”.

Isto é possível? Podemos dizer isso? É possível ter esta certeza?

Pois bem, todas estas perguntas podem ser respondidas com o texto de Efésios 2.8. A salvação é pela graça de Deus.

Isto significa que nenhum de nós por melhor ou pior que seja, é capaz de merecê-la. Apenas a fé deve estar envolvida.

Portanto, se você crê é o suficiente. Contudo, o desenvolvimento da salvação traz consigo inúmeras evidências de transformação.

Como está escrito:

“Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo.

“Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apaziguem a sua ira antes que o sol se ponha, e não deem lugar ao diabo.

O que furtava não furte mais; antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade.

Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem.

Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção.

Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade.

Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo. (Efésios 4:25-32) 

 

Salvação é Individual?

Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus. (Romanos 14:12)

Sim, a salvação é individual. Cada um de nós responderá individualmente a Deus por nossos atos, decisões e palavras. Havia no antigo Israel um provérbio que deixava Deus muito irritado:

“”Que é que vocês querem dizer quando citam este provérbio sobre Israel: ” ‘Os pais comem uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotam’? “Juro pela minha vida, palavra do Soberano Senhor, que vocês não citarão mais esse provérbio em Israel. (Ezequiel 18:2,3)

Pois é, deste dia em diante o Senhor estabeleceu: “Aquele que pecar é que morrerá. O filho não levará a culpa do pai, nem o pai levará a culpa do filho. A justiça do justo lhe será creditada, e a impiedade do ímpio lhe será cobrada. (Ezequiel 18:20)

Antigamente acreditava-se que era possível herdar a justiça ou injustiça dos nossos pais. Caso eles agradassem a Deus a geração seguinte seria abençoada, se não a geração seguinte seria maldita.

Pois bem, a justiça hereditária era algo muito forte em Israel, até que o Senhor encerrou esta dispensação. Com isso, em nossos dias, cada um é “responsável” por sua salvação.

 

Salvação e Serviço

Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos. (Efésios 2:10)

Embora alcancemos a salvação por meio da graça de Deus, precisamos ter em mente que o desenvolvimento, isto é a vivência da salvação deve apresentar algumas características.

Ou seja, ela trás consigo algumas evidências práticas, como por exemplo: o serviço. O Senhor Jesus Cristo durante seu ministério deu bastante ênfase a isto. Como está escrito:

“Vocês me chamam ‘Mestre’ e ‘Senhor’, e com razão, pois eu o sou. Pois bem, se eu, sendo Senhor e Mestre de vocês, lavei-lhes os pés, vocês também devem lavar os pés uns dos outros. Eu lhes dei o exemplo, para que vocês façam como lhes fiz. (João 13:13-15)

Jesus como autor da nossa salvação, exige que nós como salvos desenvolvamos o serviço entre os nossos semelhantes.

Devemos ter prazer em servir, as nossas boas obras são um testemunho de que nós somos salvos, embora elas por si só não possam nos salvar.

A salvação e o serviço estão intimamente ligados, “Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos”.

Sendo assim, aqueles que dizem estar em Jesus Cristo, como salvos, mas em nada servem no Reino de Deus precisam fazer uma séria avaliação de sua confissão.

 

Salvação Se Perde?

Este é um dos maiores debates do cristianismo, e já dura cerca de 1800 anos. Diversos concílios, debates e discussões que envolveram e envolvem grandes homens e mulheres de Deus.

Contudo, não é possível afirmar definitivamente qual lado está completamente com a razão. Embora alguns acreditem que é possível determinar.

Ambos possuem profundos e consistentes argumentos BÍBLICOS, é bom deixar isso bastante claro. Por isso, que é um tema tão complexo.

Porém, mesmo diante de tamanho imbróglio eu tenho uma visão pessoal. E sim, em termos gerais eu acredito que a salvação pode ser perdida. Contudo, eu percebo que há casos específicos de predestinação, como por exemplo Jeremias e João Batista.

Eu acredito no livre arbítrio, por diversos motivos bíblicos, pela minha consciência (“não é bom ir contra a consciência” – Martinho Lutero) e por minhas experiências pessoais com Deus.

No entanto, eu não ouso afirmar que a minha visão é absoluta e eu não sou dono da verdade, eu apenas creio assim.

Mas os meus irmãos que creem na predestinação podem dizer o mesmo que eu e com a mesma segurança. Eu penso, que este é um assunto que só será completamente esclarecido no céu, isto porque conhecemos em parte. Como está escrito em 1 Coríntios 13.12.

Encerro dizendo que o modelo teológico da salvação não é tão importante, mas sim o meio. Isto porque só em Jesus Cristosalvação.

Seja por meio do livre arbítrio ou da predestinação, somente Jesus pode nos salvar.

 

Conclusão

A salvação é com certeza o assunto mais importante do cristianismo. Ela diz respeito ao amor de Deus pela humanidade e a manifestação da Sua graça por meio de Jesus Cristo.

Vimos que somente Jesus Cristo pode nos salvar e é por meio dele que nos achegamos a Deus.

Com isso, eu gostaria de conhecer a sua opinião. Deixe seu comentário, esclarecimento, dúvida, enfim, sua participação é muito importante.

E não esqueça de INSCREVER-SE NO NOSSO CANAL.

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

6 Comentários

  1. zenobia disse:

    Oi Diego, como voce explica o livre-arbitrio , sendo que nascemos espiritualmente mortos por causa da queda de Adao e Eva? Se somos herdeiros do pecado, nao temos como discernir espiritualmente porque o nosso espirito só tem vida em CRISTO,depois que recebemos a graça salvadora pelo Sangue de Jesus derramado na cruz por nós.Penso que somente Adao e Eva puderam ter livre-arbitrio, antes de pecar.

    • Paz Zenobia!

      Há basicamente duas importantes linhas teológicas que o explicam. A que você apresenta, nega a existência do livre arbítrio, com base na suposição de que o ser humano é incapaz de compreender racionalmente a necessidade de arrependimento. Essa é uma teoria muito frágil e de pouca credibilidade entre os estudiosos mais conceituados. O motivo?
      As inúmeras conversões ocorridas após dedicado estudo das Escrituras ou existência de Jesus, cito dois exemplos:

      1. Lucas o médico não-judeu, que escreveu sua versão do Evangelho de Jesus Cristo, com o objetivo de elaborar uma pesquisa;
      2. Lee Strobel ex-ateu que se tornou cristão, após investigar a existência de Jesus. Autor best-seller de títulos como: Defesa de Cristo e em Defesa da Graça (Recomendo a leitura, principalmente do primeiro).

      Observe o que está escrito em

      O que hoje lhes estou ordenando não é difícil fazer, nem está além do seu alcance.Não está lá em cima no céu, de modo que vocês tenham que perguntar: “Quem subirá ao céu para consegui-lo e vir proclamá-lo a nós a fim de que lhe obedeçamos? ” Nem está além do mar, de modo que vocês tenham que perguntar: “Quem atravessará o mar para consegui-lo e, voltando, proclamá-lo a nós a fim de que lhe obedeçamos? “Nada disso. A palavra está bem próxima de vocês; está em sua boca e em seu coração; por isso vocês poderão obedecer-lhe. Vejam que hoje ponho diante de vocês vida e prosperidade, ou morte e destruição”. (Deuteronômio 30:11-15)

      Perceba que o Senhor Deus é bastante enfático com a proximidade da Palavra e a nossa capacidade de compreendê-la. No texto fica claro que não é necessário nenhum ato sobrenatural para que sejamos capazes de entendê-la.

      Portanto, Zenobia dizer que nós somos incapazes de discernir as palavras de Deus antes do arrependimento é precipitado. Para crer assim, é necessário supor muita coisa.

      Contudo, encerro dizendo que este pensamento é fruto da minha experiência com Deus, Sua Palavra e muito tempo de dedicação e estudo. Não sou dono da verdade, e não me sinto ofendido, caso você ou qualquer outra pessoa discorde de mim.

      No que se refere a salvação o único ponto imprescindível é: Crer em Jesus como Senhor e Salvador e confessá-lo publicamente. Se é por meio de predestinação ou livre arbítrio, pouco importa, na minha opinião.

      Agradeço demais sua participação e considero sua pergunta muito boa.

      Deus abençoe!

  2. CAMILA SANTOS disse:

    Sua linguagem simples e bastante esclarecedora tem feito eu ficar por aqui mesmo, rsrsrs. Os estudos e comentários dos textos bíblico tem edificado a minha vida. Parabéns, irmão, e que Deus continue o abençoando!

  3. Pb.Anderson disse:

    gostei muito do estudo e testificou no meu espirito o que o irmão escreveu,muito bom glória a Deus.

  4. José domingos Lins disse:

    Muito bom estudos bíblicos vale apena estuda

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.