marca_final-01

Fariseu – Religiosidade e Maldade

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A história bíblica é cheia de muitos personagens intrigantes. Uns marcam por sua bondade, outros por sua maldade, este era o caso do fariseu. Sempre que aparecem, normalmente, Jesus os repreende.

Mas quem eram os fariseus?

Membro de um dos principais grupos religiosos dos judeus. Os fariseus seguiam rigorosamente a Lei de Moisés e as tradições e os costumes dos antepassados. Acreditavam na ressurreição e na existência de seres celestiais. Os fariseus não se davam com os saduceus. (Sociedade Bíblica do Brasil. (2000). Nova Tradução na Linguagem de Hoje. Sociedade Bíblica do Brasil.)

Mesmo sendo tão religiosos, ninguém no ministério do Filho de Deus foi tão severamente repreendido como o fariseu. O Mestre nos exorta a não seguir seu estilo de vida, mas por quê?

Quero lhe mostrar neste estudo!

Leia até o final e assista ao vídeo, porque ele é determinante para o bom entendimento do assunto.

Dito isto, aperte os cintos e “VAMO!”

5 FATOS Sobre os FARISEUS

1. Se acha superior – Lucas 18:10-14

“Dois homens subiram ao templo para orar; um era fariseu e o outro, publicano.

O fariseu, em pé, orava no íntimo: ‘Deus, eu te agradeço porque não sou como os outros homens: ladrões, corruptos, adúlteros; nem mesmo como este publicano.

Jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho’.

“Mas o publicano ficou à distância. Ele nem ousava olhar para o céu, mas batendo no peito, dizia: ‘Deus, tem misericórdia de mim, que sou pecador’.

“Eu lhes digo que este homem, e não o outro, foi para casa justificado diante de Deus. Pois quem se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado”. (Lucas 18:10-14)

2. Não entende a Jesus – Lucas 7:36-40

Convidado por um dos fariseus para jantar, Jesus foi à casa dele e reclinou-se à mesa.

Ao saber que Jesus estava comendo na casa do fariseu, certa mulher daquela cidade, uma ‘pecadora’, trouxe um frasco de alabastro com perfume,

e se colocou atrás de Jesus, a seus pés. Chorando, começou a molhar-lhe os pés com as suas lágrimas. Depois os enxugou com seus cabelos, beijou-os e os ungiu com o perfume.

Ao ver isso, o fariseu que o havia convidado disse a si mesmo: “Se este homem fosse profeta, saberia quem nele está tocando e que tipo de mulher ela é: uma ‘pecadora’ “.

Respondeu-lhe Jesus: “Simão, tenho algo a lhe dizer”. “Dize, Mestre”, disse ele. (Lucas 7:36-40)

3. Apegados ao que não importa – Lucas 11:37,38

Tendo terminado de falar, um fariseu o convidou para comer com ele. Então Jesus foi, e reclinou-se à mesa;

mas o fariseu, notando que Jesus não se lavara cerimonialmente antes da refeição, ficou surpreso. (Lucas 11:37,38)

4. Hipócritas – Mateus 23:5-7

“Tudo o que fazem é para serem vistos pelos homens. Eles fazem seus filactérios bem largos e as franjas de suas vestes bem longas;

gostam do lugar de honra nos banquetes e dos assentos mais importantes nas sinagogas,

de serem saudados nas praças e de serem chamados ‘rabis’. (Mateus 23:5-7)

5. Perseguiram e mataram Jesus – Mateus 12:14

Então os fariseus saíram e começaram a conspirar sobre como poderiam matar Jesus. (Mateus 12:14)

Conclusão

O fariseu era alguém que se achava um representante direto de Deus, por causa de sua religiosidade e zelo, impraticáveis, falando de maneira honesta.

Precisamos ter muito cuidado, e guardar os princípios ministrados neste estudo, para que não aconteça conosco o mesmo que aconteceu a eles.

Leia também:

Deus revela seu amor na filha de Jairo

Princípios espirituais das Bem-Aventuranças

O que precisamos saber sobre a morte de Jesus?

Pensar que estamos fazendo a vontade de Deus, mas estarmos nos perdendo em hipocrisia, loucura, maldade e religiosidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.

});