marca_final-01

O Poço Revela Quem Somos de VERDADE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Recentemente assisti ao filme “O Poço”, do diretor Galder Gaztelu-Urrutia. Em forma de parábola, o filme aborda as consequências que o capitalismo e o socialismo tem sobre os seres humanos.

O Poço, explora muito bem as nossas reações em situações de estresse, sobrevivência e como o senso de justiça do ser humano, pode ser alterado em cada uma delas.

Particularmente, quando o assisti fui muito impactado, e o Espírito Santo pôs uma reflexão em meu coração que gostaria de compartilhar com você.

Para isso, lhe convido a ler o estudo e a assistir ao vídeo até o final, para que sua compreensão do assunto seja completa, ok?

Então “PARTIU”

4 VERDADES Que O Poço Nos Mostra

Gostaria de me conectar mais com você, por isso lhe convido a INCREVER-SE EM NOSSO CANAL (youtube.com/jesuseabibliaoficial) e a ME SEGUIR NO INSTAGRAM (@diegonascimento316)

1. Nossas convicções são testadas – Salmos 103:13,14

Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o Senhor tem compaixão dos que o temem; pois ele sabe do que somos formados; lembra-se de que somos pó. 

Com e entrada do pecado no mundo, nos tornamos completamente depravados. Preferimos o bem quando a situação é confortável, mas quando não, o mal vem à tona. Deus vê tudo isso e escolhe ter misericórdia, porque sabe que somos pó.

2. Surge a pessoa que somos – Lucas 22:41,42

Ele se afastou deles a uma pequena distância, ajoelhou-se e começou a orar:
“Pai, se queres, afasta de mim este cálice; contudo, não seja feita a minha vontade, mas a tua”.

Amo Jesus por muitos motivos, mas principalmente porque Ele era autêntico. Não havia nenhuma produção ao seu redor. Apenas Deus, o Espírito Santo, Ele e a Palavra. E quando a cruz finalmente cruzou o seu caminho, Ele preferiu à vontade de Deus.

3. Não é lugar de julgar – Tiago 4:12

Há apenas um Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e destruir. Mas quem é você para julgar o seu próximo?

Julgar é uma das coisas mais facéis e espontâneas do mundo, quando o ambiente é favorável para quem julga. É fácil acusar, criticar, apontar o dedo, enfim. Mas nosso julgamento é falho e parcial, apenas um pode nos julgar eficazmente, Deus.

4. Precisamos da graça de Deus – Romanos 11:6

E, se é pela graça, já não é mais pelas obras; se fosse, a graça já não seria graça.

O Poço revela o que o ser humano pode fazer em situações onde sua vida é colocada em risco, e isso mostra o nosso pior. Fazemos o que juramos que jamais faríamos, exatamente como Pedro. O certo é, todos precisamos da graça de Deus.

Conclusão

Se você não assisitu “O Poço” recomendo que o faça se tiver a idade exigida pela classificação indicativa do filme.

Leia Também:

Como vencer a ansiedade?

A verdade sobre o batismo no Espírito Santo

Entendendo o Reino de Deus

Acredito que se analisar sob a perspectiva da Palavra de Deus, poderá tirar muitas e preciosas lições, sobre como observar o ser humano e seu comportamento.

No meu caso, o filme me fez pensar, sobre como eu agiria se estivesse na situação de Goreng, Trimagasi, Miharu, Baharat e dos outros presos. É uma reflexão válida. Não sabemos o que o amanhã nos reserva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.

});