marca_final-01

Paixão Carnal – Cartas XVIII e XIX

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Na carta 18, do livro Cartas de um diabo a seu aprendiz, Maldanado dá conselhos a Vermelhinho sobre como ele deve levar o paciente (Cristão) a desenvolver paixão carnal, isto é, ter uma vida deturpada sexualmente. 

Vamos aprender princípios e estratégias que o diabo utiliza nas nossas vidas que muitas  estamos desatentos e por isso pecamos contra o senhor. 

Vamos lá!

Na décima oitava carta, o objetivo de Vermelhinho é influenciar o Cristão a ter uma vida deturpada sexualmente. Ele vai utilizar o sexo como uma arma.

Essa deturpação ocorre em diversos níveis, pois vai depender da forma como o ser humano entende e interpreta o sexo. 

Maldanado reconhece o que Deus tinha em mente quando criou o sexo, o estabelecimento da família. Mas, eles por outro lado devem utilizá-lo para fazer com que o ser humano seja distanciado de Deus, através da paixão carnal.

Ou seja, ele induz vermelhinho a trabalhar contra a família. Para que o sexo não tenha a finalidade de constituir família, mas apenas de gerar prazer. 

O sexo é uma aliança e torna o ser humano, o homem e a mulher, uma só carne. Porém, o diabo não quer que o ser humano enxergue assim, tornando o sexo como algo banal e sem valor. 

A paixão carnal impede que desenvolvamos uma sexualidade sadia. 

Depois Maldanado vai instruir Vermelhinho a destruir os votos do casamento, fazendo o casamento parecer algo de pouco valor. 

Porém, a palavra nos ensina em Hebreus capítulo 13:4, que o casamento é algo que deve ser honrado, venerado, respeitado e amado.

Portanto, devemos observar o sexo como uma benção vinda da parte do Senhor Deus e não como mero instrumento de prazer. Pois, o sexo traz consigo muitas responsabilidades. Ele deve ser praticado dentro do casamento pelo homem e pela mulher para Constituição de família.

Na carta 19, Maldanado vai instruir Vermelhinho utilizar o amor como arma.  Ele vai falar sobre como o amor de Deus, sobre a essência do amor de Deus, como o mesmo faz diferença na vida do paciente, sendo portanto nocivo para o trabalho do diabo e seus demônios.

Agora,  ele quer que Vermelhinho faça com que as pessoas não acreditem dessa forma. E, a estratégia dele para que isso tenha sucesso é que Vermelhinho desvirtue o amor.  

Fazendo o paciente desenvolver paixão carnal e ter uma vida sexual deturpada.

Eu e você precisamos ter a compreensão correta do amor. Pois, entender o amor de Deus e como amar uns aos outros é importante nesse processo de conhecer a Deus e de relacionar-se uns outros. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.