Uma das palavras utilizadas para perseverança no grego é hupomone e significa: estabilidade, constância, tolerância, no Novo Testamento refere-se a pessoa que não se desvia de seu propósito e de sua lealdade à fé e piedade mesmo diante das maiores provações e sofrimentos, pacientemente, firmemente, paciente, que espera por alguém ou algo lealmente, que persiste com paciência, constância, e perseverança (Concordância de Strong).

Pelo significado, vemos que é uma área da fé que precisamos conhecer e aplicar a disciplina necessária para que sejamos vitoriosos nos embates da vida.

Neste estudo, quero lhe apresentar pelo menos quatro áreas da vida em que precisamos ser perseverantes, portanto leia até o fim que tem muita informação boa para você.

1. Perseverança na Oração (Efésios 6:18)

Uma das áreas da vida onde somos mais tentados a afrouxar as mãos, é na oração. Devido às muitas lutas, correria, estresse e frustrações, acabamos negligenciando essa importante área de nosso relacionamento com Deus que tem o poder  de mudar completamente nossas vidas e a situação ao redor.

Em Efésios 6:18 as Escrituras nos estimulam a orar em todas as ocasiões, ou seja, quando as coisas vão muito mal, devemos orar, mas quando elas estiverem igualmente muito bem, também.

O texto prossegue dizendo que essa atitude deve fazer parte de nossa mentalidade diária, para toda a vida. Portanto, ao invés de entrar em desespero ou se sentir sozinho, ore.

Coloque suas emoções, pensamentos e todo o seu ser diante do Senhor Deus, pois ele com certeza, ministrará a segurança e a paz que você precisa para enfrentar as batalhas da vida.

2. Perseverança na Fé (Hebreus 12:1)

Todos os dias muitas pessoas observam nossas vidas, de maneira intencional ou não, elas querem saber quais os resultados de nossas escolhas, no que acreditamos, o que fazemos, se prosperamos ou não, se somos fortes ou não, se inspiramos confiança, se devemos ser seguidos, enfim.

Tudo isso acontece, sem que a maioria de nós perceba.

De qualquer forma, tendo isso em mente, precisamos perseverar na fé, para que por meio do nosso testemunho, outras pessoas sejam alcançadas por Cristo e influenciadas a segui-lo.

Devemos perseverar na fé quando o que esperamos acontece, e quando o que não esperamos acontece também.

Pensando nisso, em Hebreus 12:1 o escritor disse que estamos cercados por uma grande nuvem de testemunhas, por isso devemos perseverar na fé e nos livrar de tudo o que possa nos atrapalhar ou impedir nossa submissão a Jesus.

Para viver o bom propósito de Deus para nossas vidas, precisamos perseverar na jornada que Jesus preparou individualmente, para cada um de nós.

3. Na Palavra de Deus (Apocalipse 3:10)

A Palavra de Deus tem perdido a admiração e reverência dos crentes da nossa geração. Muitos não se importam mais em lê-la, conhecê-la, nem mesmo levá-las aos cultos.

Reconheço que muito disso é consequência da forma como muitos ministros a tem tratado. Como mais um bom livro de crescimento pessoal ou prosperidade financeira, ao invés da única e infalível Palavra de Deus.

Em Apocalipse 3:10, vemos que o Senhor Jesus elogia a pequena, mais poderosa Igreja em Filadélfia, por sua perseverança na Palavra, mesmo em meio à tantas adversidades, perseguição, escassez de recursos e oposição do Diabo.

Como fruto de sua fidelidade, eles receberam do Senhor a promessa de que seriam guardados de uma provação, ainda maior, que recairia sobre todos os habitantes da Terra.

Além disso, o próprio Jesus, garantiu que estava prestes a abrir diante deles uma porta que ninguém poderia fechar, além de derrotar a oposição do Diabo e garantir um lugar para eles, entre os vencedores. 

4. Na Esperança (Romanos 8:25)

Devido às muitas lutas da vida, muitos crentes desanimam com relação as promessas de Deus. Deixam de acreditar, param de esperar e vivem com uma alma completamente destruída, todos os dias.

Mas à Escritura nos exorta a perseverança na espera em Romanos 8:25, assegurando, que se esperamos o que ainda não conseguimos enxergar, devemos esperar com paciência.

A espera é um processo doloroso, por mais silencioso que seja.

Eu e Carol perdemos a nossa primeira gravidez.

Foi provavelmente o momento mais difícil da minha vida. Lembro que o médico disse que deveríamos esperar pelo menos seis meses, até tentar outra gravidez. Esses meses pareceram anos. Quando finalmente fomos liberados a tentar novamente, mais longos meses até engravidar.

Contudo, lembro que chegou um momento, quase dois anos após a perda do nosso primeiro bebê, que eu e Carol relaxamos, e nos entregamos a graça de Deus.

Quando fizemos isso, um mês depois estávamos GRÁVIDOS!

Muitas vezes, o que nos separa do deserto e Canaã é a nossa atitude enquanto esperamos.

Conclusão

A vida não é fácil para a maioria dos seres humanos, precisamos de muita perseverança para crescer, evoluir, passar ao próximo nível e manter a nossa fé.

Não é fácil, nem simples, na maioria da vezes. Mas sem dúvida alguma, é necessário. Não sei qual tem sido sua atitude nesta importante área da fé, mas tenho clareza sobre o fato de que tanto eu, quanto você, precisamos ser perseverantes.

Por isso, a minha oração é para que o próprio Deus lhe fortaleça nesta área, todos os dias de sua vida, em Nome de Jesus.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here