marca_final-01

Pregar o Evangelho à CULTURA – Igreja Centrada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

No capítulo de hoje vamos estudar como podemos viver pregar o evangelho à cultura, sendo essa diferente ou não da nossa. Veremos como pregar o evangelho na prática. 

Então, vamos lá.

É muito importante contextualizar a pregação do evangelho a cada cultura. 

Em Atos 17:23 o apóstolo Paulo vai pregar aos gregos e o que Paulo utiliza como fundamento para a sua pregação o conhecimento do senhor Jesus e o conhecimento da cultura.

Então, como entrar na cultura? Observando os aspectos de cada cultura, a formação da cultura e o contexto que está ao seu redor. 

Sendo assim, para que a igreja, os nossos pastores e mesmo nós tenhamos uma pregação eficaz precisamos conhecer as pessoas que estão ao nosso redor. Conhecer suas dores conhecer suas necessidades é essecial para pregar o evangelho à cultura.

Em segundo lugar o pastor Tim Keller fala sobre o sistema de crenças. E, para isso continua usando a pregação do apóstolo Paulo aos gregos em Atos 17:28. 

Paulo usa elementos da cultura para pregar o Evangelho. Mostrando que se eu e você nos alienarmos do que existe fora da cultura e entrarmos numa “bolha cristã” vamos perder a comunicação com as pessoas.

Entender a cultura para pregar a ela é muito importante. E, é o que nós vemos Paulo fazendo. Paulo conhecia a forma como aquelas pessoas criam, quais eram seus fundamentos de crença daquelas pessoas. 

Com isso, o pastror está dizendo que não é que devemos mudar o discurso ou enfraquecer o evangelho, mas devemos procurar pontos em comum e mostrar o que Jesus, o que a Bíblia diz sobre. 

Em terceiro lugar qual é o caminho da salvação? Qual o caminho que eu e você enquanto pregamos o evangelho devemos apresentar? 

Precisamos ter uma visão mais Global do Evangelho e perceber que somos instrumentos, ferramentas nas mãos de um Deus soberano que está no trono e se importa em salvar pessoas. 

A partir disso, devemos procurar pontos comuns para pregar o evangelho à cultura.

O Pastor apresenta alguns pontos de pressão que nós podemos abordar enquanto compartilhamos o Evangelho com as pessoas como a idolatria, os recursos humanos, a comercialização do sexo.

E, também a perda da Esperança cultural, ou seja, as pessoas estão perdendo a credibilidade naquilo que lhes foi apresentado.

Por fim, o ele vai nos apresentar a redenção em Jesus e suas linguagens: Campo de guerra, comércio, exílio, templo e tribunal. 

Deixando claro que, no fundo a pregação do evangelho deve remeter a Jesus,  a pregação deve encerrar em Jesus. 

No fim, ele vai mostrar que todo ser humano quer um salvador!

E, que para pregar o evangelho à cultura, se utilizarmos elementos da mesma isso vai fazer com que possamos conversar com as pessoas em um tom, em um ambiente que elas podem compreender o evangelho. 

Jesus pregou! Vamos aprender com Ele?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.