marca_final-01

Qual a Sua Linguagem do Amor?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Depois de estudar as linguagens você pode se perguntar qual a sua linguagem do amor e a do seu cônjuge, não é? Conhecer a linguagem do amor do outro é uma excelente ferramenta para manter o relacionamento saudável, estarem em sintonia e os tanques de amor sempre cheios.

Se você já sabe, ótimo. Mas, se não sabe neste estudo vamos apresentar alguns exercícios que podem lhe ajudar nesse processo.

Então, vamos lá!

Em Cânticos 5:2 e 3 você vai perceber que o noivo, o amado vai embora. E, quando a noiva levanta para abrir a porta e deixá-lo entrar já é tarde demais e ela fica desesperada por não saber para onde ele foi.

Muitas vezes a nossa incompreensão sobre qual a linguagem de amor do nosso cônjuge gera situações como essa. Conflitos desnecessários, momentos de instabilidade e muitas discussões poderiam ser evitadas se a linguagem de amor for conhecida.

No texto lido, se os dois compeendessem a linguagem do amor do outro fez com que eles se desencontrassem.

Então, para que não estejamos vivendo constantemente em brigas, um distante do outro ou mesmo ferindo um ao outro é importante entendermos a linguagem de amor.

O primeiro exercício apresentado pelo autor é você se perguntar “O que mais o magoa”, pois segundo ele o que seu cônjuge faz ou deixa de fazer que mais o magoa, o oposto disso provavelmente representa a sua linguagem do Amor.

O segundo exercício é sobre o que você pede a seu cônjuge com mais frequência. Pois, a resposta é provavelmente aquilo que faz você se sentir mais amado.

E, por último como você expressa amor regularmente ao seu cônjuge? Pois isso, também pode indicar o que lhe faz se sentir amado.

Por palavras, por toque, por carinho, por serviço?

Esteja atento a essas três perguntas. É importante que você anote, analise. E depois converse com seu cônjuge para mostrar a ele a sua linguagem de amor. Se possível peça que ele também responda as perguntas.

Para que vocês alinhem as suas linguagens, pois quando vocês tiverem isso claro, haverá sintonia e o casamento só tende a melhoras.

Segundo o autor existem pessoas que tem mais dificuldade de descobrir a sua linguagem. Pessoas que tem o seu tanque de amor sempre cheio, o cônjuge expressou amor de tantas formas que a pessoa não tem claramente qual delas a fez se sentir mais amada.

O problema é que muitas vezes por você está se sentindo muito bem, você não sabe se o seu cônjuge está da mesma forma, se sentindo amado ou amada. Por isso, é importante você descobrir isso.

O segundo é a pessoa cujo o tanque de amor está vazio a tanto tempo, que ela já não lembra o que a faz sentir-se amada.

Nos dois casos apresentados é necessário retornar a experiência da Paixão e se perguntar o que você apreciava no seu cônjuge naquela época. Pois a partir dessas lembranças poderá ter alguma ideia de sua linguagem do amor primária.

O caminho para resolver esses problemas é conversar, sejam sinceros uns com os outros para que o seu casamento seja um casamento saudável. O diálogo é muito Poderoso. Descubra se o tanque de amor do seu cônjuge tá cheio ou vazio, procure alimentá-lo, procure mantê-lo bem.

Assim como, o seu nível de amor procure também manter o seu tanque cheio. Seja intencional nisso e tenho certeza que o seu relacionamento vai continuar muito saudável em Nome de Jesus.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.