Estudos Bíblicos Diego Nascimento

Quando Não Está Tudo Bem o Que Fazer? – Estudo Bíblico

Quando Não Está Tudo Bem o Que Fazer? – Estudo Bíblico

Mesmo em meio às crises e dificuldades da vida nos cercando, conseguimos reagir quando estamos bem. Mas e quando não está tudo bem? Quando não temos forças para reagir, o que fazer?

A Bíblia nos apresenta vários conselhos e princípios poderosos sobre o que devemos fazer quando não está tudo bem. E neste estudo quero conversar com você sobre isso.

Não se preocupe, o cuidado de Deus se manifesta em todas as circunstâncias de nossa vida.

FAÇA ISSO Quando Não Está Tudo Bem

1. Fale com quem pode resolver

O servo o pegou e o levou à mãe, o menino ficou no colo dela até o meio-dia, quando morreu. Ela subiu ao quarto do homem de Deus, deitou o menino na cama, saiu e fechou a porta. Ela chamou o marido e disse: “Preciso de um servo e uma jumenta para ir falar com o homem de Deus. Vou e volto depressa”.  (2 Reis 4:20-22,26)

Quando o filho da sunamita morreu, sua atitude foi de não fazer alarme ou gastar energia preocupando quem não podia resolver. Ele pediu o animal que precisava para fazer a viagem e tratou de não alarmar seu marido, dizendo que estava “tudo bem” mesmo não estando.

Quando não está tudo bem procure quem pode lhe ajudar a resolver o problema. 

Muitos de nós não se preocupa em ser objetivo nestes momentos. Ficamos desorientados e perdidos. Mas quando temos relacionamento com Deus, podemos descansar nossa alma nEle e nEle buscar respostas.

2. Não se explique demais 

Ele perguntou: “Mas, por que hoje? Não é lua nova nem sábado! ” Ela respondeu: “Não se preocupe”. (v.v 23)

Faça parte da nossa comunidade online e tenha acesso a conteúdo exclusivo.

O marido da sunamita achou sua atitude estranha e perguntou para onde ela estava indo. Suas palavras para ele foram poucas: “Não se preocupe” disse ela. Por outro lado ele não insistiu, mostrando ser um homem confiante em sua mulher e decisões.

Quando não está tudo bem, as explicações excessivas podem se tornar um problema. Seja uma pessoa objetiva e não procure se explicar de mais, quem lhe ama vai respeitar seu espaço.

3. Não sufoque a dor, lide com ela 

E disse a mulher: “Acaso eu te pedi um filho, meu senhor? Não te disse para não me dar falsas esperanças? ” (v.v 28)

Quando já estava diante de Eliseu, a sunamita finalmente rasgou seu coração. Ela compartilhou sua dor e frustração com o Profeta. Ela nos dá um grande exemplo de que não devemos sufocar a dor, mas lidar com ela.

Sufocar uma grande dor não é sábio!

4. Conte com o agir de Deus 

Eliseu levantou-se e começou a andar pelo quarto; depois subiu na cama e debruçou-se mais uma vez sobre ele. O menino espirrou sete vezes e abriu os olhos. (v.v 35)

Tendo ouvido as palavras de angústia da sunamita, o Profeta Eliseu se prontificou a ajudá-la, mas o resultado dessa ajuda já não era responsabilidade dela.

De toda forma, o menino voltou a vida, pelo agir e poder de Deus através de Seu servo.

Quando não está tudo bem, devemos contar com o agir de Deus. Ele é bom e tem cuidado de nós em todo tempo. Tanto a bonança quanto a adversidade estão debaixo de Sua Soberania. Sendo assim, não O despreze, pelo contrário, faça dEle o Seu escudo.

Sobre o autor | Website

ME SIGA NO INSTAGRAM: @diegonascimento316 INSCREVA-SE em meu Canal do YouTube: https://www.youtube.com/jesuseabibliaoficial

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

1 Comentário

  1. Rociclé Alves disse:

    Esse estudo nos encoraja e nos fortalece. Nunca podemos esquecer que Deus está sempre conosco para segurar nossa mão e nos ajudar em todos os momentos

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
});