Estudos Bíblicos

Salmo 70 Estudo: O Clamor do Necessitado

O salmo 70 tem sua autoria atribuída a Davi e é conhecido como salmo de lamentação. Este tipo de salmo normalmente começa com um apelo urgente a intervenção divina. Em seguida descreve os inimigos que atacam o salmista e sua necessidade da ajuda de Deus. O salmo 70 reflete muito bem a angústia humana diante da espera.

Salmo 70.1 – O Salmista Pede a Deus Que Se Apresse

“Livra-me, ó Deus! Apressa-te, Senhor, a ajudar-me!”

 O salmo 70 começa com um pedido intenso por livramento.

A necessidade do salmista é urgente e a questão é vital. A ponto de ele pedir que o Senhor Deus se apresse em ajudá-lo.

O tempo nesse caso, é determinante. Ele sabe que o Soberano não está sujeito as nossas limitações, sendo algo que não o pressione.

Para nós, no entanto, o tempo é fator fundamental.

“Tu, porém, Senhor, não fiques distante! Ó minha força, vem logo em meu socorro!” (Salmos 22.19)

No salmo 70 o salmista está cercado por inimigos, assim como no salmo 30. Não fica claro quem eles são: militares, saqueadores, hebreus delinquentes.

A violência é iminente. O salmista se vê cercado por assaltos. Morte. Atentados.

Isso o deixa extremamente apreensivo.

Além da violência física, há também a espiritual. O salmista está enfrentando calúnia, perseguição, exclusão.

Salmo 70.2 – A Derrota Dos Inimigos

“Sejam humilhados e frustrados os que procuram tirar-me a vida; retrocedam desprezados os que desejam a minha ruína. ”

O salmista pede ao Senhor Deus a derrota de seus inimigos.

Um exército derrotado fica marcado na história. Durante gerações será lembrado de seu fracasso.

No tempo em que o salmo 70 foi escrito acreditava-se que os exércitos marchavam pela ordem dos deuses.

O exército derrotado colocava em jogo a reputação de sua divindade.

Os inimigos do salmista queriam tirar sua vida.

“Vida” aqui não é apenas “existência”. Vida aqui representa “ a pessoa em sua inteireza”.

Os inimigos do salmista não queriam simplesmente matá-lo, queriam envergonhá-lo. Expor sua reputação ao ridículo.

Salmo 70.3 – A Vergonha Dos Inimigos

“Retrocedam em desgraça os que zombam de mim.”

 O salmista pede ao Senhor que seus inimigos sofram uma vergonha completa. Que sejam totalmente confundidos.

No salmo 70, os inimigos do servo de Deus têm como caraterística principal a maldade.

Totalmente destituídos de amor ao próximo. Não se importavam com a consequência de sua maldade.

Zombavam de Deus e de seus servos. Além de os perseguirem, procurando tirar-lhes a vida.

Salmo 70.4 –  A Alegria Dos Que Buscam a Deus

“Mas regozijem-se e alegrem-se em ti todos os que te buscam; digam sempre os que amam a tua salvação: “Como Deus é grande! “

 Enquanto os homicidas tem prazer na maldade, em matar o próximo, os bons se regozijam no Senhor.

Os bons adoram ao Senhor e convidam as pessoas próximas a conhecer a Deus e adorá-lo.

O caráter de um homem pode ser analisado com muita precisão quando observamos o que lhe dá alegria.

Dessa forma eu te pergunto: “o que faz você feliz?”

Materialismo? Pecado? Coisas que desagradam a Deus?

Quando a pessoa tem prazer em elementos espirituais mostra que ele nasceu de novo, como ensinou o Senhor Jesus a Nicodemos (João 3.16).

Deus é glorificado pelos bons!

Salmo 70.5 – A Fragilidade Humana E A Força Do Senhor

“Quanto a mim, sou pobre e necessitado; apressa-te, ó Deus. Tu és o meu socorro e o meu libertador; Senhor, não te demores!”

Ao passo que a oração do salmista se desenvolve, ele sente sua confiança no Senhor Deus ser elevada.  Sua visão para de observar a força de seus inimigos e observa quão grande Deus é.

Ao chegar no versículo 5, do salmo 70, ele volta sua visão para si mesmo.

Sendo “pobre e necessitado” ele pede a intervenção do seu Deus.

Nesse apelo, ele usa dois dos nomes divinos:

  • Yahweh – Deus Eterno;
  • Elohim – Deus Todo-Poderoso;

“Um suspiro de anelo, está com frequência, nos lábios dos santos” (J.R.P Sclater)

Conclusão

O Salmo 70 nos mostra como podemos clamar a Deus pedindo ajuda quando estamos ficando sem tempo, desesperados.

Quem são seus “inimigos”?

Desemprego? Divórcio? Notas baixas? Casamento? Finanças?

Assim como no Salmo 30 o salmista apresenta a Deus sua necessidade real e é atendido.

Há 6 lições no salmo 70 que eu gostaria que você atentasse:

  • Quando o salmista pede a Deus que se apresse ele está sendo sincero;
  • Os “inimigos” do salmista, que tiram a sua paz são colocados diante de Deus em oração.
  • O salmista ora antes de agir;
  • O salmista apresenta a Deus a sua dor;
  • O salmista entende a sua fragilidade e pede ao Senhor que o livre;
  • O salmista se relaciona com Deus.

Espero que tenha gostado!

Deixe seu comentário! Gostaria de conhecer sua opinião.

Compartilhe com seus amigos. Com alguém que esteja precisando dessa mensagem.

Deus abençoe!

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

10 Comentários

  1. Neda disse:

    Bom dia,amo saber das coisas do mestre Jesus Cristo, muito bom,obrigada

  2. Maura disse:

    muito bom, bênção esse ensino.Presente de Deus, maná do céu.Deus abençoe…

  3. lauderico Allan Ferreira da costa disse:

    É muito lindo este salmo 70 tudo que pedimos a Deus eu principalmente consigo, Deus é lindo obrigado Sr por tudo que fases por mim. Te Amo Sr.

  4. Paulo Gomes Neto disse:

    Muito bom queria pregar sobre esse salmo e não queria pregar o que penso mas um estudo assim grato até o momento de seu irmão em Cristo Paulo Gomes Neto

  5. Irenilto Lopes da Silva disse:

    A paz do senhor, parabéns por esses estudos eu achei maravilhoso e gostaria muito de continuar buscando aqui mais novidades. parabéns mesmo que Deus continue te usando poderosamente.

  6. elionel coutinho disse:

    Deus te abencoe meu irmao o seu estudo me ajudou a entender melhor o salmo 70.
    elionel

  7. Carlos Alberto disse:

    Obrigado irmão Deus te usou poderosamente messe estudo

  8. Jose Pereira Brito disse:

    Muito bom. Muito claro. Obrigado por seu auxílio em meus estudos.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.