marca_final-01

Se Deus é Bom, Por que o Mundo é Mau?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Já sabemos o que é a lei natural e que ela nos revela um criador, a existência de Deus. Com esse conhecimento em mente C.S. Lewis vai procurar explicar “Se Deus é bom, por que o mundo é mau? 

A primeira coisa que precisamos saber é que quando o Senhor Deus criou todas as coisas Ele viu que tudo era bom e teve satisfação na criação, como fica claro em Gênesis 1 e 2.

Então, se este Deus bondoso que criou uma terra na qual Ele teve prazer por que o mundo que nós vivemos é tão mau?

A princípio Lewis era ateu e o seu argumento contra Deus era que o universo parecia muito cruel e injusto. Mas, percebeu que como poderia ter essa ideia de justo e injusto

Lewis, cita como exemplo: uma pessoa só chama uma linha de torta se tiver alguma ideia do que é uma linha reta. Com isso o argumento de que Deus não existia porque este mundo era injusto levou ele exatamente a percepção de que Deus existe.

Agora a questão passa a ser: Se Deus é bom por que o mundo se tornou tão mal?

Lewis explica que inclusive o mal é fruto da rebelião contra o bem. Exatamente o que o texto bíblico nos mostra, no momento no Éden a serpente, o anjo caído (Satanás), vai tentar Eva que estava plena em bondade.

E naquele momento o diabo inseriu o mal na criação, que outrora não conhecia a maldade. 

Diante disso, muitas pessoas se perguntam como Deus estava vendo tudo aquilo e deixa a criação ser bagunçada do seu estado original? Como um Deus tão Poderoso que rege todas as coisas permitir que isso aconteça?

A resposta de Lewis é: “é só dizer que alguma coisa é voluntária que metade das pessoas deixam de fazê-la. Ainda que essa não fosse a pretensão inicial foi a sua vontade que tornou isso possível.”

“Provavelmente é isso que acontece no universo. Deus criou as coisas dotadas de livre arbítrio e isso significa a criatura tem a opção de fazer o bem ou mal… Se alguém é livre para ser bom também é livre para ser mal.” (Cristianismo Puro e Simples, página 80-81, C.S. Lewis)

O Senhor Deus não estaria nos dando livre-arbítrio se ele nos escravizasse toda bondade. Ele deu a mim e a você o senso do certo e do errado, a Lei natural, vem dentro de nós. 

Sendo assim a questão passa a ser: Por que então Eva escolheu o errado e não o certo? E a resposta é porque ela quis assim. 

O mesmo acontece conosco quando caímos em pecado. Nós escolhemos errado! Afinal, se alguém é livre tem que ser livre para fazer o que é bom e o que é mau. 

Diante do exposto, Lewis passa a falar sobre a importância de alguém como Jesus.

O cristianismo apresenta Jesus como sendo a nossa expiação. É o elo entre nós e Deus e a única pessoa capaz de promover este relacionamento.

Sendo assim, nós só temos uma escolha ou cremos em Jesus ou não cremos Nele. 

Se Deus é bom porque o mundo é mau? O mundo é mau porque nós estamos o tornando assim. O Senhor nos criou com poder de escolha, liberdade para escolher entre o bem e o mal. 

Por isso, precisamos pensar que colheremos o fruto das nossas escolhas 

Então, esse capítulo me ensina que precisamos nos voltar para o Senhor Deus por meio de Jesus, único capaz de restabelecer esse aliança com Deus.

Um Deus bondoso que criou tudo perfeito e teve prazer no que criou. Mas, as nossas escolhas erradas acabaram manchando o plano. 

Mas, Ele por misericórdia e graça nos redimiu por meio de Jesus.

Glória a Deus por isso!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.