Martinho Lutero nasceu em um tempo onde homens de Deus como Wyclif e Jhon Huss foram mortos na fogueira por serem considerados hereges pela igreja católica.
 
De família pobre, ele tinha seis irmãos. Seus pais o ensinaram o temor a Deis e o respeito às autoridades eclesiásticas.
 
Lutero cresceu vendo a Deus com um juiz vingativo, nada amoroso. Aos 13 anos foi enviado a Magdeburgo para estudar na escola franciscana.
 
Nesse período ele precisou pedir esmolas para sobreviver. Deus por sua bondade levantou D Úrsula Cota para lhe ajudar.
 
Ela foi especialmente atraída pela humildade e devoção de Lutero. O acolheu em casa e o jovem pode finalmente ter  um pouco de conforto.

Alívio Para Martinho Lutero

A partir daí sua educação se desenvolveu e ele se destacou. Aos 18 anos Lutero foi estudar em Erfurt, o centro de ensino mais relevante do país.
 
Alcançou feitos notáveis entre os acadêmicos, sobre isso um de seus colegas disse: “Lutero era mais sábio e devoto que os demais rapazes da sua idade”.
Após isso decidiu se dedicar ao relacionamento com Deus.
Martinho Lutero e a Palavra de Deus
 
Aconteceu que na biblioteca encontrou a bíblia completa, até aquele momentoele acreditava que todo o conteúdo da Bíblia se resumia as pequenas porções lidas aos domingos.
 
A palavra de Deus o confrontou e Lutero percebeu que precisava de redenção.
 
Lutero tornou-se um padre notável, por seu conhecimento das escrituras e pela exposição dos seus sermões.

Rejeição as indulgências 

Em uma visita a Roma, enquanto subia de joelhos a “santa escada”, Lutero ouviu a voz de Deus bradar fortemente dentro dele: “o justo viverá pela fé”.
Deu um salto e levantou-se envergonhado, mas convencido de que aquilo não agradava a Deus nem tinha base em Sua Palavra.

Martinho Lutero e as 95 teses 

Apartir daí, Lutero começou a confrontar as autoridades eclesiásticas e em 31 de outubro de 1517, fixou às 95 teses à porta do Castelo, em Wintenberg.
Em agosto de 1518 Lutero foi intimado a prestar esclarecimentos de suas pregações em Roma, sob denúncia de heresia, circunstância que poderia lhe custar a vida.
Seus amigos tentaram persuadi-lo a não ir, mas ele não os ouviu seus apelos.
 
O Imperador Carlos V pediu que Lutero comparecesse à sua primeira assembleia politica para que se explicasse diante dos que o acusavam.
Mais uma vez seus amigos pediram que ele não fosse, pois em ocasião semelhante, John Huss foi queimado vivo, mais uma vez Lutero os rebateu e foi ao encontro.
 
Foi nessa ocasião que ele compos o hino castelo forte, cantado por milhares de cristãos em todo o mundo, observe um trecho abaixo:

Que Deus a luta vencerá
Sabemos com certeza
E nada nos assustará
Com Cristo por defesa
Se temos de perder
Família, bens, poder
E, embora a vida vá
Por nós Jesus está
E dar-nos-á seu reino

A noite anterior ao encontro, Lutero passou orando suplicando a Deus que lhe concedesse vitória sobre o Diabo. Quando finalmente o papa exigiu que Lutero se retratasse, ele respondeu:

“Se não me refutardes pelo testemunho das Escrituras ou por argumentos – uma vez que não creio somente nos papas e nos concílios, por ser evidente que já muitas vezes se enganaram e se contradisseram uns aos outros – , a minha consciência tem de ficar submissa à Palavra de Deus. Não posso retratar-me, nem me retratarei de qualquer coisa, pois não é justo nem seguro agir contra a consciência. Deus me ajude! Amém”. (Fonte: Heróis da Fé)

Lutero foi excomungado, e assim que o decreto entrasse em vigor ele seria considerado criminoso.

Martinho Lutero e a Tradução da Bíblia para o alemão

Em seu retorno a Winttenberg, foi cercado por cavaleiros e acredito eu,  seu coração gelou, mas a missão deles era levar Lutero em seurança ao castelo de Warburgo por ordem do princípe da Saxônia.

No tempo que passou escondido escreveu muito conteúdo cristão reformado e traduziu o Novo Testamento para o alemão, posteriormente ele concluiu a obra e traduziu também o Antigo Testamento, promovendo um grande avanço intelectual para o povo alemão, que podia ler a Palavra de Deus em seu proprio idioma.

Desde os mais simples até os mais ricos, poderiam compreender as Escrituras.

Lutero abandonou a vida de monasterio e casou com Catarina von Bora, que também era freira, mas sob o impacto da pregação e do ensino de Martinho Lutero, teve seu entendimento iluminado. Ele tiveram seis filhos juntos.

A gestão do tempo de Lutero se dava principalmente em duas atividades: meditação nas Escrituras e oração. 

Leia Também:

Margarida Porete – Exemplo de Liberdade Cristã

Promessas de Deus Para Nossa Vida

Deus é bom o Tempo Todo?

As caracteríticas da Mullher Virtuosa

O grande reformador morreu ao 62 anos de idade, por ocasião de um ataque do coração, suas última palavras foram uma última e sincera entrega a Jesus, nosso Senhor.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here