marca_final-01

Com Jesus, Menos é Mais – SEJA FELIZ!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Estamos cercados de consumismo e estresse. Mas o Senhor Jesus nos ensina que para a plenitude, menos é mais. Quanto menor for a ligação da sua felicidade ao ter, mais satisfeito em Cristo você será.

Semadar Marques, especialista em inteligência emocional, afirmou “A realidade é: tudo na vida é passível de perda e quanto mais forma os apegados as coisas que nos rodeiam mais frágil torna-se a felicidade”. 

Ou seja, quanto mais condicionada ao ter, estiver sua felicidade, mais difícil será alcançá-la.

Mas o ensino de Jesus no aponta o caminho certo!

Com Jesus, Menos é Mais

Em Mateus capítulo 6 o Senhor Jesus nos dá um Norte sobre como devemos viver a vida em todos o seus aspectos: emocional,  financeiro, relacionamentos, e como o devemos gerenciar nossa vida como um todo. 

O mundo consumista em que temos vivido tem transformado Mateus 6 em algo praticamente impossível de ser vivido.

Mas, vamos estudar que é completamente possível e junto com apresentação do texto bíblico veremos alguns posicionamentos de especialistas na área de saúde mental que vão ajudar você a entender e observar o texto bíblico como algo possível de ser vivido. 

No texto de Mateus 6:20-21 o Senhor Jesus diz que não se deve acumular tesouros na terra, porque eles se perderão mas os tesouros do céu não. Outro aspectos que Ele ressalta é que onde estiver o seu coração aí estará o seu tesouro. 

Ou seja, a vida plena não está condicionada ao que se tem ou não, materialmente falando. Sendo assim, condicionar sua felicidade ao que você tem é um grande erro!

Jesus não está dizendo aqui que é problema ou pecado ser rico. Jesus está falando sobre a motivação do seu coração. O problema não é ser rico o problema é você amar o dinheiro e se tornar ganancioso. E, por isso querer se tornar rico a qualquer custo. 

Com Jesus menos é mais!

No versículo 25 do capítulo 6 de Mateus, o Senhor Jesus está dizendo: “não se preocupem com suas próprias vidas quanto ao que comer ou beber com seus próprios corpos quanto ao que vestir” a vida é muito mais do que isso. 

Maura de Albanesi, psicoterapeuta, diz que “A felicidade é um estado de alma que não consiste em ter as coisas mas sem ser aquilo que você almeja. Então ela é um estado interno duradouro, não momentâneo. Picos de alegria não representam necessariamente a felicidade”. 

Portanto, não condicione sua felicidade ao ter.

O mundo que nós vivemos é extremamente consumista e a estrutura que está montada pelo capitalismo ao nosso redor é de que nós seremos mais felizes se tivermos.

Então, começamos a colocar alvos a nossa felicidade: “Ah se eu tiver isso eu vou ser feliz…”, “Ah, se eu tiver aquilo eu vou ser feliz” e quando nós não temos não somos felizes.

Mas, lembre do que o Senhor Jesus está dizendo, não devemos nos preocupar com a sua vida, com o que comer ou beber, nem com o que vestir, “pois a vida é mais importante que comida e o corpo mais importante que a roupa”.  

Coisas mais importantes

Há coisas mais importantes na nossa vida do que ter. E, para ser feliz você não precisa ter tudo que você acha que precisa. 

Quanto mais a sua satisfação está condicionada ao que você tem, mais escravos dos seus sentimentos você será.  Por isso, nós temos tantas pessoas aprisionadas emocionalmente. Porque a felicidade delas está sempre condicionada a ter algo, a conquistar algo. 

Jesus está dizendo que a vida é muito mais do que isso! Com Jesus menos é mais!

Se você observar o estilo de vida do Senhor Jesus e procurar replicar, vai ver que é um estilo extremamente extraordinário. De forma que, uma vida feliz com Jesus não está relacionada ao que temos materialmente mas a quem somos nele. 

Isso não quer dizer que não devemos ter sonhos, metas ou desejar coisas em Deus. O que o Senhor Jesus está dizendo é que o ter não deve ser a nossa a nossa principal motivação. 

O nosso foco não deve estar em acumular coisas.

Estudos apontam que pessoas que decidiram viver com menos em todos os aspectos, desenvolvendo um estilo de vida mais simples, tem níveis de felicidade muito maior. 

Em contrapartida as pessoas que sempre querem ter mais, tem mais dificuldade de ser feliz porque elas condicionaram sua felicidade ao ter.

O Senhor Jesus nos chama para um caminho diferente. 

O foco no Senhor Jesus, em uma vida centrada na glória de Deus e naquilo que realmente importa. Isso vai eliminar da minha e da sua vida excessos completamente desnecessários.  

Para onde você está olhando?

Em Mateus 6.26, o Senhor Jesus direciona o nosso olhar. Temos a tendência de nos apegar emocionalmente as coisas que temos (relógio, cama, roupa) por mais que compremos roupas novas, as antigas vão assumir um lugar emocional no nosso coração. 

Quando olhamos para elas , lembramos da história, dos sentimentos, dos momentos que vivemos com ela. Por isso, temos dificuldade de abrir mão.

Mas, nesse versículo o Senhor Jesus está tirando o nosso olhar daquilo que não importa e colocando naquilo que importa. 

“Olhe para os pássaros”, diz o Mestre, e veja como eles tem uma vida simples, mas muito feliz. Eles tem liberdade e satisfação porque a felicidade das aves e da natureza não está condicionada ao ter, mas em aproveitar aquilo que Deus lhe deu. 

Jesus tira o nosso olhar das exigências deste mundo consumista, e coloca em nosso relacionamento com o Senhor Deus.   

A ansiedade é desnecessária 

Em Mateus 6.27  Jesus está dizendo que a preocupação não tem serventia. 

Saiba que a ansiedade não vai lhe ajudar a resolver o problema. O que resolve é você ter uma atitude correta em relação a ele, colocando-o diante de Deus em oração e recebendo a instrução correta. 

O Senhor Jesus não estava preocupado com que as pessoas pensavam seu respeito. 

Por exemplo, Judas tinha uma concepção acerca de Jesus, as multidões tinham outra, os fariseus pensavam diferente,  os políticos tinham outro pensamento, mas Jesus diz acerca de si mesmo: “Eu vim fazer o que agrada ao meu pai que está nos céus” (João 6.38). 

Isso é Libertador!

Quando você está vivendo para satisfazer a necessidade de outros em relação a você mesmo, o “ter” se torna uma pressão sobre a sua vida, trazendo consigo muitos problemas. 

Você pode e deve viver e ter, tudo o que Deus lhe der, você só não pode viver sua vida para isso condicionando sua alegria ou satisfação ao ter. Lembre-se, com Jesus, menos é mais!

A cura para uma vida feliz e com satisfação está no modelo apresentado pelo Senhor Jesus onde menos é mais!

O problema do Jovem Rico foi exatamente condicionar sua felicidade ao ter. Foi ele achar que a sua riqueza era mais importante do que seguir a Jesus. 

Nós não sabemos como ele se tornou rico, ou quanto ele trabalhou para ser rico. Mas, sabemos o quanto sua riqueza era importante e tinha um valor emocional tão profundo que ele saiu triste porque não conseguiu abrir mão dela para seguir a Jesus, embora soubesse que essa era a melhor escolha. 

Por isso, Jesus diz que dificilmente um rico entrará no reino dos céus.

O problema não está na quantidade de bens que temos, mas na ligação emocional que existe entre nós e eles. Os bens são para nós ferramentas que o Senhor Deus nos concedeu para servir ao reino e servir as pessoas. 

Como resolver? ;

Ao ler Mateus 6.33, as palavras de Jesus são: “Busquem pois em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhe serão acrescentadas”, pode ser que surja a pergunta: “Será que Deus vai me dar tudo que eu quero se buscar em primeiro lugar o reino?”

Não!

Essas coisas refere-se a ter o que comer e o que vestir.

Significa que o Senhor Deus estará sempre suprindo as nossas necessidades reais. Ou seja, confiando nele jamais morreremos de fome ou viveremos sem ter com que nos vestir. 

A Bíblia não está condenando a riqueza, mas sim a forma como nos tornamos ricos e a ligação emocional que existe entre nós e os bens. 

Em primeiro lugar deve-se buscar o reino.

O desenvolvimento do caráter de um cidadão do reino deve ser sua prioridade, a partir da prática das bem-aventuranças, do perdão, da prática da oração e todo o processo de santificação.

Precisamos ter cuidado no desenvolvimento do nosso relacionamento com Deus , com a religiosidade dos fariseus.

Não acumule bens, se seja liberal, doe, crie um calendário de doação na sua vida, cuide dos outros, ame o seu próximo,  pratique o bem, pois a satisfação produzida lhe aproximará cada vez mais de uma vida plena em Cristo e você vai ver que com JESUS MENOS É MAIS!

SONY DSC

Sobre o Autor

Instagram:@diegonascimento316

YouTube: Canal do Jesus e a Bíblia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.

});