Uma das maiores paixões da minha vida é evangelizar. Se hoje eu ministro a Palavra de Deus e escrevo estudos que são lidos milhões de vezes todos os meses, é fruto do treinamento que recebi do Espírito Santo nas dezenas ou centenas de cidades, ruas, favelas, praças, hospitais, presídios por onde passei com a Igreja anunciando o Evanelho de Jesus.

É fato que muitos cristãos não se envolvem com o evanelismo. Eles não querem evangelizar por medo, timidez, comodidade, enfim, há vários motivos. Mas o fato é: eles não sabem o que estão perdendo.

Neste estudo, quero conversar com você sobre alguns princípios que aprendi ao longo dos anos, sobre como evangelizar.

Para que você absorva bem o conteúdo, é muito importante que leia o estudo até o final e assista também ao vídeo, ok?

Então “VAMO LÁ”!

Como Evangelizar de Maneira EFICAZ?

1. Fale sobre Jesus – Marcos 1:1

Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus…

Muitos cristãos quando saem para evangelizar abordam as pessoas e falam mais sobre suas igrejas e liturgia, do que sobre Jesus Cristo. O ambiente de evangelismo não é para isso.

Enquanto evagelizamos devemos dizer as pessoas, quem Jesus Cristo é, porquê Ele veio a Terra e porquê morreu em nosso lugar.

Gosto muito do início do Evangelho segundo Marcos. Ele é um evangelista nato.

Suas primeiras palavras são “Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus…”.

PRONTO!

É isso que devemos falar no evangelismo, que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Não se preocupe em repetir a mensagem, o versículo ou a ilustração que está no seu coração, porque o poder da mensagem está em falar sobre quem Jesus é.

2. Você não está na Igreja

Muitos cristãos, após a conversão, desenvolvem sua fé apenas no ambiente da Igreja. Isto é, levam muito tempo para sair e evangelizar, distribuir comida para os mendigos e ação social de maneira geral.

Com isso, eles desenvolvem muitos “vicíos de Igreja”.

Quando vão evangelizar, acham que as pessoas que estão fora da Igreja vão se comportar da mesma forma que as que estão dentro dela, mas não funciona assim.

No evangelismo as pessoas dizem “não”, fazem perguntas, falam mal de nós, da Igreja, assim como acolhem a mensagem, mas não recebem Jesus, outras recebem, enfim.

O que quero dizer, é que o ambiente de evangelismo é completamente desconhecido. Está fora do nosso controle, não é como a Igreja.

Onde há uma liturgia. Onde o pregador fala e todos ouvimos, concordando com ele ou não.

Então, quando evangelizar tenha isso em mente: o público das ruas não é o público da Igreja.

3. Encare como uma conversa

Quando evangelizar, procure manter o tom e o ambiente de uma conversa. Muitas pessoas quando vão evangelizar, incorporam outra pessoa. Mudam a voz, gesticulam, já vi pessoas falando “línguas estranhas” enquanto evangelizavam o pecador, algo completamente sem lógica. Fora da recomendação bíblica, que é a de levar uma palavra clara e objetiva as pessoas.

De toda forma, enquanto fala de Jesus com as pessoas no evangelismo, faça isso, conversando com elas.

Pergunte o nome e trate-as pelo nome, elas não vão se incomodar se esquecer e perguntar de novo, vai ficar claro para elas que você se importa e se preocupa com a vida delas, e que está falando sobre Jesus porque acredita que Ele pode mudar suas vidas e guardá-las na eternidade.

4. Seja objetivo e se importe com as pessoas

Muitos cristãos saem para evangelizar pelos mais diversos motivos: bater metas da Igreja, agradar aos líderes, ficar com uma boa imagem diante da Igreja, porque acreditam na mensagem, para obedecer ao IDE de Jesus, enfim.

O que quero dizer é, as pessoas sabem quando você não está sendo honesto. Quando você está falando sobre Jesus porquê está cumprindo um protocolo, ou porquê as ama.

Deixe claro para os ouvintes que você não as está querendo levá-las para sua igreja, mas para o céu. Deixe claro que elas não são mais um número para você, mas que se importa com sua salvação e com seu bem-estar com um todo.

Seja autêntico enquanto evangeliza, e o faça porque ama as pessoas. Caso contrário, você vai ter muitas dificuldades de se conectar com elas e dificilmente virão até Cristo.

Conclusão

Evangelizar é uma das tarefas mais importantes da vida da Igreja. Sair da convivência e do conforto do Templo para anunciar o Evangelho aos perdidos é uma das tarefas mais recompensadoras do cristianismo.

Além disso, aquele que anuncia as boas novas é amado de Deus e está aomntoando riquezas diante dEle, sem contar nas maravilhosas experiências e testemunhos que acumulamos com o passar do tempo, é extremamente gratificante.

Leia Também:

Como receber avivamento?

Por que Jesus é Deus?

Diácono – Chamados para servir

O verdadeiro significado do Natal

Se você ainda não evangeliza, estimulo você a começar. Ore a Deus e peça para que ele lhe mostre como começar. Procure as pessoas que evangelizam na sua Igreja, converse com elas.

Tenho certeza que terão muito prazer em lhe ajudar!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here