Quem São os Irmãos de Jesus? Os Outros Filhos de Maria (A Verdade!)

A parte das Escrituras Sagradas que abordam a existência dos irmãos de Jesus provoca grande discussão entre a tradição católica e a Igreja Reformada. Isto acontece por que a Igreja Católica sustenta a virgindade perpétua de Maria e a Igreja Reformada acredita, que após o nascimento de Jesus, ela viveu normalmente como esposa de José.

Para esclarecer, ninguém melhor que a Bíblia Sagrada. Isto porque, ela é o registro mais confiável para análise dos personagens e do que aconteceu realmente.

Portanto, leia o estudo até o final e confira!

Quais Foram os Irmãos de Jesus de Sangue

Não é este o filho do carpinteiro? O nome de sua mãe não é Maria, e não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas? Não estão conosco todas as suas irmãs? De onde, pois, ele obteve todas essas coisas?” (Mateus 13:55-56)

A palavra que Mateus utiliza para afirmar que Jesus Cristo tinha irmãos e irmãs é adelphos e significa: um irmão, quer nascidos dos mesmos pais ou apenas da mesma mãe, tendo o mesmo antepassado nacional, pertencendo ao mesmo povo ou compatriota, irmãos em Cristo, seus irmãos pelo sangue. (Concordância de Strong).

A tradição católica acredita que estes irmãos e irmãs de Jesus eram assim considerados, por causa da fé em comum ou eram primos. Porém, a palavra grega utilizada para “primo” é anepsios.

Inclusive a mesma que o apóstolo Paulo utiliza para referir-se ao grau de parentesco entre Barnabé e Marcos (Colossenses 4.10).

Ao longo dos séculos a Igreja Católica defende a virgindade perpétua de Maria, afirmando que o único filho a quem ela deu à luz foi Jesus.

No entanto, o relato bíblico não concorda com isso. Observe o que foi escrito por Mateus: “porém não a conheceu até que deu à luz um filho”. (Mateus 1.25)

O termo grego utilizado por Mateus para referir-se a “conheceu” é ginosko e significa: expressão idiomática judaica para relação sexual entre homem e mulher.

Ou seja, após o nascimento de Jesus, José e Maria viveram como qualquer casal abençoado por Deus no casamento. Consumaram seu amor com relações sexuais e deram à luz a outros filhos.

O Primogênito de Maria

E ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria. (Lucas 2:7)

Outro ponto muito interessante, é o fato de Lucas – o médico – dizer que Jesus Cristo era o primogênito de Maria. Caso ele fosse filho único, certamente ele teria dito: “o unigênito de Maria”, que era o termo empregado para fazer a distinção.

Para fortalecer o fato de que Jesus teve outros irmãos, a Bíblia registra em mais de um texto a aparição deles e dos discípulos juntos. Observe:

Depois disso ele desceu a Cafarnaum com sua mãe, seus irmãos e seus discípulos. Ali ficaram durante alguns dias. (João 2:12)

Quando chegaram, subiram ao aposento onde estavam hospedados. Achavam-se presentes Pedro, João, Tiago e André; Filipe, Tomé, Bartolomeu e Mateus; Tiago, filho de Alfeu, Simão, o zelote, e Judas, filho de Tiago.

Todos eles se reuniam sempre em oração, com as mulheres, inclusive Maria, a mãe de Jesus, e com os irmãos de Jesus. (Atos 1:13,14)

Não temos nós o direito de levar conosco uma esposa crente como fazem os outros apóstolos, os irmãos do Senhor e Pedro? (1 Coríntios 9:5)

Ou seja, a Bíblia deixa muito claro que os irmãos de Jesus e os discípulos e apóstolos eram grupos totalmente distintos.

A Conversão dos Irmãos de Jesus

Os irmãos de Jesus lhe disseram: “Você deve sair daqui e ir para a Judeia, para que os seus discípulos possam ver as obras que você faz. Ninguém que deseja ser reconhecido publicamente age em segredo. Visto que você está fazendo estas coisas, mostre-se ao mundo”. Pois nem os seus irmãos criam nele. (João 7:3-5)

Normalmente as pessoas que menos acreditam em nós são as que estão mais próximas. Aconteceu com José, Davi e com o próprio Jesus.

Muito do nosso potencial é roubado pela mentalidade limitada das pessoas. Elas não enxergam um futuro para si, e acham que o mesmo deve ser conosco.

Os irmãos de Jesus testemunharam seus milagres, ensino e o quanto ele estava revolucionando o contexto social de seus dias, mas o parentesco que havia entre eles era um empecilho.

O fato de terem comido, brincado, corrido e aprendido a Lei ao lado dele, vendo-o crescer como uma pessoa normal, pesou. – Meu irmão mais velho é a encarnação do Filho de Deus? Não posso acreditar nisso – pensavam eles.

Muitos de nós cometem o mesmo erro dos irmãos de Jesus, com o passar do tempo. Nos tornamos tão familiarizados com o culto, com a Bíblia e com as regras, que quando Deus opera de maneira que não esperávamos, desprezamos. Não cremos!

Foi provavelmente após a sua morte e ressurreição, que os irmãos de Jesus passaram a crer nele.

Quem São Os Irmãos de Jesus?

Então chegaram a mãe e os irmãos de Jesus. Ficando do lado de fora, mandaram alguém chamá-lo. Havia muita gente assentada ao seu redor; e lhe disseram: “Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e te procuram”. “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?”, perguntou ele. Então olhou para os que estavam assentados ao seu redor e disse: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos! Quem faz a vontade de Deus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. (Marcos 3:31-35)

Este texto de Marcos é confortador!

Jesus não privilegia grupos, Ele está disponível a todos os que creem nele. Qualquer um de nós pode ser irmão, irmã e até mesmo mãe, para surpresa da tradição católica.

Para isso, só é necessário amá-lo sinceramente, estar disposto a ouvir seus ensinamentos e praticá-los.

Isso era parte de sua missão. Observe o que diz o escritor aos Hebreus:

Ao levar muitos filhos à glória, convinha que Deus, por causa de quem e por meio de quem tudo existe, tornasse perfeito, mediante o sofrimento, o autor da salvação deles. Ora, tanto o que santifica quanto os que são santificados provêm de um só. Por isso Jesus não se envergonha de chamá-los irmãos. (Hebreus 2:10-11)

Ao sermos santificados em Cristo, fomos feitos família de Deus e irmãos de Jesus. Algo do qual ele tem grande orgulho. Imagine só!

Muitos dos nossos irmãos e parentes nos desprezam e não acreditam que tenhamos um bom futuro, em contrapartida, o próprio Deus tem prazer em seus filhos e não se envergonha deles.

É um grande privilégio ser amado por Deus, que o Espírito Santo nos ajude a valorizar este maravilhoso relacionamento com o Senhor.

Tiago e Judas Irmãos de Jesus

Não vi nenhum dos outros apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor. (Gálatas 1:19)

Judas, servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos que foram chamados, amados por Deus Pai e guardados por Jesus Cristo (Judas 1:1)

A Igreja Reformada acredita que o autor da carta de Tiago e o autor da carta de Judas, são os mesmos que aparecem na lista dos irmãos de Jesus.

Com isso, podemos acreditar que os irmãos de Jesus passaram a acreditar nele, após a sua ressurreição e com o crescimento da Igreja, pelo menos estes dois se tornaram líderes na comunidade cristã.

Isto nos mostra que servimos a um Deus bom, que nos concede oportunidades. Mesmo não tendo crido em Jesus no início de seu ministério, seus irmãos mudaram de atitude e foram cheios da graça de Deus.

Conclusão

Acredito sinceramente que Jesus Cristo teve irmãos terrenos. Isto porque Jesus veio viver a vida do ser humano, com suas dificuldades, aflições e alegrias.

A família é fundamental no processo de formação do ser humano e é também o primeiro lugar onde temos contato com os conflitos e também com suas resoluções.

Também não acredito que o fato de ter dado à luz a outros filhos, diminua a integridade e a vida santa de Maria. Obviamente que ela não é imaculada, deusa, intercessora ou qualquer dessas coisas, mas ela é com certeza a mulher mais destacada da Bíblia.

Para encerrar eu gostaria de saber qual a sua opinião. Deixe seu comentário. O que você gostaria de acrescentar?

E não esqueça de compartilhar este estudo com o maior número possível de pessoas.

Deus abençoe!

11 COMENTÁRIOS

  1. Eu ainda tenho dúvidas pelo fato de não encontrar na bíblia nenhuma passagem falando de Maria grávida, e talvez naquela época chamava-se primo de irmão ou outro parentesco por ex:
    como por ex: Abrão chamou Jó de irmão sendo sobrinho.

  2. Normal é para quem escreve sobre o grande mestre Jesus algumas coisas são acrescentadas e outras suprimidas. Tudo relacionado a Ele eu leio, porem acontece que, sempre o anunciado tem cunho puramente religioso e isso leva a quem escreve dirigir o seu conceito para o campo religioso dentro de suas crenças na qual foram doutrinados. Isso não acho legal, pois tudo deveria ser escrito com base em dados históricos haja vista, Jesus o personagem mais importante da historia da humanidade sem desprezar muitos outros que como Jesus operaram milagres dentre eles podemos destacar Apolônio de Tiana, El Morya, Sidata Galtama etc. Para completar quero dizer que as irmãs de Jesus uma Maria e a mais nova Mara. Segundo a igreja católica, de onde fui adepto como seminarista Franciscano, não concorda que Maria tivera outros filhos assim sendo, Jose, Simão, Judas e Tiago eram primos embora Jesus os chamassem de irmãos. Para o mestre todos aqueles que Nele acreditassem e o seguissem em ações e atitudes eram seus irmãos e irmãs e mães. Apenas o Pai ele referia-se a o Criador.

  3. A paz do Senhor irmãos!
    Vejo com muita preocupação em saber que a maioria dos membros da igreja católica nao se preocupam em ler e estudar as escrituras da Bíblia Sagrada.

  4. Amém, muito bem colocado esse texto, palavras sábias dentro da bíblia. O interessante q eu acho , como e q os católicos são consegui ver isso , estão totalmente abitolados em eresias de uma crença sem cabimento, no capítulo 2 de João e verso 4 Jesus demonstra mas um ensinamento sobre isso , Jesus ele e o mediador .

  5. muto boa essas palavras ,é preciso acreditar que maria foi digna de honra ,mais a glória e o poder pertence a Jesus Cristo,muitos tem duvidas sobre os irmãos de jesus.mais cremos no que a biblia diz que maria teve depois de jesus irmãos e irmãs .glória a Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here