A parte das Escrituras Sagradas que abordam a existência dos irmãos de Jesus provoca grande discussão entre a tradição católica e a Igreja Reformada. Isto acontece por que a Igreja Católica sustenta a virgindade perpétua de Maria e a Igreja Reformada acredita, que após o nascimento de Jesus, ela viveu normalmente como esposa de José.

Para esclarecer, ninguém melhor que a Bíblia Sagrada. Isto porque, ela é o registro mais confiável para análise dos personagens e do que aconteceu realmente.

Portanto, leia o estudo até o final e confira!

Quais Foram os Irmãos de Jesus de Sangue

Não é este o filho do carpinteiro? O nome de sua mãe não é Maria, e não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas? Não estão conosco todas as suas irmãs? De onde, pois, ele obteve todas essas coisas?” (Mateus 13:55-56)

A palavra que Mateus utiliza para afirmar que Jesus Cristo tinha irmãos e irmãs é adelphos e significa: um irmão, quer nascidos dos mesmos pais ou apenas da mesma mãe, tendo o mesmo antepassado nacional, pertencendo ao mesmo povo ou compatriota, irmãos em Cristo, seus irmãos pelo sangue. (Concordância de Strong).

A tradição católica acredita que estes irmãos e irmãs de Jesus eram assim considerados, por causa da fé em comum ou eram primos. Porém, a palavra grega utilizada para “primo” é anepsios.

Inclusive a mesma que o apóstolo Paulo utiliza para referir-se ao grau de parentesco entre Barnabé e Marcos (Colossenses 4.10).

Ao longo dos séculos a Igreja Católica defende a virgindade perpétua de Maria, afirmando que o único filho a quem ela deu à luz foi Jesus.

No entanto, o relato bíblico não concorda com isso. Observe o que foi escrito por Mateus: “porém não a conheceu até que deu à luz um filho”. (Mateus 1.25)

O termo grego utilizado por Mateus para referir-se a “conheceu” é ginosko e significa: expressão idiomática judaica para relação sexual entre homem e mulher.

Ou seja, após o nascimento de Jesus, José e Maria viveram como qualquer casal abençoado por Deus no casamento. Consumaram seu amor com relações sexuais e deram à luz a outros filhos.

O Primogênito de Maria

E ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria. (Lucas 2:7)

Outro ponto muito interessante, é o fato de Lucas – o médico – dizer que Jesus Cristo era o primogênito de Maria. Caso ele fosse filho único, certamente ele teria dito: “o unigênito de Maria”, que era o termo empregado para fazer a distinção.

Para fortalecer o fato de que Jesus teve outros irmãos, a Bíblia registra em mais de um texto a aparição deles e dos discípulos juntos. Observe:

Depois disso ele desceu a Cafarnaum com sua mãe, seus irmãos e seus discípulos. Ali ficaram durante alguns dias. (João 2:12)

Quando chegaram, subiram ao aposento onde estavam hospedados. Achavam-se presentes Pedro, João, Tiago e André; Filipe, Tomé, Bartolomeu e Mateus; Tiago, filho de Alfeu, Simão, o zelote, e Judas, filho de Tiago.

Todos eles se reuniam sempre em oração, com as mulheres, inclusive Maria, a mãe de Jesus, e com os irmãos de Jesus. (Atos 1:13,14)

Não temos nós o direito de levar conosco uma esposa crente como fazem os outros apóstolos, os irmãos do Senhor e Pedro? (1 Coríntios 9:5)

Ou seja, a Bíblia deixa muito claro que os irmãos de Jesus e os discípulos e apóstolos eram grupos totalmente distintos.

A Conversão dos Irmãos de Jesus

Os irmãos de Jesus lhe disseram: “Você deve sair daqui e ir para a Judeia, para que os seus discípulos possam ver as obras que você faz. Ninguém que deseja ser reconhecido publicamente age em segredo. Visto que você está fazendo estas coisas, mostre-se ao mundo”. Pois nem os seus irmãos criam nele. (João 7:3-5)

Normalmente as pessoas que menos acreditam em nós são as que estão mais próximas. Aconteceu com José, Davi e com o próprio Jesus.

Muito do nosso potencial é roubado pela mentalidade limitada das pessoas. Elas não enxergam um futuro para si, e acham que o mesmo deve ser conosco.

Os irmãos de Jesus testemunharam seus milagres, ensino e o quanto ele estava revolucionando o contexto social de seus dias, mas o parentesco que havia entre eles era um empecilho.

O fato de terem comido, brincado, corrido e aprendido a Lei ao lado dele, vendo-o crescer como uma pessoa normal, pesou. – Meu irmão mais velho é a encarnação do Filho de Deus? Não posso acreditar nisso – pensavam eles.

Muitos de nós cometem o mesmo erro dos irmãos de Jesus, com o passar do tempo. Nos tornamos tão familiarizados com o culto, com a Bíblia e com as regras, que quando Deus opera de maneira que não esperávamos, desprezamos. Não cremos!

Foi provavelmente após a sua morte e ressurreição, que os irmãos de Jesus passaram a crer nele.

Quem São Os Irmãos de Jesus?

Então chegaram a mãe e os irmãos de Jesus. Ficando do lado de fora, mandaram alguém chamá-lo. Havia muita gente assentada ao seu redor; e lhe disseram: “Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e te procuram”. “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?”, perguntou ele. Então olhou para os que estavam assentados ao seu redor e disse: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos! Quem faz a vontade de Deus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. (Marcos 3:31-35)

Este texto de Marcos é confortador!

Jesus não privilegia grupos, Ele está disponível a todos os que creem nele. Qualquer um de nós pode ser irmão, irmã e até mesmo mãe, para surpresa da tradição católica.

Para isso, só é necessário amá-lo sinceramente, estar disposto a ouvir seus ensinamentos e praticá-los.

Isso era parte de sua missão. Observe o que diz o escritor aos Hebreus:

Ao levar muitos filhos à glória, convinha que Deus, por causa de quem e por meio de quem tudo existe, tornasse perfeito, mediante o sofrimento, o autor da salvação deles. Ora, tanto o que santifica quanto os que são santificados provêm de um só. Por isso Jesus não se envergonha de chamá-los irmãos. (Hebreus 2:10-11)

Ao sermos santificados em Cristo, fomos feitos família de Deus e irmãos de Jesus. Algo do qual ele tem grande orgulho. Imagine só!

Muitos dos nossos irmãos e parentes nos desprezam e não acreditam que tenhamos um bom futuro, em contrapartida, o próprio Deus tem prazer em seus filhos e não se envergonha deles.

É um grande privilégio ser amado por Deus, que o Espírito Santo nos ajude a valorizar este maravilhoso relacionamento com o Senhor.

Tiago e Judas Irmãos de Jesus

Não vi nenhum dos outros apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor. (Gálatas 1:19)

Judas, servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos que foram chamados, amados por Deus Pai e guardados por Jesus Cristo (Judas 1:1)

A Igreja Reformada acredita que o autor da carta de Tiago e o autor da carta de Judas, são os mesmos que aparecem na lista dos irmãos de Jesus.

Com isso, podemos acreditar que os irmãos de Jesus passaram a acreditar nele, após a sua ressurreição e com o crescimento da Igreja, pelo menos estes dois se tornaram líderes na comunidade cristã.

Isto nos mostra que servimos a um Deus bom, que nos concede oportunidades. Mesmo não tendo crido em Jesus no início de seu ministério, seus irmãos mudaram de atitude e foram cheios da graça de Deus.

Conclusão

Acredito sinceramente que Jesus Cristo teve irmãos terrenos. Isto porque Jesus veio viver a vida do ser humano, com suas dificuldades, aflições e alegrias.

A família é fundamental no processo de formação do ser humano e é também o primeiro lugar onde temos contato com os conflitos e também com suas resoluções.

Também não acredito que o fato de ter dado à luz a outros filhos, diminua a integridade e a vida santa de Maria. Obviamente que ela não é imaculada, deusa, intercessora ou qualquer dessas coisas, mas ela é com certeza a mulher mais destacada da Bíblia.

Para encerrar eu gostaria de saber qual a sua opinião. Deixe seu comentário. O que você gostaria de acrescentar?

E não esqueça de compartilhar este estudo com o maior número possível de pessoas.

Deus abençoe!

8 COMENTÁRIOS

  1. A paz do Senhor irmãos!
    Vejo com muita preocupação em saber que a maioria dos membros da igreja católica nao se preocupam em ler e estudar as escrituras da Bíblia Sagrada.

  2. Amém, muito bem colocado esse texto, palavras sábias dentro da bíblia. O interessante q eu acho , como e q os católicos são consegui ver isso , estão totalmente abitolados em eresias de uma crença sem cabimento, no capítulo 2 de João e verso 4 Jesus demonstra mas um ensinamento sobre isso , Jesus ele e o mediador .

  3. muto boa essas palavras ,é preciso acreditar que maria foi digna de honra ,mais a glória e o poder pertence a Jesus Cristo,muitos tem duvidas sobre os irmãos de jesus.mais cremos no que a biblia diz que maria teve depois de jesus irmãos e irmãs .glória a Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here