Jesus

Jesus Cristo: Quem foi Jesus Cristo? Quem é Jesus Cristo? Estudo Completo!

Jesus Cristo dividiu épocas. O seu propósito através de sua vida, ensinos e milagres sempre foi revelar a verdadeira vontade de Deus da forma correta, sem parcialidade, religiosidades, ou fundamentos humanos.

Rompeu com o sistema farisaico de apresentar Deus de forma vazia e hipócrita. O senhor Jesus Cristo sempre revelou um profundo compromisso com a verdade, sendo ele a própria revelação da verdade.

Neste estudo bíblico você verá de forma ampla aquilo que a bíblia revela acerca de Jesus Cristo.

Quem é Jesus Cristo 

Quem é Jesus Cristo

Jesus Cristo é o Filho Unigênito de Deus. Ou seja, o único que possui a mesma essência de Deus. Essência divina.

Ele é uma das pessoas da Trindade. Uma das pessoas por meio da qual a Divindade se revela. Além disso Jesus Cristo é o Redentor, o Mediador da nova aliança entre Deus e a humanidade.

Jesus Cristo aceitou a missão de se fazer homem, viver a nossa vida, conhecer as nossas dores e levar sobre si o nosso pecado.

Enquanto homem viveu uma vida simples e era facilmente confundido com outras pessoas, ou seja, humanamente falando Jesus Cristo não se destacava.

No entanto, sua humildade e sabedoria, além de seu poder deixavam muito claro que era alguém especial. Enquanto os judeus aguardavam um libertador humano, Jesus Cristo se revelou um Salvador Eterno.

Maria Mãe de Jesus Cristo 

Respondeu Maria: “Sou serva do Senhor; que aconteça comigo conforme a tua palavra”. Então o anjo a deixou. (Lucas 1:38)

Maria foi agraciada por Deus para ser a mãe de Jesus Cristo. Obviamente que a escolha não foi sem razão. Ao falar com Maria o anjo Gabriel lhe diz: “Alegre-se, agraciada! O Senhor está com você!”.

Maria desenvolveu uma vida de intimidade com Deus, guardando sua Palavra e conservando seu corpo em pureza diante dele. Mesmo sabendo que poderia sofrer drásticas consequências, como apedrejamento e morte, ela aceita a missão. Era uma missão sem precedentes. Ou seja, Maria assumiu um risco altíssimo ao aceitar ser a mãe terrena de Jesus Cristo.

O Antigo Testamento não revela nada parecido, contudo, através do profeta Isaías ele avisa: “Por isso o Senhor mesmo lhes dará um sinal: a virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamará Emanuel”. (Isaías 7:14)

Saiba mais sobre Maria a mãe de Jesus Cristo no estudo bíblico: O Nascimento de Jesus.

O Nascimento de Jesus Cristo 

E ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria. (Lucas 2.7)

O nascimento de Jesus Cristo é um dos maiores exemplos de humildade da história da humanidade. Mesmo sendo Senhor e Rei Eterno, ele se fez homem.

Há um texto na carta aos Hebreus, que particularmente me emociona muito. “Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu...” (Hebreus 5:8).

Ou seja, parte do plano de Deus no nascimento de Jesus Cristo era que ele vivenciasse as nossas dores, para entender nosso sofrimento.

Como Deus, Jesus Cristo nunca cansou. Sofreu. Sentiu dor de cabeça. Dormiu. Isso só se tornou possível quando ele começou a ser gerado pelo Espirito Santo no ventre da humilde Maria.

Seu primeiro choro e sua primeira respiração foram em um ambiente cercado por feno e animais, em uma manjedoura. Ali o Deus eterno se fez homem.

Para saber mais leia o estudo bíblico: O Nascimento de Jesus.

O Nome de Jesus Cristo 

Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus. (Lucas 1:31)

Comum. Assim pode ser definido o nome Jesus. Como José e Diego estão para os nossos dias, Jesus estava para os dele. Ou seja, Jesus Cristo não veio com um sobrenome real, fantástico, inspirador. Ele veio com um nome simples, como o meu e o seu.

No entanto, o que não se confunde com a discrição do nome de Jesus Cristo, é o seu poder.

Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, no céu, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai. (Filipenses 2:9:11)

O nome de Jesus Cristo está sobre todo nome. Ao nome de Jesus Cristo se sujeitam: enfermidades, demônios, principados e potestades. E tudo quanto pedirmos ao Pai, em Nome de Jesus Cristo nos será concedido.

Para saber mais, leia o estudo bíblico: O Nome de Jesus e o Poder de Deus.

Milagres de Jesus Cristo 

Milagres de Jesus Cristo: Os 35 Milagres de Jesus nos Evangelhos

Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e poder, e como ele andou por toda parte fazendo o bem e curando todos os oprimidos pelo diabo, porque Deus estava com ele. (Atos 10:38)

Os milagres de Jesus Cristo são um grande marco de sua vida e ministério. É algo sem precedentes. Nem Moisés, Elias, Eliseu e todos os outros profetas foram tão agraciados por Deus com milagres.

Os milagres de Jesus Cristo têm o propósito de revelar que ele é o Filho de Deus, manifestar a misericórdia e a vontade de Deus para a humanidade e levar o perdido a crer (João 4.48).

Se você quer saber mais sobre os milagres de Jesus Cristo, leia o estudo bíblico: Os 35 Milagres de Jesus Revelados no Evangelhos.

Ensinamentos de Jesus Cristo 

Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele, e ele começou a ensiná-los… (Mateus 5:1,2)

O Senhor Jesus Cristo ama ensinar. Ele observava as multidões e ficava movido de compaixão delas por serem como ovelhas sem pastor (Mateus 9.36).

Os ensinamentos de Jesus Cristo em um sentido macro, marcam a história da humanidade e são os fundamentos da sociedade ocidental, sendo alicerce da fundação das maiores nações do mundo. Todos os países de primeiro mundo há mais de 30 anos, tem na sua história os ensinamentos de Jesus Cristo.

No campo individual, os ensinamentos de Jesus Cristo são responsáveis pela transformação de bilhões de vidas ao longo desses dois milênios.

Se você quer saber mais sobre os ensinamentos de Jesus Cristo, leia o estudo bíblico: 15 Ensinamentos de Jesus Que Podem Mudar Sua Vida.

Parábolas de Jesus Cristo 

Jesus falou todas estas coisas à multidão por parábolas. Nada lhes dizia sem usar alguma parábola. (Mateus 13:34)

O ministério de Jesus foi e é revolucionário. E um dos elementos que ele utilizou em suas ministrações foram as parábolas.

As parábolas de Jesus são um clássico na literatura mundial. Traduzidas em diversos idiomas e temas de inúmeros sermões, elas tem o poder de trazer verdades realmente profundas com uma linguagem simples e apresentando figuras do dia-a-dia do povo que as ouvia.

Em nossos dias as parábolas de Jesus continuam sendo relevantes, assim como toda a Palavra de Deus, e tem o poder de enriquecer não apenas o nosso conhecimento mas também o nosso comportamento (Para saber mais leia: As Parábolas de Jesus).

Transfiguração de Jesus Cristo 

Ali ele foi transfigurado diante deles. Sua face brilhou como o sol, e suas roupas se tornaram brancas como a luz. (Mateus 17:2)

A transfiguração de Jesus Cristo é um dos episódios que confirmam que Ele é o Filho de Deus. No momento em que Jesus Cristo está orando, em companhia de Pedro, Tiago e João, uma nuvem os cerca, e o corpo dele se torna glorificado.

Em seguida aparecem Moisés e Elias, os representantes da Lei e dos Profetas que começam a conversar com Jesus Cristo e a consolá-lo, pois em poucos dias ele será preso e morto.

Ao final, uma voz de dentro da nuvem que diz: “Este é o meu Filho amado em quem me agrado. Ouçam-no! ” (Mateus 17:5)

Os discípulos ficaram aterrorizados, mas foram testemunhas de um dos fatos mais importantes da história, posteriormente eles poderiam dizer com muita propriedade que Jesus é realmente o Cristo, o Filho do Deus vivo.

Títulos de Jesus Cristo 

Ao longo de sua vida e ministério o Senhor Jesus Cristo recebeu inúmeros títulos. A grande maioria deles já havia sido previsto por meio das profecias.

A seguir você verá a lista de todos os títulos pelos quais o Senhor Jesus Cristo era chamado.

Jesus Cristo o Filho de Deus

Eu vi e testifico que este é o Filho de Deus. (João 1:34)

Em diversos lugares, a Bíblia afirma que Jesus Cristo é o Filho de Deus:

  • Marcos 1.1
  • Mateus 16.16
  • João 1.49

Isso significa, dentre tantas coisas que Jesus Cristo possui essência de Deus (Ver o estudo bíblico: O Nascimento de Jesus).

Além de seu nascimento virginal, a vida de Jesus é ímpar. Nunca se viu alguém capaz de operar tantos milagres como Jesus Cristo. O seu repertório incluí: diversas ressurreições de mortos, cura de cego de nascença, poder sobre a natureza como andar sobre as águas e acalmar tempestades (Ver estudo bíblico sobre: Os 35 Milagres de Jesus).

Além disso, Jesus morreu e ressuscitou ao terceiro dia. Fato que foi testemunhado por um bom número de pessoas (Ver estudo bíblico sobre: A Ressurreição de Jesus).

Jesus Cristo existe antes de todas as coisas. Ele esteve com o Pai e o Espírito na criação, sem ele nada do que existe teria sido feito (Colossenses 1.13-20).

E por fim, Jesus Cristo é o único capaz de reconciliar a humanidade com Deus. Não há ninguém, no céu, na Terra ou debaixo da Terra capaz ou apto para restaurar essa comunhão. Somente Ele (I Timóteo 2.5).

Jesus Cristo o Filho do Homem 

Mas de agora em diante o Filho do homem estará assentado à direita do Deus Todo-poderoso. (Lucas 22:69)

Na cultura hebraica dos dias de Jesus Cristo essa expressão se referia a alguém de posição humilde, sem privilégios. Na Bíblia a expressão Filho do Homem aparece cerca de 80 vezes fazendo referência a Jesus Cristo.

Ela pode apresentar dois sentidos:

  • Jesus Cristo como ser humano normal.
  • Jesus Cristo como o Filho do Homem que aparece na profecia de Daniel (Daniel 7.13,14)

Não é incoerente afirmar que Jesus Cristo tenha usado essa expressão com ambos os sentidos. Já que ele era 100% humano como Messias prometido.

Jesus Cristo Filho de Davi 

Jesus Filho de Davi

Então ele se pôs a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim!” (Lucas 18:38)

Após inúmeras e longas batalhas o Senhor Deus deu descanso a Davi de todos os seus inimigos. Mas ao se ver morando em um palácio confortável e luxuoso o rei teve o desejo de construir uma casa para o Senhor e para a Arca da aliança.

A voluntariedade de Davi chamou a atenção de Deus, o qual prometeu ao rei que o trono dele seria perpetuado. Um herdeiro de Davi governaria para sempre a Israel (2 Samuel 15.17).

Quando as pessoas viram a Jesus Cristo e tudo o que ele fazia, reconheceram que ele era esse filho de Davi. O rei eterno de Israel (Para saber mais ver: Estudo Bíblico Sobre Jesus o Filho de Davi).

Jesus Cristo o Bom Pastor 

Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas. (João 10:11)

A função do pastor é basicamente três:

  • Guiar
  • Proteger
  • Alimentar

É exatamente isso que o Senhor Jesus Cristo se propõe a fazer por aqueles que creem nele.  Guiar, proteger e alimentar.

O Senhor Jesus Cristo é tão dedicado a sua tarefa que deu sua própria vida para guardar suas ovelhas. Ele reflete exatamente o Pastor descrito por Davi no Salmo 23. Inspirando confiança, esperança e cuidado mesmo em face da morte.

(Para saber mais veja: Jesus o Bom Pastor – Eu Vim Para Que Tenham Vida)

Jesus Cristo é o Caminho 

Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. (João 14:6)

Em sua canção “Vai Raiar o Sol”, o cantor e compositor Marcos Almeida faz a seguinte declaração:

No acaso ia, não vou mais

Vou pela fé na tua voz

Que soará todos os dias

Me tirando o medo

É exatamente assim. O Senhor Jesus Cristo, não apenas nos guia, Jesus é o caminho. É o caminho que nos leva para o conhecimento de Deus e para o céu.

Em sua obra “o Peregrino”, Jhon Bunyan retrata a perspectiva de um pecador que sente o peso do seu pecado, e quer livrar-se dele. Na busca pela redenção ele encontra com “Evangelista”, que o orienta a seguir pelo caminho estreito.

Jesus Cristo é esse caminho. Ele é o único capaz de promover essa condução, de maneira correta e garantida (Ver o estudo bíblico: Jesus é o Caminho – 3 Verdades Para a Vida).

Jesus de Nazaré

A multidão respondia: “Este é Jesus, o profeta de Nazaré da Galileia. (Mateus 21:11)

Jesus Cristo era assim chamado pelo fato de ter crescido em Nazaré. Pequena cidade do interior da Galileia.

Nazaré não foi agraciada com uma rota comercial importante ou mesmo com um grande centro acadêmico. Era a típica cidade do interior. Além do mais Nazaré ou mesmo a Galileia nunca havia sido o berço de nenhum profeta em toda sua história (João 7.52).

Por esses motivos, ao longo do tempo o Senhor Jesus era identificado pelo título de Jesus de Nazaré (Para saber mais leia o estudo bíblico: O Nascimento de Jesus – do anúncio a manjedoura). 

Por Que Só Jesus Cristo Salva? 

Eles responderam: “Creia no Senhor Jesus, e serão salvos, você e os de sua casa”. (Atos 16:31)

Jesus Cristo é o único capaz de salvar a humanidade, porque Ele é o Unigênito do Pai e mesmo se tornando homem, não cometeu pecado. Com isso Ele se tornou o mediador de uma nova e superior aliança.

Durante os seus dias de vida na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em alta voz e com lágrimas, àquele que o podia salvar da morte, sendo ouvido por causa da sua reverente submissão. Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu; e, uma vez aperfeiçoado, tornou-se a fonte de eterna salvação para todos os que lhe obedecem… (Hebreus 5:7-9)

Para saber mais leia o estudo bíblico: Por que Só Jesus Salva?

Jesus Cristo no Getsêmani 

Jesus no Getsêmani

Então Jesus os levou a um lugar chamado Getsêmani, e os mandou sentar e esperar, enquanto ia adiante para orar. (Mateus 26.36)

O Getsêmani é um momento decisivo no ministério de Jesus Cristo. Ele sente toda a pressão de carregar o pecado da humanidade sobre si. Por um momento Ele chega a pedir ao Pai que o livre desse sofrimento.

O seu suor se transforma em grandes gotas de sangue. Jesus Cristo une oração e lágrimas para pedir força a Deus, pois seus irmãos, amigos e apóstolos estão dormindo de cansados e não se importam com o sofrimento de seu Mestre.

Jesus Cristo no Getsêmani nos dá um exemplo extraordinário de submissão a Deus e amor ao próximo. Porque aquilo que lhe causou imensa dor é a causa da nossa redenção (Para saber mais leia o estudo bíblico: Jesus no Getsêmani – 9 Lições que Você Precisa Saber).

Jesus Cristo na Cruz 

Jesus Na Cruz

Depois da crucificação, os soldados tiraram a sorte para dividir entre si as roupas dele. Então sentaram-se em volta e ficaram montando guarda, enquanto ele estava pendurado ali. ” (Mateus 27.35,36)

A crucificação de Jesus Cristo é o término da sua missão. Não em vão, antes de entregar o espirito ele declara: “está consumado! ”.

Na cruz do calvário o Senhor Jesus Cristo levou as nossas dores, os nossos pecados e as nossas culpas. Nos tornando aceitáveis a Deus.

A crucificação era a forma de morte mais humilhante a qual o homem podia ser submetido. O condenado a cruz era considerado um maldito, desgraçado e para piorar a dor do Senhor Jesus Cristo, por um instante Ele se viu longe do Pai.

Isso aconteceu porque Deus não tem comunhão com o pecado. Na cruz o Senhor Jesus Cristo se fez pecado por todos nós.

A morte de Jesus Cristo na cruz, fez com que o véu do Templo se rasgasse de alto a baixo, significando que o caminho para Deus estava aberto, mas só pode ser trilhado em Jesus Cristo (Para saber mais leia o estudo bíblico: Jesus na Cruz – a Trajetória da Redenção).

Ressurreição de Jesus Cristo 

Ressurreição de Jesus

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo! Conforme a sua grande misericórdia, ele nos regenerou para uma esperança viva, por meio da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos (1 Pedro 1:3)

A ressurreição de Jesus Cristo, ao terceiro dia após sua crucificação, confirma sua vitória sobre o pecado e sobre a morte.

Além disso ao ressuscitar o Senhor Jesus recebeu toda a autoridade no céu e na Terra. Sobre as questões celestiais e humanas Jesus é o Senhor. Tudo é feito por ele e para ele.

Após a ressurreição, o Senhor Jesus recebeu o nome que está sobre todo o nome, ou seja, Jesus Cristo é Rei de reis e Senhor de Senhores (Para saber mais leia o estudo bíblico: Ressurreição de Jesus – A Vitória Sobre a Morte e o Pecado).

A Volta de Jesus Cristo 

Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim. Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar. E se eu for e lhes preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver. (João 14:1:3)

O Senhor Jesus Cristo não nos abandonou após o cumprimento de sua missão na Terra. O contrário é verdade, Ele prometeu que estaria conosco todos os dias até o fim dos séculos.

Acrescentou também que voltaria para buscar seus irmãos e irmãs. A volta de Jesus Cristo é um evento aguardado por todos os seus servos. Quando isso acontecer o Reino de Deus será plenamente estabelecido e a vontade de Deus governará para sempre.

Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo

Irmãos, não queremos que vocês sejam ignorantes quanto aos que dormem, para que não se entristeçam como os outros que não têm esperança. Se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, cremos também que Deus trará, mediante Jesus e juntamente com ele, aqueles que nele dormiram.

Dizemos a vocês, pela palavra do Senhor, que nós, os que estivermos vivos, os que ficarmos até a vinda do Senhor, certamente não precederemos os que dormem. Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá do céu, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro.

Depois disso, os que estivermos vivos seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre. Consolem-se uns aos outros com estas palavras. (1 Tessalonicenses 4:13:18)

O arrebatamento da Igreja se dará por ocasião da primeira volta de Jesus Cristo. Esse evento pode acontecer a qualquer momento (quem sabe enquanto você lê esse estudo bíblico? Rsrsrsrs) e terá a duração de um piscar de olhos, ou seja, alguns milésimos de segundo.

De acordo com o texto bíblico os que estiverem mortos ressuscitarão primeiro, depois os fiéis que estiverem vivos serão arrebatados. Após isso, nunca mais haverá, para os santos: choro, nem dor, nem clamor. O Senhor Jesus Cristo enxugará dos nossos olhos toda lágrima.

O Anticristo 

Filhinhos, esta é a última hora; e, assim como vocês ouviram que o anticristo está vindo, já agora muitos anticristos têm surgido. Por isso sabemos que esta é a última hora. (1 João 2:18)

Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o anticristo: aquele que nega o Pai e o Filho. (1 João 2:22)

O anticristo de acordo com os estudiosos é um líder mundial que surgirá após o arrebatamento da Igreja e promoverá um equilíbrio mundial jamais visto, e que terá a duração de cerca de três anos e meio.

No entanto, antes mesmo dessa aparição o espirito do anticristo já habita na Terra. Ele se revela contrário a tudo que promove o Senhor Jesus Cristo e o seu Reino.

A função e propósito do anticristo é promover o reino das trevas. Dessa forma tudo o que puder usar em seu benefício em todas as áreas ele o fará.

Amor de Jesus Cristo 

E vivam em amor, como também Cristo nos amou e se entregou por nós como oferta e sacrifício de aroma agradável a Deus. (Efésios 5:2)

Como já vimos o amor de Jesus Cristo é dedicado e incondicional. Por nos amar Ele sofreu humilhação, vergonha e dor jamais vistas.

O Senhor Jesus ordenou aos seus discípulos que da mesma forma como ele nos amou, nós deveríamos amar uns aos outros.

Sendo assim não podemos mais viver em “pé de guerra” uns com os outros, ao contrário o Senhor Jesus Cristo através de seu Espírito promove unidade, comunhão na Igreja (Para saber mais leia o estudo bíblico: Comunhão Entre os Irmãos – 4 Pontos Que Devem Ser Observados).

Jesus Cristo Te Ama 

Jesus Cristo Te Ama

Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. (Romanos 8:37:39)

Acredito que não resta mais dúvidas quanto a isso. Jesus Cristo te ama! Não há nada, nem ninguém, ou mesmo circunstância capaz de provar o contrário.

O amor de Jesus Cristo não é demonstrado com palavras apenas. Ele pode ser visto. Comprovado. Seu amor é palpável, não uma lenda.

Desfrutar esse amor é algo que está a disposição de qualquer um, a única exigência é que você creia nele e o receba como Senhor e Salvador de sua vida. E então, qual vai ser? (Para saber mais leia o estudo bíblico: Jesus me ama? Sim, Eu Sei Que Jesus Me Ama).

Conclusão 

Jesus Cristo é a pessoa mais importante da história da humanidade. Antes dele não se viu, e após ele não se verá alguém semelhante, em poder, majestade e glória.

Ele é o único capaz de promover a reconciliação entre a humanidade pecadora e o Deus eterno. Recebê-lo como Senhor e Salvador de nossas vidas. Dessa forma seremos feitos filhos de Deus.

Por fim, gostaria de conhecer sua opinião. O que você gostaria de acrescentar a esse estudo bíblico? Deixe seu comentário.

Além disso, compartilhe com seus parentes e familiares e não esqueça de INSCREVER-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE. 

Sobre o autor | Website

Diego Nascimento é membro da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, estudante de Teologia e Administração. Seu amor por Jesus o inspirou a fundar esse site.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

7 Comentários

  1. Eder Alves da Cunha disse:

    Muito bom adorei o estudo Parabéns

  2. Rodrigo Santos disse:

    Vaso estou dando esse estudo lá na Escola Anísio Teixeira em Salvador-BA e a semente está sendo lançadas nos Corações de cada um daqueles Jovens. Jesus é na sua Vida continue Firme em Deus. SL 121 PARA VOCÊ MEDITAR.

  3. karen disse:

    ual que textos, que avivamento. obrigada

  4. Ӏ will immediatelʏ grqb y᧐uг rrss feed as Ӏ can not
    in finding your e-maiⅼ subscription hyрerlink oor newsletter service.
    Do you’ve any? Kindly let me recognise so that I may just
    subscribe. Thanks.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.