Jesus Chorou - Jesus e a Bíblia

Jesus chorou várias vezes durante sua vida e ministério. Ele derramou muitas lágrimas de intercessão, dor, agonia e dependência de Deus. Mas um episódio chama a atenção de maneira diferenciada.

Quatro dias após a morte de Lázaro, Jesus vai ao velório e encontra o cenário mais devastador na vida do ser humano: a morte.

No proposito original de Deus, ela não existia. Após o pecado, a morte passou a ser o salário, pagamento a retribuição do pecado. E por isso, sofremos tanto quando a pessoa amada se vai.

Jesus chorou, porque Ele sentiu a angustia da alma de Marta, Maria e de todas as pessoas que o amavam. O Mestre percebeu o quanto nos sentimos impotentes e inseguros diante dela.

Daí vieram as lágrimas.

Não é porque aquilo era “demais” para Ele. Ele chorou porque se importa.

Talvez hoje, você esteja como Marta e Maria. Chorando. Ou não.

De qualquer forma, eu lhe convido a ler este estudo até o final. Ele nos ajuda a entender melhor os sentimentos de Deus.

O Encontro Entre Jesus e Maria

Ao chegar ao velório de Lázaro, Jesus é primeiramente abordado por Marta (João 11:28-30) e depois de algumas palavras, o Filho de Deus procurou por Maria. Então Marta foi avisá-la.

Tudo indica que o Senhor queria conversar a sós com sua amiga, a quem ele amava, para confortá-la e ensinar. Entretanto, a multidão não permitiu, pois assim que Maria foi ao encontro de Jesus, eles a seguiram (João 11:31,32).

Vendo Jesus, Maria caiu a seus pés. Assim como Marta, ela também disse ao Mestre que se ele estivesse ali, teria evitado tudo aquilo.

As Lágrimas de Jesus

O ambiente de tristeza, dor e lágrimas mexeu com Jesus (João 11:33,34). Imediatamente ele perguntou onde Lázaro estava sepultado e quando viu, Jesus chorou.

Suas lágrimas, diferentemente das outras, era provavelmente por causa do dano que foi causado à Criação após a entrada do pecado. Porém, as pessoas interpretaram seu choro como uma expressão de Seu amor por Lázaro.

Em seguida, Jesus ordenou que a pedra fosse removida e após uma oração de ação de graças, ordenou que Lázaro voltasse a vida. Instantes depois ele saiu de dentro do sepulcro, todo enfaixado, mas vivo.

Conclusão

Jesus chorou porque percebeu o quanto a morte é danosa e o quanto o Diabo se aproveita dela para atormentar o ser humano. A dor do luto foi tão profunda, que ao perceber como as pessoas se sentiam, o Filho de Deus não pode conter-se.

O Senhor sabia que ressuscitaria Lázaro, não foi esse o motivo do seu choro. A impotência e o desespero não podem abalá-lo. As lágrimas vieram da dor que eu e você sentimos, todas as vezes que alguém que nós amamos, se vai.

A atitude de Jesus nos mostra que Deus se importa. Ele quer sara nossa dor e curar nossas feridas. Portanto, não precisa chorar a sós, convide o Deus eterno para estar com você.

Ele sabe exatamente como se sente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here