marca_final-01

TODAS as Vidas Importam Para Jesus

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Vivemos dias muito difíceis, onde a vida do ser humano tem sido tratada como objeto de pouco valor: pessoas tirando a vida de outras, por causa da cor de sua pele, pessoas agindo de maneira preconceituosa, discriminando ou tratando-a outros seres humanos com pouco valor, com base na sua etnia, no formato no seu cabelo. Mas para Jesus, todas as vidas importam!

O Senhor Deus nos criou com a perspectiva de valor muito maior do que essa. Eu e você precisamos compreendê-las bem. 

Vidas importam para Deus. Como nosso criador Ele quer que aprendemos a valorizar-nos, mas do jeito certo.

Em João 3:16 está escrito: “porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu filho unigênito para que todo que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna”. 

Vidas importam

A morte de George Floyd, estrangulado por um policial branco durante uma abordagem nos Estados Unidos eclodiu em todo o mundo o movimento: Vidas Negras importam. 

O Brasil tem hoje a maioria da população 55,8% composta por pretos e pardos, mas é justamente esse grupo que tem a maior taxa de analfabetismo, os menores salários e sofre mais com a violência e o desemprego.

Em 2017, 50,7% das crianças até 5 anos que morreram por causas evitáveis eram pardas e pretas, enquanto 39,9% eram brancas. Segundo os dados do Ministério da Saúde, negros ganham menos que brancos e a violência contra mulheres negras é muito maior do que contra mulheres brancas. 

Mas, perceba que nas palavras que o Senhor Jesus falou a Nicodemos que Deus amou o mundo inteiro: independente da sua cor, independente da sua raça.

Se você é negro ou branco, o Senhor Jesus entregou a vida dele por mim e por você. Sendo assim, pensar nos nossos problemas baseado na cor da nossa pele, na nossa economia, na nossa raça não é tão produtivo, é pensar de maneira muito limitada. Precisamos ser mais abrangentes!

Quando Deus pensa no nosso problema, Ele pensa com base na nossa necessidade de arrependimento. Deus fez o ser humano a sua imagem, à sua semelhança. E pessoas de todas as cores, raças, tribos e nações são imagem e semelhança de Deus.

Somos amados!

O Senhor Deus nos amou! E, isso foi tão intenso e profundo que Ele envia Jesus a cruz do Calvário. E nesse momento Jesus não morre apenas por pretos ou por brancos, por etnias ou por raças. 

Ele entregou sua vida pelo mundo, por pessoas de todo mundo. O Senhor Jesus entregou-se por você e isso foi de maneira completa porque Deus tanto amou o mundo de tal maneira que entregou seu filho, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 

Podemos ter esperança porque o convite de Deus não é baseado nas nossas etnias, nas nossas raças ou na cor da nossa pele.

Podemos ter esperança porque o convite que ele nos faz é baseado naquilo que nós somos como pessoas, como seres humanos, com todos os nossos problemas, sejam eles provenientes da cor da nossa pele ou não, sejam eles provenientes da nossa raça ou não. 

O senhor Jesus entregou-se por nós. Entregou-se por mim entregou-se por você!

Não importa a sua classe social, a cor da sua pele, a cor dos seus olhos, o tipo do seu cabelo, qual o seu salário ao final do mês ou mesmo a condição social que você vive. 

Ele entregou-se por você! Foi para salvar você que ele se entregou no Calvário!  

Na conversa com Nicodemos o Senhor Jesus deixa isso muito. Deus ama negros. Deus ama brancos. Deus ama pardos. Deus ama asiáticos. Deus ama latino-americanos. Deus ama africanos. Deus ama europeus. 

Deus ama o mundo inteiro. Pessoas de todo mundo independente da sua cor, da sua raça, da sua etnia, do idioma que ela fala. O Senhor Deus amou. Ele ama e entregou Jesus por isso. 

Sendo assim, eu e você podemos ter esperança. O Senhor não nos separa ou não lida com os nossos problemas com base naquilo que somos, de onde viemos, mas em que Ele nos fez a sua imagem e semelhança: negros e brancos, pardos, pessoas de todo. 

Por isso nós podemos ter esperança!

A morte de George Floyd fez com que pessoas de todo mundo lutassem por um direito, por uma causa que tem sido reprimida há séculos que tantas pessoas já tentaram mas ainda não conseguiram vencê-la. 

A morte de Floyd eclodiu esse problema de uma forma muito notável em todo o mundo. Onde pessoas de todas as partes do mundo passaram a lutar por uma única causa. 

Mas é interessante pensar que a morte de Jesus fez muito mais que isso. A morte e ressurreição de Jesus não apenas nos deu esperança, mas também Ele abriu a porta para o novo relacionamento com Deus. 

E isso não com base na cor da nossa pele, na nossa etnia, o Senhor Jesus o fez de maneira profunda, porque o Senhor Jesus sabe que nós temos um problema muito mais grave. Ele sabe que o nosso maior problema está no pecado, que se deu  após a queda de Adão e Eva. 

E é esse o problema que o Senhor Jesus vem resolver. E a Morte e a ressurreição do Senhor Jesus, o seu sangue derramado na cruz resolve algo que não tem cor, não tem raça tribo ou nação. 

O escritor aos romanos diz que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus: negros, brancos, pardos, asiáticos e latino-americanos. Todos pecaram e somente o Senhor Jesus pode fazer essa reconciliação e o fez. 

A morte de Jesus nos dá esperança, mas maior esperança nos dá sua ressurreição. Porque por meio disso o Senhor Jesus venceu a morte, o diabo e o inferno. 

Portanto, o seu maior problema não está na cor da sua pele, na sua etnia ou na sua raça. O seu maior problema está em que todos nós pecamos, todos cometem erros.

Mas, vidas importam! Seja ela qual for. A sua vida importa!

E o Senhor Jesus veio para resgatar você do mais profundo lamaçal do pecado, do mais profundo abismo em que a minha e a sua alma se encontrava. 

O Senhor Jesus veio para que nós Nele tenhamos vida e vida com abundância. É isso que importa!

Você pode crer no Senhor Jesus: Porque para Ele vidas importam!

SONY DSC

Sobre o Autor

Instagram:@diegonascimento316

YouTube: Canal do Jesus e a Bíblia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jesus e a Bíblia © 2020. Todos os direitos reservados.

});